2 Anos trazendo a lógica!!

Na verdade não há…

https://twilighthatersbrasil.files.wordpress.com/2010/07/preconceito.jpg?w=300

ÓDIO

s. m. Aversão inveterada e absoluta; raiva; rancor; antipatia.

Faço parte da Equipe Haters de Twilight, mas assumo que não apareço muito por aqui. Não aparecer não é sinônimo de ignorar, quero deixar claro para algumas pessoas que se mostram incapacitadas de compreensão indireta. Mas, estou em período de vestibular e preciso me dedicar mais a um ponto da minha vida do que naquilo que considero prazer e diversão.

Primeiramente, quero pedir desculpas à equipe por estar colocando esta postagem sem ter notificado ninguém, mas depois ver tanto absurdo, simplesmente não consegui ignorar o que está sendo dito por aí.

Segundo, não estou aqui para dar lição de moral em ninguém. Acredito que todos que estejam lendo isto sabem muito bem argumentar como pessoas maduras e coerentes quando querem expor suas idéias. Okay, estou expondo a minha. Portanto, todo o meu texto é baseado em pensamentos e opiniões particulares.

A internet – blog, twitter, caixinha de comentários, etc…-  realmente pegaram fogo antes, durantes e principalmente após o MTV Debates que ocorreu ontem, sendo mediocremente mediado pelo Lobão.

Mantenho firmemente a idéia de que, para ser o mediador de um debate: Primeiro: Você deixa os convidados falarem. Segundo: A opinião do mediado poderia ser considerada se o mesmo ENTENDESSE do assunto. Terceiro: Tendo em consideração que seria um programa onde muitas pessoas estariam assistindo, seria uma questão de respeito pelas mesmas – e pelos convidados – permitir que suas opiniões fossem expostas sem interrupções, principalmente sendo o tópico Twilight tão comentado na atualidade. Em resumo, o que aconteceu ontem na MTV não foi o debate. Não ouve vencedores, perdedores ou qualquer classificação mesquinha que estejam dando. Num debate as pessoas conversam e discutem seus pontos de vista. Corrijam-me se eu estiver errada, por favor: Vencedor num debate é aquele em que o lado faz o outro concorda consigo? Então, em minha concepção, não seria um debate, e sim para ver quem é o lado mais frágil e manipulável.

Muito bem. Dado essa introdução, vamos ao que realmente me fez tomar essa atitude.

Inicialmente, o Twilight Haters surgiu de uma brincadeira – onde a Lily comentou rapidamente ontem no Debate MTV, mas que infelizmente não finalizou por causa de interrupções esdrúxulas -, onde mais tarde tomou forma, conteúdo e análises trabalhosas a respeito dos livros de Stephenie Meyer. Usar o argumento de que a equipe está “perdendo o seu tempo” é inválido para não dizer completamente absurda e infantil. Seria SIM uma completa perda de tempo se o blog não mostrasse um trabalho legítimo de cuidado e responsabilidade ao escrever e mostrar com fatos, argumentos e dados uma análise completa sobre a saga Twilight.

Do mesmo modo em que o site Foforks, Twilight Brasil e outros mais possuem o direito de expor seu amor, adoração, carinho ou qualquer tipo de sentimento afetivo pela estória de Edward & Bella, NÓS possuímos os mesmos direitos democráticos de expor nosso desgosto. E repito,  mostramos e explicamos nosso desgosto por meio de argumentos, e não por simples comentários vagos.

Para tudo se tem um lado a favor e um lado contra. Isso se revela há milhares de anos, e tenho certeza que todos aqui são contra e a favor de algum assunto. Às vezes você pode se sentir estranho ou rejeitado por talvez, for o único a não gostar/ou gostar de algo que vai contra a opinião da maioria. Mas a desavença está aí.

E com a desavença, claro, vem à falta de maturidade e – muitas vezes – a falta de educação de algumas pessoas que simplesmente NÃO SABEM conversar. Com licença colegas, mas, gritar, fazer escândalo, xingar, mandar todos para a porra do inferno e simplesmente desaparecer, falar que somos um bando de desocupados e assim por diante, apenas mostra o quanto você é infelizes tanto mentalmente quanto verbalmente. E outra, prova que não sabe RESPEITAR a opinião que difere da sua. Isso é um caso antisocial grave.

Twilight pode estar na moda, mas a educação jamais saiu.

Antes de criticar nosso trabalho – que não é remunerado, dou ênfase nesse detalhe, o que mostra claramente que fazemos tudo isso com carinho e dedicação – ofereço a você hater, lover, indeciso ou indiferente, o pequeno conselho de que LEIA o nosso blog. INFORME-SE de nossas opiniões. SAIBA exatamente o que é debatido aqui e COMO é feito, antes de sair correndo para a nossa caixa de comentários. Não estou reprimindo seu direito de nos criticar, o blog é público e está na internet onde milhões de pessoas têm acesso, estou tentando esclarecer de que, para se criticar algo você precisa estar muito bem informado para ter argumentos. Ou você é o típico brasileiro que vai à urna eleitoral e vota no candidato que tem o rostinho mais bonito? Sem ao menos se preocupar em estudar QUEM ele é, O QUE ele fez e o PLANEJA fazer?

Não tenho absolutamente NADA contra as pessoas que gostam da saga Twilight, na verdade, a pessoa que mais amo gostou dos livros, gostou dos personagens e como milhares de fãs, se encantou com o Edward Cullen. E não é por discordar totalmente dos argumentos dela que irei mandar a minha mãe se foder.

Mas é claro que não estou apenas criticando a atitude inapropriada e infame de algumas pessoas que aparecem por aqui dizendo que somos um bando de idiotas revoltados que criaram esse blog para esbanjar o ódio que temos no coração; Acredito fervorosamente que todas as donas de sites/blog ou o que quer que seja que coloque a Saga Twilight em um templo de adoração também sofram o preconceito.

E é EXATAMENTE esse o meu PONTO. O PREOCONCEITO.

A Equipe Hater é composta – em sua maioria – por universitário, assim como a equipe de sites lovers. Os Haters possuem família, trabalham/alguns ainda não, estudam, possuem vida social, amigos, comemoram aniversários, amam, odeiam, comem, passam mal, bebem, lêem muito… Assim como qualquer outro ser humano. Assim como qualquer lover. Não é porque somos haters que somos diferentes. Que somos desocupados, ou como muitas vezes  li aqui no blog, idiotas.

Se há pessoas que desejam “abrir os nossos olhos”, acredito ainda mais que essas pessoas devam então “abrir os próprios olhos” para as diferenças, sejam sociais, econômicas, de cor, religião, sexualidade, enfim… Se o mundo fosse homogêneo, seria uma grande merda azul.

Estamos aqui como seres que pensam, falam, possuem personalidade, e como tal, devemos respeitar e aceitar as demais. Não estamos sozinhos no mundo. Estamos em uma comunidade que luta diariamente em buscar de mais conhecimento, informações, que tenta encontrar mais de si mesmo e tenta entender os motivos que o levam a amar e a odiar alguma coisa. E não é por descordamos de alguém que devemos repeli-la, excluí-la completamente de nosso circulo social. Seria uma postura ignorante de alguém dizer “Detesto Twilight, é uma porcaria” sem ao menos saber o nome da autora.

Eu li todos os livros, assisti aos filmes, assim como a Lily e grande parte da equipe. Então, queridos colegas, as pessoas que se mostram aqui neste blog, não são ignorantes no assunto que abordam. A Lily não deu uma de louca e foi para a MTV Debate sem argumentos concisos a respeito de sua opinião sobre a Saga de Stephenie Meyer ser machista. O problema é que ela não teve o direito de se explicar.

Talvez algumas pessoas fossem concordar com elas – não me refiro apenas aos haters, mas aos lovers também -, e outras iriam discordar. Mas essas desinências não são MOTIVOS e muito menos RAZÕES para que o indivíduo venha com pedras nas mãos.

Considero a saga Twilight uma porcaria? Sim. Escrita pobre e repetitiva? Sim. Que a única coisa profunda que os personagens possuem é o vácuo no lugar do cérebro? SIM.

Agora grande parte do mundo está contra mim. E daí? Vou ter que sentir medo de sair de casa, achando que vou ser linchada na rua? Desculpe, não tenho síndrome do pânico. Vou julgar alguém que NÃO conheço  apenas porque ela gosta de ouvir Nirvana sendo que prefiro Oasis?

Vocês já pararam para pensar o que é o ódio? O que é o certo e o errado? Já parou um pequeno momento para olhar para o próprio umbigo e tentar descobrir os motivos reais que o levam atacar alguém que você não tem a mínima afinidade, mas se vê no direito de julgá-lo apenas por ele não concordar com suas concepções?

Sinceramente? Do que adianta falar que o Mundo está nas mãos dos nossos filhos, sendo que não deixamos para o Mundo filhos melhores?

Sim, é uma frase boba e clichê, mas a considero muito sensata a respeito do que está acontecendo a um bom tempo entre Haters e Lovers da Saga Twilight.

Você gosta da saga? Muito bem, leia, re-leia, assista aos filmes, compre os DVD’s. Seja feliz! Mas, principalmente, ACEITE e RESPEITE que alguém  não concorda com a sua opinião e que considera SIM o perfeito mundinho romântico criado pela Meyer,  patético.

Nathalia.(Nani)

Anúncios

89 Respostas

  1. Tammie

    Eu sinto tanto orgulho de você ser a minha irmã. MESMO.

    Eu ia comentar alguma coisa, mas depois de tudo isso, nem preciso mais.

    14/07/2010 às 2:39 pm

  2. Cleo

    Nossa *-*

    14/07/2010 às 2:41 pm

  3. Lucyana

    Vc aparece pouco por aqui, mas qnd aparece tb mete presença e impoem respeito. Parabéns, lindissima postagem.

    14/07/2010 às 2:41 pm

  4. A pior coisa que existe para um ser humano é a falta de argumentos.
    Nada mais, nada menos, apenas isso

    14/07/2010 às 2:49 pm

  5. Ingrid

    Texto digno.

    14/07/2010 às 2:56 pm

  6. Bom, se o pessoal não conhece o Skoob, aproveitem aqueles que criticam sempre esse site: http://www.skoob.com.br/livro/49
    Na parte resenha, ok, pessoal? Obrigado.

    Depois, entre aqui e veja a revista, que fala da literatura nacional?
    http://www.revistafantastica.com/
    Fala do Crepúsculo também… O motivo dela ser reconhecida, por ter manipulado os arquétipos de uma garota e dos seres da noite.

    Uma coisa bem interessante, Nathalia, é que sempre haverá pessoas que não aceitará opinião se for algo que o tal gosta tanto. Isso, é preguiça de discernir algo. A mesma coisa para políticos, pois…

    Exemplo: Se a Stephenie Meyer falar para o povo que os leitores são babacas de torná-la rica, como ela é hoje, então isso faria os indivíduos se revoltarem e aceitar o que vocês tentam mostrar a esse povo.

    Seria uma enorme reação em cadeia, mas isso é difícil de acontecer, ou talvez no futuro, mas essa é outra história. Então, o que vocês sempre tentam fazer esse público apreender o que fazem com certa dedicação, é louvável, porém, tortuoso.
    Mas essa vida é assim. Só acredita, quando se tem aversão, ou até mesmo se chega com uma certa idade, a compreensão da magnitude que a tal dizia no passado. Não é mesmo?

    Até mais mais a todos.

    http://revelandoagnose.blogspot.com/

    14/07/2010 às 3:06 pm

  7. Uma coisa bem interessante, Nathalia, é que sempre haverá pessoas que não aceitará opinião se for algo que o tal gosta tanto. Isso, é preguiça de discernir algo. A mesma coisa para políticos, pois…

    Exemplo: Se a Stephenie Meyer falar para o povo que os leitores são babacas de torná-la rica, como ela é hoje, então isso faria os indivíduos se revoltarem e aceitar o que vocês tentam mostrar a esse povo.

    Seria uma enorme reação em cadeia, mas isso é difícil de acontecer, ou talvez no futuro, mas essa é outra história. Então, o que vocês sempre tentam fazer esse público apreender o que fazem com certa dedicação, é louvável, porém, tortuoso.
    Mas essa vida é assim. Só acredita, quando se tem aversão, ou até mesmo se chega com uma certa idade, a compreensão da magnitude que a tal dizia no passado. Não é mesmo?

    Até mais a todos.

    14/07/2010 às 3:07 pm

  8. Parabéns! Fico feliz que alguém tenha postado antes de mim, eu queria realmente fazer um post sobre isso, e eu tenho certeza que se eu o fizesse eu teria colocado um monte de palavrões *revolta*, mas FElizmente a Nani apareceu e me poupou. Fico feliz também por ler isso e concordar com cada palavra que você escreveu, sinto como se tivesse tocado o meu coração.
    Carinhosamente, Julia (mascote da equipe).

    14/07/2010 às 3:07 pm

  9. Jean

    O que leva a essa histeria dos “lovers” quando criticados, é principalmente a falta de argumentos da parte deles.

    14/07/2010 às 3:17 pm

  10. Eu não li o texto ainda, depois, quando tiver um tempo, vou ler o blog inteiro.
    Conheci ontem vendo o debate MTV. Achei que tinha mais coisas, na minha opinião, para colocar, quem sabe um dia eu compartilho, quando tiver um tempo para voltar a escrever.

    Vcs ganharam um novo Hater, rs.

    Mas eu me interessei por uma coisa que a Lily falou, não ouvi direito, tava um barulho, sobre o Robert Pattinson falar que só faz o filme por causa da grana, alguém pode me explicar, alguém do blog me mandar um email ou coisa assim?

    Seria mais uma prova para os lovers sem argumentos necessários para defender seu Twilght.

    Vlw

    14/07/2010 às 3:31 pm

  11. Narcisa Le Fay

    Lindo o texto e muito bem colocado. O momento realmente pedia.
    Não tenho nada a acrescentar, além do pedido de que haja um conscientização sobre, principalmente, o direito que a equipe tem – e sempre teve – de se manifestar.
    Um pouco de repeito também não mataria ninguém. Eu não entendo a lógica de uma determinada atitude: eu, e ao menos o grupo de haters que convivo, não vão atacar os blogs que divulgam positivamente a série; por que o mesmo não pode ser feito aqui?
    É só.

    14/07/2010 às 3:38 pm

  12. Gessyca

    Bom, eu sou uma LOVER, e não tenho vergonha de sizer isso; enfim, estou aqui pra dizer [sem ofender] que…
    No MTV debate de ontem eu vi que O HATERS e os LOVERS tinham argumentos bons e se respeitaram mas… o felipe neto [nda contra] simplesmente estava argumentando de uma forma pra colocar pimenta entre Haters e Lovers,não só ele fazia isso mas como o LOBÃO q não sabia nda da saga tbm fazia isso.

    Então, na minha opnião só queria dizer que nem tdos os fãns e haters de Twilight são idiotas e imaturos. E eu acho q é IMPOSSIVEL vc fazer algo q agrade a tdos, então cabe a vc [fãn sensato ou hater sensato], RESPEITAR isso.

    Bjos pra tdos v6 do site e PEACE *-*

    14/07/2010 às 3:45 pm

  13. Gessyca

    e sim eu li tdo o argumento do post (y)

    14/07/2010 às 3:49 pm

  14. Eu achei um ato extremamente desrespeitoso da parte do Lobão fazer aquela algazarra nolugar de um debate e fiquei com MUITA raiva por ele encerrar o programa daquele jeito. OK, o programa tem um tempo, mas que ele soubesse administrá-lo, então.
    Nem sabia o tema de ontem e só vi por uma amiga que me contou. Ela é lover. Mas antes disso, ela sabe fazer críticas e ver os lados positivos e negativos da saga, fazendo piadas, inclusive.
    Fiquei bem contente quando vi que teria alguém do TwilightHaters lá, exatamente por saber que a mair parte do pessoal daqui leu os livros e viu os filmes. Infelizmente, a Lily mal teve a oportunidade de mostrar isso.
    E eu, debatia com a minha irmã e a TV no quarto, rs.
    O problema da maior parte do públio de Twilight é que ninguém consegue enxergar que de uma cena só podem surgir vários pontos de vista. Com o casal Bella e Edward, inclusive. Uns preferem acreditar que a coisa toda é romântica, feminista/feminina e que Edward é altrúísta. Outros veem o machismo. Eu, por exemplo, já vejo o machismo simplesmente pela parte de Lua Nova em que ele mente e vai embora, a fazendo esperar. Não conheço esse amor que te faz de animal treinado! E aí, quando ela reage e tenta se divertir, ele “fica aparecendo”, a impedindo de fazer algo por ela mesma. Comparei com o típico ex namorado que fica atormentando a vida de uma garota, a impedindo de seguir em frente. Mas esse é o MEU ponto de vista.
    Lendo esse post, lembrei de uma frase do Caio Fernando Abreu, que diz que podemos nos recusar a ver pelo tempo que quisermos, até o fim de nossas vidas; mas que a partir do momento em que vemos, tudo muda: nós não somos mais os mesmos.
    Acho que é isso que falta pra esses adolescentes/jovens/fanáticos: Aprenderem a não serem os mesmos, deixarem a venda cair e aprenderem, finalmente, a ver. Mesmo que a escolha seja acreditar em outra coisa.
    Isso vai de cada um.
    Falta aprenderem a respeitar, falta educação e personalidade nessa gente que idolatra sem ao menos um ponto de vista no mínimo, decente. Falta isso até para os que criticam sem conhecer (o que não é o caso aqui, Graças!)
    Mas a verdade é que quero parabenizá-los pela coragem, pelo blog, pelos pontos de vistas e por “darem a cara a tapa” pelo que acreditam! Parabenizar a Nathalia pelo belíssimo post e a Lily, pela ousada coragem de ir ao MTV Debate!

    Curti muito <3

    14/07/2010 às 3:56 pm

  15. Twilight Haters

    Lindo texto, mesmo. Concordo com tudo.
    Tudo que é preciso é RESPEITO, porque precisam entender que não estamos fazendo esse blog para ofender ninguém, não estamos atacando ninguém. Então, se eles abrissem um pouco a mente para entender essas coisas, o mundo seria tão mais lindo.

    14/07/2010 às 3:57 pm

  16. Twilight Haters

    Thay aí em cima. Sempre esqueço.

    14/07/2010 às 3:57 pm

  17. ps: e devo pedir desculpas pela má formatação e erros de digitação! :)

    14/07/2010 às 3:58 pm

  18. Onde eu assino embaixo??
    E eu não concordo com a amiga Gessyca acima. Todas as vezes que o Felipe Neto ia falar, o Maurício Saldanha (que foi uma pedra no sapato no debate) o atacava pessoalmente, sem dar margem. Além disso, eu acho que o problema maior foi, além do Lobão, o Maurício Saldanha. Todos estavam dispostos a discutir sem briga, mas ele era a pessoa que ficava exaltada, que levava as coisas para o âmbito pessoal e que interrompia tanto haters quanto lovers. O Lobão estava HIGH ON DRUGS.
    Enfim, ontem não vi nenhum tipo de falta de respeito além dessa citada acima e acho que as pessoas – lovers, haters, neutros, como eu – deviam SE COMPORTAR. Twilight está virando uma coisa quase como o islamismo, daqui a pouco a gente vê mulher bomba de twilight por aí u.ú

    14/07/2010 às 3:59 pm

  19. Luísa

    Bato palmas ao teu post. Parabéns! Muito bom!

    O maior problema desta intolerância que ocorre entre lovers e haters de Twilight (e de outras coisas) é que apesar de a Saga atrair as mentes de todas as idades, a grande maioria continua a ser de meninas entre os 12 e os 16 anos. Pois é nesta mesma fase que as pessoas devem aprender a respeitar os outros e a opinião destes.

    Se agora uma menina não consegue ouvir uma opinião contraditória à sua em relação a um livro, daqui a uns anos, quando for adulta – e se não aprendeu a tolerar a opinião dos outros em criança – não vai respeitar aqueles que apoiam um partido, religião e/ou ideologia diferentes da sua. E é aí que se encontra a gravidade da situação. É graças a essa intolerância que existem guerras e atentados.

    14/07/2010 às 4:01 pm

  20. Julliana

    Ah! Por um momento pensei que fosse só eu que não tivesse gostado do debate. O cara do Omelete que me pedoe, mas achei – em parte – um absurdo chamarem ele para debater ali, ele é crítico de cinema, ok, poderia criticar os filmes. Porém (como bem sabemos), os lovers falariam que o livro é diferente, hm. Acho que teria sido muito mais interessante se tivessem chamado doi críticos literários, um para cada lado (embora eu acho meio difícil a existência de algum crítico sério que ache Twilight bem escrito e etc); chamassem a Lily e a menina do Forfoks e, ok, poderiam chamar dois críticos de cinema (um pra cada lado). Deixando de lado o cara do Omelete (sorry dude, sou péssima com nomes). Achei RÍDICULO chamarem o Felipe Neto e o Maurício Saldanha. Eu gosto de alguns vídeos do Felipe Neto, mas o de Crepúsculo achei muito mal feito e com argumentos baratos e superficiais demais. Não conheço o trabalho do Maurício Saldanha, mas vi o vídeo dele sobre Crepúsculo e na hora achei até que era sarcasmo, mas é, não era. Felipe Neto e Maurício Saldanha, pra mim, só foram chamado para atrair mais público e para haver uma tensão maior na mesa. Achei as atitudes do Maurício completamente mal educadas (ele dava ataques, wtf?) e os argumentos dele eram (perdoem-me pela sinceridade) rídiculos. Twilight não é nem um pouco feminista e a Bella nunca foi independente. Eu nem sei de onde ele tirou isso.
    Achei que as interrupções do Lobão atrapalharam todo o mundo e, putz, ele deveria ficar neutro (apesar de que eu ri um bocado quando ele comentava sobre a saga).

    O post foi muito digno mesmo, uma amiga minha é lover. Eu mandei o blog pra ela poder ver os nossos argumentos, mas ela não terminou de ler nem o primeiro post e falou que os haters estavam querendo desfrutar a frustação na vida pessoal em cima dessa merda de saga. WTF? Discutimos por um looooooongo tempo :D
    Veja que ela nem tentou ler para argumentar. Acho que se vamos querer dar uma opinião sobre algum assunto, é necessário conhecer antes e não simplesmente já vir com três pedras na mão. Eu nem me incomodo TANTO com as lovers, só não gosto daquelas alienadas que falam que twilight é o melhor livro do mundo e mandam um autor como “Stephen King” ir escrever um livro antes de falar da “Meyer” (wtf?). Esse tipo de coisa é que me tira realmente do sério quando é relacionado aos fãs.

    Uma coisa que acho curiosa é que elas falam “Oh, vocês tem que respeitar a nossa opinião, a gente gosta de twilight e ponto.”

    Mas quando a gente quer argumentar e expor a NOSSA opinião, somos “invejosos”, “revoltados”, “mal amados”, etc.

    Rly, não entendo isso.
    PS: Qualquer erro de digitação/etc relevem, estou com um puta sono. D:

    14/07/2010 às 4:06 pm

  21. Nunca tinha passado por aqui, mas depois desse artigo digno acho que visitarei mais. Caraca, parabéns!

    14/07/2010 às 4:15 pm

  22. Pingback: Tweets that mention Na verdade não há… « Twilight Haters Brasil -- Topsy.com

  23. Julliana

    Opa:
    “descontar no lugar de desfrutar*”. E ignorem a contradição dos críticos de cinema, é que achei meio besta chamar só para um lado. O cara nem falou. Eu senti como se a Lily fosse a única que tivesse argumentos no lado dos haters. Deveria haver um equilíbrio em ambos os lados. Críticos literários (para os livros), críticos cinematográficos (para os filmes) e dois bloggers que conhecem bem o assunto para mostrar o ponto de vista do público que gosta e do público que não gosta. Entenderam? Teria sido um debate muito mais interessante. Wathever, ainda estou revoltada com o debate. E devo acrescentar que concordo tudo que a Bell disse :D

    14/07/2010 às 4:16 pm

  24. Jéss

    ontem qdo eu assisti ao debate eu fiquei com raiva tanto do Lobão quanto daquele outro cara que tava do lado dos lovers, n lembro o nome dele.. Quando algum hater ia abrir a boca pra falar algo, ou o Lobão interrompia ou esse cara começava a berrar feito um descontrolado, sem deixar ninguém expor a opinião ou mostrar os argumentos que tinham.. Esse cara só respeitava quando era um lover que abria a boca pra falar.. Foi uma puta falta e noção e o Lobão como mediador ali deveria ter dado um jeito nessa situação, dando a voz para os haters SEM INTERRUPÇÕES..
    quanto ao comentário sobre o Felipe Neto acima, não concordo, porque pra mim ele mais fez pose lá do que qualquer coisa.. quando a opinião dele foi pedida o cara foi atacar a camiseta dos Beatles dele, um assunto totalmente pessoal que não estava em pauta ali, mostrando a falta de argumentos e de noção dele.. As outras duas lovers meio que respeitaram, mas algumas vezes também ajudaram na gritaria.. Os haters tiveram, na minha visão, uma pose mais digna e respeitosa que os lovers, pois toda vez que o barraco começava a pegar eles paravam de dar trela. O crítico do Omelete, por exemplo, quando foi falar, foi interrompido pelas gritarias daquele outro cara e simplesmente se calou e não abriu mais a boca.
    Isso mostra a diferença de maturidade ali presente.
    Concordo plenamente com o texto, acho que precisava mesmo de uma explicação para os lovers ensandecidos desde o debate, e acho que não tem mais o que adicionar a isso.
    Muito bom, Nani, sério :)

    14/07/2010 às 4:18 pm

  25. MIranda

    se vcs haters ficam com raiva quando alguem lover tem algum argumento então é pq concordam ,gnte cada tem sua opinião!!!
    BEIJUUUSSSS
    obs:não fikem me chingando eu não disse nd para ofender vcs!=)

    14/07/2010 às 4:30 pm

  26. Neuronio Nerd

    ^

    Qual argumento Lover?? Até hoje nunca ouvi nenhum!

    14/07/2010 às 4:39 pm

  27. Aibell

    Ter raiva de argumento estúpido é concordar com ele? Desde quando, honey?

    14/07/2010 às 4:40 pm

  28. Roberta

    Tenho varias amigas love e também não sou uma Haters mas concordo com varias partes que o haters pensa sobre a saga. Li seu texto e você disse TUDO!
    O problema de um love é saber que aquilo já esta ficando ridiculo e não quererem assumir pra não passar vergonha mas um dia essa vergonha vai bater e todas vão pensar: Cara, não acredito que já gostei daquilo! (É o que eu acredito!)
    Essa saga foi feita para adolescente sim, quem é mais velho e gosta é porque não está afim de crescer.

    14/07/2010 às 4:43 pm

  29. Vanessa

    Miranda, por acaso leste o post anterior? lamento que não tenhas aprendido anda com ele…

    e bem, valerá a pena repetir que o problema aqui é a falta de argumentos das lovers quando vêm ao blog, usando e abusando da má educação tentando atingir-nos?

    porque: “Twilight é o melhor livro de sempre”
    “vocês têm inveja, são gordas, feias e mal-amadas”
    “o Edward é lindo e perfeito”
    “só perdem o vosso tempo, bando de desocupados”

    não contam como argumentos!

    tenho imensa pena que não tenhas entendido nada do que aqui foi dito.

    14/07/2010 às 4:47 pm

  30. dannie

    Nathalia, você disse tudo o que eu pensava.

    14/07/2010 às 4:47 pm

  31. Sofia

    Ok, eu perdi o debate. Eu realmente não presto. Mas enfim, fico quase feliz por ter perdido, agora que vi como deve ter sido podre. Enfim. Concordo com o post, e assino em baixo. O grande problema na TV brasileira é que ninguém entende a diferença entre um DEBATE e uma BRIGA DE BOTECO. Existem poucos que sabem debater e menos mediadores ainda.

    Pena que o debate não foi feito com alguns desses poucos.

    Agora, preciso comentar o que a Miranda disse: “se vcs haters ficam com raiva quando alguem lover tem algum argumento então é pq concordam”

    WTF?

    Não saber nada e chamar de cara de mamão agora é argumento? Porque muito raramente existe um lover disposto a ouvir nossos argumentos e debater civilizadamente.

    E o seu comentário não se enquadra nessa categoria.

    PS: Não estou te xingando.

    14/07/2010 às 4:49 pm

  32. Narcisa Le Fay

    Miranda, nunca houve um descontentamento com os argumentos dos lover, ou o fato deles serem, aqui, exposto. O que há muito vem se falando é que as lovers, em regra, que aqui aparecem, trazem argumentos falhos e partem para a tentativa de atacar os blogueiros daqui.
    De regra, os que aparecem aqui partem para “vocês tem inveja/ são mal amados/não sabem de nada”. Desculpe, mas isso não é um argumento.
    Voc~e não ofendeu ninguém; mas achei muito fora do contexto você aparecer em um post dedicado a um pedido de respeito alegar que eles concordam com os lovers quando, na verdade, já ficou claro que em muitos pontos há divergências.
    Se você acha que há algum ponto em que vocês concordam – o que eu não duvido – e que há, de verdade, algum texto com todos os bons argumentos lovers – ou seja, que não incluam qualquer ataque pessoal – eu ficaria muito agradecida de ler.
    Só para deixar claro, esse texto não se aplica as lovers lindas que já apareceram e fizeram comentários dignos de serem lidos.

    14/07/2010 às 4:53 pm

  33. Vicente Soar

    Em poucas palavras que li: Realmente o “povo” continua “votando errado”. (se é que entenderam a alusão)

    14/07/2010 às 5:00 pm

  34. Twilight Haters

    Cara, a gente deveria fazer um post com o exemplo da Yolanda, sinceramente. Ela é “lover” e respeitamos ela demaais. Tem até um post dela nesse blog. E por quê? Porque ela sabe argumentar, ela sabe ver os pontos positivos e negativos.
    Na verdade, antes de criticar, deveriam ler todo o blog.

    (Thaís)

    14/07/2010 às 5:20 pm

  35. Eu assisti o MTV debate do começo ao fim… Quando o Mauricio começou a se estressar com que o Felipe falou eu comecei a gostar! Achei que estava interessante a discussão… Mas quando o Lobão falou “vamos ter que terminar o programa eu falei: What? Mas qum ganhou o debate?” Preferi ficar quieta… E concordo com você Nathalia.
    A maioria das pessoas tentam discutir comigo sobre algumas sagas/livros… As pessoas vem me falar que Harry Potter é ruim sem nunca terem lido… Falam que eu não conheço NADA sobre Twilight e por isso eu falo que é uma bosta, sendo que eu li todos os livros e assisti todos os filmes… Ou ainda veem me falar que Jane Austen não sabe escrever, sendo que não leram nem histórias em quadrinhos direito!
    Assim como você ficou revoltada com o Debate Nathalia… também fiquei… Esperava que fosse algo realmente legal, e sinceramente esperava que tivesse um lado vencedor. Afinal, com certeza este lado seria a dos Haters… Sem ofensas, mas nunca vi nenhum Lover de Twilight com bons argumentos com relação a saga! Sem contar que , em grande parte, Twilight só faz sucesso por causa dos atores #fato!

    E Allyson… Com relação ao Robert estar fazendo o filme só pela grana eu te explico…
    Eu sou fã do Robert desde quando ele começou a trabalhar como modelo/ator de teatro… Conheci o trabalho dele por coincidência e me apaixonei…Enfim, o que o Rob mais gosta de fazer é cantar/compor… Ele também gosta de Atuar.. mas no teatro… Quando ele fez Cedrico em HP ficou mais famoso e talz…Mas depois esqueceram dele… Então ele fez o concurso para tentar o Edward e conseguiu o papel… Mas depois que Twilight virou febre ele quis parar (mas tinha um contrato assinado, e muita grana em jogo)… Ele não gosta do assédio das fãs… E como ele mesmo diz: “As fãs gritam pelo Edward. Não pelo Robert!” E é isso que o deixa mais irritado! Para se ter uma idéia do quão ‘interessado’ ele está em fazer Twilight… Compare a atuação dele como Cedrico em Harry Potter e o Cálice de Fogo e a atuação dele como Edward… Tipo, é muito ruim!

    Agora quero dar meus parabéns para Nathalia! Adorei o seu post e demonstrou claramente que a maioria dos brasileiros não tem maturidade nem para escolher um candidato, quanto mais para discutir racionalmente um assunto polêmico!

    Beijos!

    14/07/2010 às 5:34 pm

  36. Fernanda

    Palmas. Sem zoeira, salva de palmas. Sou lover SIM, amo o Edward e o Carlisle SIM, uma das minhas maiores paixões é a saga. Mas vc acabou de falar tuuuuuuuuuudo o que tava intalado na minha garganta desde o MTV Debate. Alguns podem amar, outros odiar, mas não é por causa disso que eu vou sair chingando os Haters porque eles discordam comigo. Igual quem ama Calypso não vai me matar porque eu simplismente ODEIO Calypso (foi a primeira comparação que veio na minha cabeça, comolidar)
    Enfim, ontém só teve umas partes que foram dignas de se ver, e foram as horas que a Rê Bernardi argumentou. Não to falando que os contra foram horríveis, acho que simplismente o Lobão não deram espaço para eles argumentarem. Eu ia ter ADORADO ver um Debate bom entre a Rê e a Lily, porque as duas iam saber do que tavam falando. Iria ser muito diferente do que aquela discussão patética entre o Maurício Saldanha e o Felipe Neto, sendo que ambos não sabim muito be do que tavam falando.
    Ah, também aproveito só pra pedir uma coisinha: Tudo bem que vocês são haters e podem zoar de vez em quando, mas CHEGA DE GENERALIZAÇÕES. Afinal, sou lover e não to aqui falando loucamente “BANDO DE MAL AMADA, VCS NÃO SABEM O QUE É LITERARURA (EDWARD MI COME)” e afins. Sim, sei que muitas fãs são assim, mas a maioria tá ficando mais centrada e aprendendo a argumentar com fatos concretos da Saga que a gente tanto ama.

    14/07/2010 às 5:46 pm

  37. Bom, digamos que eu sou uma lover. Li todos os livros, assistir os filmes, e amooo a saga.
    Adorei o que vc falou. O lobão foi ridículo. Sinceramente, o programa foi uma bosta.
    E nunca irá existir algo que agrade a todos, não é??
    Como diz aquela famosa frase: “O que seria do amarelo, se todo mundo gostasse do azul??”

    beeijoo

    14/07/2010 às 5:55 pm

  38. Nunca tinha passado por aqui, mas depois desse artigo digno acho que visitarei mais. +1

    Amei, e o Debate foi um lixo. Sempre que os haters tentavam falar, o homem lá dos lovers (Nem sei o nome dele ._.) interrompia, idem à Lily, que percebi ter argumentos bons, mas não teve oportunidade de expor decentemente.

    14/07/2010 às 6:24 pm

  39. Carolina

    Você está certa, só isso. :)

    14/07/2010 às 6:24 pm

  40. Cynthia

    Eu tenho uma caso interessante pra contar: uma amiga adora os atores do filme. Ela escreve fanfics sobre a estória de “tuailáite” porque simplesmente acha medíocre o que Tia Steph escreveu. Ou seja, a incompetência de Dona Meyer levou-a a fazer praticamente o que a equipe do blog faz: expor suas opiniões acerca de algo que ela não gostou. Apenas escolheram maneiras diferentes de fazer isso. Não gosto mesmo de Crepúsculo, mas gosto muito dessa minha amiga e respeito a escolha dela. O mesmo deveria acontecer com os lovers fanáticos. Respeito e educação nunca saem de moda. E outra: antes de nos mandarem ler os livros, LEIAM o blog. É muito chato pra equipe ter que ficar respondendo sempre a mesma coisa. ELES LERAM OS LIVROS E ASSISTIRAM O FILME!!! Será que isso terá que ser postado sempre que tiver algo novo por aqui? ¬¬

    14/07/2010 às 6:47 pm

  41. Gabiella

    É a minha primeira visita aqui, mas com certeza voltarie mais vezes!!!!!
    Concordo em tudo que vc falou.Robert Pattinson, Taylor Lauthner e Kristen Stewart(são pessimos atores).
    Na minha casa todos(menos o meu pai e eu) AMAM twilight e eu não gosto(jah li os livros e assisti os filmes), e não eh por isso que agente não se de bem.
    O debate foi um lixo(concordo), o Lobão mal sabia do assunto e a Lily não consiguiu falar muita coisa!!!!!

    14/07/2010 às 6:47 pm

  42. Nuriko

    O que mais eu posso falar, Nani? Você é magnífica. Sem mais

    14/07/2010 às 7:07 pm

  43. Carlos

    Também prefiro Oasis. Tem msn Nathalia?

    14/07/2010 às 7:11 pm

  44. Reis

    Cada um de nós tem o direito de dar a sua opinião. Tal como existem blogs para “Lovers”, também há blogs para “Haters”. Agora, temos que destinguir os bons haters, como os deste blog, que expressão a sua opinião de forma inteligente. Claro que há lovers que o fazem também, mas usarem argumentos de “o Edward é lindo?”. Edward é uma personagem ficcional. É lindo o que? O nome escrito dele no livro? Ou as descrições de Meyer no livro? É que já chegam ao ponto de confundir o actor que interpreta a personagem com a personagem da saga. Eu próprio tinha um blog de “Hater”, que após receber dezenas de e-mails a insultar-me e a ameaçar, desliguei do blog. Há certas pessoas que não se sabem comportar, e num debate o mediador não pode tomar partido de nenhum dos lados, nem dar preferência às partes. O seu post está muito bem escrito, parabéns mesmo!
    Deixo aqui uma mensagem aos obsecados: TWILIGHT é fantasia. A forma como vocês reagem quando alguém não gosta daquilo é irracional. Tal como vocês amam TWILIGHT, há pessoas que simplesmente não gostam! Comportem-se. Só envergonham os verdadeiros fãs e a escritora.

    14/07/2010 às 7:14 pm

  45. Catalina Terrassa

    Oi! Assisti ao debate ontem e fiquei decepcionada, e com raiva da dona do foforks, que disse que uma mulher não pode ser machista, se eu estivesse lá, diria que eu conhecia uma: Minha mãe, eu a adoro mas ela era machista.
    Vocês ganharam mais uma fã e parabéns pelo site/blog sei lá!

    14/07/2010 às 7:16 pm

  46. Dri

    Olá, primeiro comentário aqui. Vamos dizer que sou uma lover da saga, embora eu goste apenas do primeiro e do terceiro livro, portanto, passando longe da denominação de hater, hehe.
    Nem estava tendo conhecimento do debate sobre Twilight até que algumas amigas avisaram e decidi assistir. Eu realmente não entendo como o Lobão foi chamado para apresentar esse programa. Eu o admiro por inúmeros outros fatores mas para ser mediador de um debate ele precisava deixar o seu ego um pouco de lado. É realmente frustrante quando você está a fim de ouvir a ambos os lados, os diferentes pontos de vista, os argumentos contra e a favor e as linhas de raciocínio não são concluídas. Após o programa eu fiquei com uma sensação de que não compreendi o ponto de vista de ninguém, devido a todas as interrupções. Não lembro de alguém no debate que tenha conseguido concluir um raciocínio.
    Bem, sobre o que foi exposto acima, eu defendo a idéia de que cada um pode e deve expor a sua opinião e que todas as opiniões devem ser respeitadas. Como moderadora que já fui de fóruns e comunidades no orkut e redatora em blogs e sites, acho que a divergência de opiniões é muito válida e que devemos ouvir e ler opiniões contrárias às nossas para que não nos limitemos apenas aos comentários que concordam com os nossos. Infelizmente, eu tenho me deparado no meio virtual (e isso nos mais variados fandoms) com pessoas que não sabem lidar com a opinião contrária. Antes de nos manifestarmos na internet para concordar ou discordar, acredito que todos deveriam exercitar melhor a tolerância e aprender que nem sempre todos irão concordar com a nossa opinião e a palavra respeito e a prática deste é fundamental.
    A internet é o meio que mais oferece liberdade de expressão, porém, também é o meio em que mais nos deparamos com a falta de respeito.

    Parabéns pelo blog, beijos!

    14/07/2010 às 7:29 pm

  47. Pedro Henrique

    “A Lily não deu uma de louca e foi para a MTV Debate sem argumentos concisos a respeito de sua opinião sobre a Saga de Stephenie Meyer ser machista. O problema é que ela não teve o direito de se explicar.”

    Ou competência inexistiu na senhorita Lily.Sim,não existiu competência.E sim ,o Debate MTV é um programa “B” e o Lobão não ajuda.

    Vejamos:

    O conservadorismoda Saga incomoda?
    Sabe o que é mais patético,acreditar que só por que se vai contra a ordem,só pelo fato de se ter a falsa pretensão de “quebrar paradigmas” se é mais inteligente.

    O que seria razoável,uma putaria desmedida?Tão comum por ai.Cair nisso seria cair na rotina teenrevolucionaria que deveria estar batida,mas que ainda tem adéptos que a acham grande merda.

    Na verdade é o revolucionismo que me incomoda,pois ele evidencia muito pouco,mesmo assim o observam como vantajoso simplesmente por não se questionar.Exatamente,o “carinha da mente revolucionária” se questiona pouco … e acredita de mais naquilo que aponta as SUAS PRÓPRIAS CONVENIÊNCIAS.Este tipo de pensamento gerou uma série de utopias desmedidas,pois,de uma forma ou de outra,esta falta de questionamento de si se estende a outro,pois já que a utopia nunca se realizará objetivamente,pelo menos deve-se fazer com que o rabo do “libertário” seja reconhecido,daí surge a arrogância,de se achar mais inteligente só por ser contra a ordem,contra valores,e daí também surge a militância ante o galgar de poder que vislumbramos em países tomados pela lado “vermelho da força”.

    Muitos confundem inteligência com revolucionismo,com subversivismo… Ledo engano.Ninguém é mais inteligente por ser revolucionário,e ninguém é mais certo por ser revolucionário,pois aquilo que é chamado de conservador,o valor daquilo que é e que deveria ser,jamais chegou a ser compreendido por aqueles que se dizem “libertadores”…eis o caso romanesco da Saga Crepúsculo.Um amor puro,uma coisa verdadeira,exagerada,mas verdadeira…foi compreendida?
    Não.
    Assim acontece também com o ideário “religioso” que se faz presente na Saga com a questão da castidade.O valor da castidade.O subversivista jamais aceitaria isso,pois isso bate de frente com um possível apego sensual dele,e,como ele não se questiona,se ele vê em sua frente algo que possa servir de empecilho para seus anseios sensuais,ele já não gosta.O que seria mais razoável?

    Ora,segundo a mente de alguns um belo pornô ,explícito e cru …

    Esta mania revolucionista e libertária,é tão utópica e patética quando qualquer “conservadorismo” que se acusa na Saga.

    A mente revolucionária é messiânica e mediocre.

    Ora,então devemos aceitar o “machismo” da Saga Crepúsculo?

    Se fosse tudo ao contrário existiria a acusação de “mulherismo”?

    Sinceramente,isso é exagero de mulher marxista mal amada …

    Que divide a sociedade num maniqueísmo social tão torpe e imbecil,que acredita que as disposições da sociedade são limitadas a oprimidos e opressores.Quem tá por baixo é bom,quem vai contra a ordem é bom,quem é pobre é bom,quem é mulher é bom…todo resto é o “ruim e opressor”…

    O filme mostra-nos uma dependência de afetiva,não um machismo.O exagero patente da Saga é exatamente a exacerbada abertura de espaço para uma determinada paixão.Do mesmo jeito que Bella ficou no quarto por causa do Cullen lá,chorando e depressiva,ele quase se matou por causa dela.

    Mas a imbecil da Lily não acusou a Saga de mulherismo por causa da dependência afetiva da parte dele.Ora,aquele vampiro meio afeminado,vislumbrou um sentido da vida,não por conta própria,MAS POR CAUSA DELA…

    Onde isso é machismo?Sei onde… em mentes delirantes …

    Sinceramente… se o romance do livro é patético,coisa que eu até concordo,estes argumentos de “muito conservadorismo”,”machismo”,”pregação da castidade” são o ápice da insanidade revolucionária…

    E estava na hora de um rapaz galã prender o pinto por estes filmes e livros,e uma moça fechar as pernas… putaria é tão clichê.

    14/07/2010 às 7:36 pm

  48. Pedro Henrique

    Sem falar que outra abertura de espaço insana que é tão imbecil quanto o romance do crepúsculo,ou quanto o amor exagerado de fãs …é ODIAR ALGO…ao ponto de estudar e procurar argumentos visando militar contra algo que tá ai,e que muita gente gosta… aliás,acho que este site foi criado simplesmente para ser do contra…mas vá lá…

    Eu sou indiferente ao Crepúsculo,não sou fã…

    Apesar de ser fã,não por via Crepúsculo,da Kristen Stewart…

    Desta ai eu sou fã,magrela,ossuda e sem sal… nossa!É a mulher perfeita…

    14/07/2010 às 7:46 pm

  49. Nadjah

    Eu não acho que o problema da saga é o conservadorismo. E sim, a OBSESSÃO que é pregada. Pq aquilo ali não é amor.
    “Meu namorado não me quer, vou me matar” NOOOOOOSSA.
    Eu não gostei do debate, mas de uma coisa eu sei:
    A Saga Crepúsculo NÃO merece a fama que tem.
    fim.

    14/07/2010 às 7:53 pm

  50. Nadjah

    Sabe de uma coisa que eu realmente NÃO entendo?
    Se as pessoas tem o direito de AMAR algo, porque outras também
    não tem o direito de ODIAR?
    E é por isso que eu gosto desse blog. Porque eles não chegam aqui dizendo que não gosta e ponto, procuram argumentos plausíveis para expôr suas opiniões. Mesmo assim ainda somos chamados de idiotas.
    Isso aqui é um blog, na internet. Cabe a VOCÊ, fã, visitar ou não sabendo do que se trata.
    E enquanto metade fica se irritando por comentários defendendo esses livros/filmes, a vida passa, e os atores e a autora estão mergulhados no dinheiro e nem ai pra vocês.

    Tenha santa paciência ¬¬’

    14/07/2010 às 8:00 pm

  51. Parabens! Sinto orgulho de ser hater pois lendo esse texto e comparando com os comentários das lovers posso ver quem realmente sabe das coisa, quem realmente tem argumentos sólidos. QUEM REALMENTE TEM CÉREBRO!

    Que a única coisa profunda que os personagens possuem é o vácuo no lugar do cérebro? <– raxeei com isso HAUIHEUIHAEIUHAEIH'

    14/07/2010 às 8:01 pm

  52. Nadjah

    e a pior do lobão foi comparar o Edward com o JONAS BROTHERS, além de chamá-los de babacas. Tai um cara que não sabe apresentar um debate.

    14/07/2010 às 8:04 pm

  53. Twilight Haters

    Ao contrário do que pode parecer, nenhum de nós odeia Twilight a ponto de perseguir as fãs ou queimar os livros em praça pública. Uma das minhas melhores amigas AMA Twilight e eu jogo o meu lado hater de bom grado cada vez que ela começa a falar sobre os livros.

    Nós também não dedicamos 90% do nosso tempo útil a falar mal de Crepúsculo, tanto é que muitas vezes o blog passa semanas sem atualizações. Mas ainda assim, nós achamos que essa é uma boa forma de passar o tempo, ou de treinar nossas habilidades de argumentação, por exemplo. Eu considero uma boa forma de compartilhar gostos (e desgostos) e conhecer pessoas legais. E eu acho muito melhor “odiar” uma coisa boba como um livro do que algo mais sério, como uma raça ou gênero. De resto, eu gosto de muita coisa que muita gente gosta, e sou madura o suficiente pra entender que gosto é gosto e cada um faz o que quiser com o tempo que tem. Fica a dica, beijo.

    Kisa aqui, btw.

    Como já dissemos algumas milhões de vezes, o blog começou como uma brincadeira.

    14/07/2010 às 8:05 pm

  54. Nate

    Lobão não tem a mínima competência para ser um mediador de um debate. Já suspeitava disso, mas ontem quando consegui (!) assistir um MTV debate inteiro, só tive certeza.

    Já fui lover, li todos os livros e vi os filmes e tenho que concordar com vocês que aquilo não é literatura. Mas respeito quem gosta.

    Excelente texto! Concordo e assino embaixo :)

    14/07/2010 às 8:05 pm

  55. Twilight Haters

    Aparentemente não é só o Olavo de Carvalho que nos odeia, mas o Pedro Henrique também.

    O que eu achei mais interessante no comentário do PH foi que, por mais que ele tenha deixado bem claro que tem uma bagagem intelectual boa, ele repetiu vários dos argumentos que nós estamos cansados de ler das fãs de 14 anos da série. Não que eu esteja me desfazendo desses argumentos – e eu jamais ousaria fazer isso, credo! – mas imagino que isso possa até dar margem pra que a gente faça algumas reflexões mais apuradas em cima deles.

    É um tanto difícil de responder o comentário dele, até porque ele parte de uma questão puramente paradigmatica: Nós somos imbecis porque somos adeptos do “subversivismo”, e da insanidade revolucionária. Ponto. No fim das contas, é uma prerrogativa nossa, assim como é dele a de achar que machismo é uma coisa boa.

    Eu só acho importante frisar que existe, sim, “putaria” em Crepúsculo, e não é tão pouca assim. O teor da história é sexual da primeira à última página, e a trepada eventualmente acontece. Só acontece num contexto machista, reacionário, etc. Uma coisa que eu nunca entendi é essa suposição de que mulher, porque é feminista, tem que necessariamente gostar de abrir as pernas.

    Agora, um adendo. Por favor, Pedro Henrique, manere nas ofensas, tá? Como você já deve ter percebido, nós somos todos esquerdinhas e metidinhos a revolucionários, o que significa que somos adeptos da boa e velha censura. Esse é um blog particular, e se nós abrimos espaços pra comentários negativos, nós o fazemos de boa vontade. Mas daí a repetir 300 vezes (uma vez é o suficiente, a gente entende) que você acha alguém que discorda de você de burro só porque discorda de você é pedir pra ser bloqueado pela insanidade revolucionária. Risos.

    (Anísio)

    14/07/2010 às 8:12 pm

  56. coisas*

    14/07/2010 às 8:24 pm

  57. Guilherrme

    Pra quem fala de pornô: durante a lua de mel do Ed e da Bella a S. Meyer insinua que a ela queria mostrar uns filmes pra animar ele mais. =o

    14/07/2010 às 8:44 pm

  58. Juliana Studart

    Ontem eu estava vendo o Debate Mtv. Achei ridículo aquele cara careca. Só estava lá para atacar o Felipe Neto. E crepúsculo é sim machista, porque a Bella é uma mulher machista, que entrega a vida e a felicidade a um homem e vive as decisões dele, isso pode ser visto como amor, mas não um amo saudável. Ela é um péssimo exemplo para meninas novinhas que são o público alvo da saga, não por ser conservador pela falta de sexo, porque não vejo problema com isso, mas por levantar essa questão e trabalhá-la de um ponto de vista machista. E O PRINCIPAL PONTO: CREPÚSCULO NÃO FOI A PRIMEIRA SAGA DE VAMPIROS DIFERENTE. Se informe sobre quem é L. J. Smith, e a série de livros “Vampire Diaries” e o personagem vampiro Stefan Salvatore, iniciada nos anos 90, andar no sol, e se alimentar de animais é tão semana passada! O diferencial desta saga VD é que nela os personagens vão muito mais além de bom ou mal, são bem trabalhados, e a mulher tem poder de decisã

    14/07/2010 às 8:51 pm

  59. Isabela

    De fato o Lobão não soube conduzir o debate. Pra começar que ele ficava interrompendo as pessoas TODA ora e pra terminar que, quando o Felipe Neto usou o argumento que eu estava esperando desde o início do debate, – o lance da Bella não viver sem o Edward, se jogar do penhasco – o cara terminou o programa. Francamente, não vi debate ali porque não consegui encontrar ninguém tendo a oportunidade de terminar seu raciocínio. Ou interrompido pelo apresentador, ou pelos outros participantes.

    Agora sobre Crepúsculo: li quando tinha 11 anos, em 2007, órfã de HP tudo e tal /fato No início achei tudo lindo e blablablá, mas no ano seguinte o reli e li o segundo livro. Tinha 12 anos e devo dizer que acho que amadureci muito de um ano pra outro, – reli Crepúsculo e não me parecia mais muito bom – pra começar que já li Lua Nova pensando: será que ela vai explicar aquela histótia de brilhar no sol? Porque não faz qualquer sentido aquilo. Não foi explicado.

    Teve a história do Edward deixar a Bella e fiquei chocada com o fato dela ter entrado em depressão e depois quase se matar. Como assim? Tudo bem, ela ama o cara e etc, mas juro que não conheço ninguém que tenha dito: “Ai, que lindo, Romeu!”, quando ele se matou pela Julieta. Pelo contrário, só ouvi “Sujeito tolo.”, e depois “Ela também, outra idiota.” Porque acho essa história de se matar por causa de decepção amorosa uma idiotice. Pessoas – famosas inclusive – já passaram por coisas muito piores e continuaram – vê-se Nelson Mandela e Gandhi que passaram anos presos só por querer sua liberdade.

    Aí vêm me dizer que a Bella tinha razão para ficar como ficou?! Eu não perdôo Kurt Cobain – que é um dos meus ídolos musicais – por ter se matado! – e olha que, ao contrário do que a maioria deve pensar, a vida dele não era essas maravilhas.

    Prossegui com a leitura: vamos, é ficção, ninguém deve aprovar isso mesmo – claro que me choquei ao encontrar fãs que acharam isso lindo. Mas então veio a enrolação, os lobisomens que ela também teve a audácia de transformar em bons lobinhos, os Volturi que foram facilmente evitados e mais uma vez a Bella, que aceitou o Edward de volta depois de ter um amigão que gosta MESMO dela, que a apoiou nas oras difíceis e que disse amá-la. Foi o cúmulo.

    Depois de LN as coisas pioraram: Eclipse é uma enrolação – desde daquele triãngulo amoroso, que era bastante óbvio como terminaria, até aquele auê com os recém-criados que rapidinho foram derrotados sem nenhuma baixa do lado “do bem”. Amanhecer foi a profunda esculhambação da noção humana E vampírica também, cá entre nós – não consegui terminá-lo depois de saber da cena do parto que me aguardava.

    Enfim, taí porque não gosto da Saga Crepúsculo – e nem mencionei o jeito pobre como a autora escreve, com repetições de palavras e descrições APENAS do Edward. Se você gosta, tudo bem, só espero que entenda e respeite meus argumentos para que eu faça o mesmo com os seus.

    – Momento descontração: e pra haters e lovers de Crepúsculo recomendo os livros de Anne Rice das CrÔnicas Vampirescas, agrada quem gosta de vampiros bons – Louis -, maus – Lestat – e “meios termos” – Armand, que eu acho meio confuso, mas amo mesmo assim x)

    14/07/2010 às 9:09 pm

  60. Twilight Haters

    “Uma coisa que eu nunca entendi é essa suposição de que mulher, porque é feminista, tem que necessariamente gostar de abrir as pernas.”

    Pois é.
    Eu sou feminista e apoio até meu último suspiro o direito de dizer “não” a uma trepada quantas vezes quiser, por quanto tempo quiser, independente de você ser um homem ou uma mulher e quiser trepar com alguém do mesmo ou de outro sexo. =)

    Realmente, acho que a tal “liberdade sexual” só trouxe liberdade de fazer sexo, nunca a liberdade de não fazer. Espero, também, que essa liberdade de não fazer por opção, e não porque é imoral, indecente ou o que seja, seja conquistada.

    Logo, Pedro Henrique, você é um imbecil que generaliza. E se você pode chamar a gente de burro, também não preciso engolir o quanto te achei cretino. Parecidíssimo com meu ex-namorado.

    Se você for ele, pode comentar com o seu nome de verdade, que ninguém vai se importar.

    Ana

    14/07/2010 às 9:18 pm

  61. Marininha Potter

    Ahazou, Nani *-* Eu tenho muito orgulho de ter amigas assim, PQP sz

    Bem, eu sou a minoria da minoria. Estou acostumada a ser julgada por fora. Agora, eu esperava que as lovers fossem ficar “revoltz”, mas não assim. CUSTA uma vez na vida ser sensata? Argh!
    Sem falar que esse debate foi um C*, porque a PORR* do Lobão não calou a boca um segundo! Sabe, eu vi o Felipe Neto pronto para dar um owned, ele cortou. A Lily pra dar um owned, o Saldanha cortou. E assim foi… No final, que o negócio TAVA ficando bom, ele (Lobão) acaba o programa? CUSTA esperar o cara terminar o argumento? Argh!²
    Enfim, moderador medíocre, pessoas que não respeitam. Que eu saiba, em debates, um fala, você espera essa pessoas terminar, aí replica, depois tem téplica e por aí vai.
    Extravasei /z

    14/07/2010 às 9:29 pm

  62. Vanessa

    para o Pedro Henriques (sim, eu desço sempre de nível e respondo):

    “Ou competência inexistiu na senhorita Lily.Sim,não existiu competência.E sim ,o Debate MTV é um programa “B” e o Lobão não ajuda”

    ou isso ou o teu ódio para com os haters te deixa cego de modo que não consigas observar que o debate foi tudo menos justo, para qualquer dos lados visto que o moderador não estava bem no seu papel…

    por aqui somos todos revolucionários…já viste bem que bando de retardados que somos? só porque achamos que neste mundo todos têm os mesmos direitos, deveres e responsabilidades…

    nem vou comentar a parte da castidade, porque realmente acho que nem vale a pena…porque bem, não tenho nada contra porno nem nada contra virgens, mas tenho contra livros que passam a ideia que quem não agir = ao Edward é incorrecto!

    “A mente revolucionária é messiânica e mediocre” veremos que direito é que tu achas para fazer essa afirmação de forma tão categórica?

    “Sinceramente,isso é exagero de mulher marxista mal amada” lá volta a parte do mal-amada (típico argumento de menina de 13 anos)

    esta saga mostra-nos que quando perdemos um namorado devemos perder a vontade de viver, desejar morrer, deixar a família e amigos, tudo por um homem…não sei que espécie de sociedade será aquela em que todas as mulheres deixarem de viver cada vez que tiverem um desgosto amoroso…será isto um bom exemplo? será amor atirar-mo-nos de um penhasco para ter a ilusão da voz do nosso ex-namorado? para mim soa a obsessão…

    “Mas a imbecil da Lily não acusou a Saga de mulherismo por causa da dependência afetiva da parte dele.Ora,aquele vampiro meio afeminado,vislumbrou um sentido da vida,não por conta própria,MAS POR CAUSA DELA”

    ele vislumbrou um sentido na vida por causa dela, mas quem decide tudo na vida deles é ele…ele manda e faz o que quer dela…então isto é machismo, pois ele até se acha no direito de a proibir de ver um amigo!
    e bem, certamente imbecil és tu por não perceberes isso!

    “E estava na hora de um rapaz galã prender o pinto por estes filmes e livros,e uma moça fechar as pernas… putaria é tão clichê.”

    e também te digo que estás mal informado…a Bella não fechou as pernas, ela implorou para ele ” a comer” e ele não quis…não que eu ache mal qualquer uma das atitudes deles, só estava mesmo a corrigir-te!

    14/07/2010 às 9:44 pm

  63. Twilight Haters

    Pedro, vai por mim: ninguém aqui ESTUDOU exclusivamente pra criticar o livro, não. Se alguém estudou pra ter argumento, foi coincidência.

    Eu, pelo menos, não andei de mão dada com Bosi por 3 anos só pra dizer “olha, é ruim por isso!”

    E, se você entende um blog como “militância”, reafirmo que te achei bem idiota. Militar é tão mais que isso, céus.

    Ana

    14/07/2010 às 10:00 pm

  64. Fer

    Eu faço parte dos LOVERS. E também não gostei do jeito que terminou ninguém ganhou ou perdeu. Estava na parte mais interessante do programa com as discussões e acaba o programa. ._.’

    14/07/2010 às 10:04 pm

  65. Cah

    O Lobão realmente não estava qualificado para mediar um debate, e estava escrito na testa dele “acho Crepúsculo ridículo”, mas eu ri bastante com os comentários que ele fez. E outra, ele não pode estender mais uma hora de programa só porque não teve conclusão, o que o povo da MTV deveria ter feito era uma segunda parte ou coisa assim.
    E o tal Saldanha realmente foi infeliz, gritando e não tendo um argumento bom (aliás, se ele é a favor porque diabos chamou de trash?).
    Mas isso não é motivo pra falar que foi tudo uma merda e blá blá blá. Aliás, se for pra discutir coisas como Crepúsculo e Harry Potter em um espaço de uma hora (com comerciais), é melhor nem discutir. Leva muito ponto de vista, também. Então é difícil todos esperarem o outro terminar de falar para rebater ou acrescentar algo sem ficar aquela algazarra horrível.
    Enfim, eu gostei do debate, apesar da confusão de vozes.

    14/07/2010 às 10:24 pm

  66. Sou twilover e concordo com o que foi dito aqui. Não tenho que odiar alguém só porque essa pessoa não gosta das mesmas coisas que eu. Respeito é fundamental pra vida, pra uma convivência minimamente possível.

    Bom, se seguirmos a linha do “significado do ódio”, acredito que vocês do blog não deveriam se chamar de “Twilight HATERS”, mas sim “Anti Twilight” ou algo do tipo. Seria mais apropriado, até porque não tem motivo ter raiva de uma história (a não ser que você seja alguém que simplesmente sinta prazer em odiar as coisas, e acredito que esse não seja o caso das donas desse blog). Mas eu entendi que tudo partiu de uma brincadeira, então tá valendo.

    E não, aquilo não foi um debate. Eu não consegui ouvir os argumentos nem de um lado nem de outro, e ouviria o que vocês, “haters”, tinham pra falar com a mente aberta. Mas o Lobão simplesmente não respeita o espaço dos convidados, então desisti de entender. Outro ponto preocupante foi a imparcialidade do apresentador. Já disse isso no twitter, vou falar aqui de novo: Acho que seria bastante digno e até inteligente das pessoas do lado da Lily avisarem ao Lobão que eles não precisavam de ajudante pra sustentar um debate, que eles conseguiriam fazer aquilo sozinhos. Isso foi de uma falta de ética e profissionalismo assustadora do apresentador, e não falo isso porque sou o lado “prejudicado”.

    No mais, vivamos nossas vidas e deixemos as coisas sem importância pra lá. Se metade dos haters e dos lovers levassem as coisas mais na brincadeira, o mundo seria um lugar muito melhor.

    14/07/2010 às 10:24 pm

  67. Eu assisti o debate agora no YouTube e fiquei…

    …PQP, DEIXEM OS HATERS FALAREM DECENTEMENTE Ò___Ó

    Lobão e Saldanha, os dois mal educados!

    14/07/2010 às 10:41 pm

  68. Sofia

    Eu não ia dizer mais nada, mas não posso me segurar. Então aí vai uma respostinha, Pedro Henrique:

    E se eu quiser transar com meu namorado? Ou com o cara que eu acabei de conhecer? Ou se eu quiser morrer virgem e BV? O que você tem a ver com isso? Sabe, meu revolucionismo burro e mediocre é só da minha conta.

    E se eu quiser passar meu tempo livre nesse blog? Até onde eu sei você deve ter perdido meia hora escrevendo uma argumentação aqui.
    E se quer minha opinião, é uma mistura muito pobre de diversos argumentos pescados aqui e ali, e que juntos só são mais idiotas ainda.

    Sabe, se dependesse de pessoas com essa mentalidade atrasada, nós ainda estaríamos na caverna, com medo de descobrir o fogo – afinal, QUEM se acharia mais inteligente por cozinhar a comida?

    Um monte de palavras difíceis não fazem um argumento melhor, PH.

    14/07/2010 às 10:47 pm

  69. LiNiNhàáh

    Bem, primeiro, bato palmas de pé para esse post, que já copiei e farei o favor de ler quando voltar a escola com a devida autorização da Nani, porque algo assim não podemos deixar de pregar.

    Sou sua fã, na verdade sou fã de todos, mas tudo bem.

    Segundo, para o senhor Pedro Henrique.

    Bem, eu não preciso comentar muito, pois o Anísio e a Vanessa já lhe falaram tudo com palavras diretas.

    Mas é o seguinte, bem, toda feminista abre as pernas hm? Então Twilight deveria ter MUITO sexo, já que ditam que ele é simplesmente feminista, claro, Twilight tem sexo, subentendido, mas tem e eu, uma garota que leu livros com teor sexual palpavel, percebo isso.

    Ah sim, usar o termo “machismo” sem ter provas é que é insanidade revolucionária querido, agora, quando se tem um post, dividido em 2 partes, para esse assunto e o senhor, que acredito, não deve ter lido esse post por incopetência e certa inocência de querer dizer algo sem saber e ter segurança de nos generalizar só pode ser realmente uma pessoa MUITO, mas MUITO confiante.

    Bem, é o seguinte, Twilight é machista sim, prega a castidade SIM e o blog está CANSADO de mostrar e afirmar isso para que pessoas que se acham no direito de dizer qualquer coisa sem nem ao menos ter lido TODO o trabalho desse blog chegar generalizando-nos .

    “Mas a imbecil da Lily”

    Ah, seja alguém que tenha importância o bastante para ser chamado para um progama de TV para então criticar a Lily, porque ela é uma pessoa melhor que vc meu filho, tenha certeza, então mais respeito.

    Ah, chegamos a um ponto crucial, respeito.

    Esse post magnifico está a falar de respeito e eu acho que “imbecil” não é bem um apelido carinhoso, para mim, é uma ofensa. Então, quer partir pra ofensa? Nós também sabemos ofender.

    Mas não somos como vcs fãs, não metemos pai, mãe e periquito no meio, simplesmente mostramos sua ingnorância, insignificância e, melhor, burrice para vcs mesmos.

    Então eu não vou descer ao ponto de te chamar de imbecil, pois eu não sou vc.

    E bem, vc mesmo já mostra o que é.

    Bem, do resto, só uma coisa que terei que discordar com o Anísio quando ele diz que o senhor parece ter um minimo de intelectualidade, olha, para, intelecto não é somente ler muito, saber de vários assuntos e temas, saber escrever, tirar ótimas notas na escola… Pelo contrário, intelecto é tudo isso e ser HUMILDE, saber OUVIR, saber FALAR e não ser PRECONCEITUOSO.

    Qualque pessoa que não tenha essas 4 coisinhas básicas de alguém sábio não é realmente inteligente para mim.

    14/07/2010 às 10:49 pm

  70. Tenshi - Gabrielle

    É um fato que o preconceito é um grande problema. Tipo, a pessoa que você mais ama gosta de Twilight. Eu sou são paulina e minha melhor amiga é corintiana, tenho amiga flamenguista e de tudo quanto é time, e tenho amigas que são lovers assumidas. Pense como seria se nós ficassemos bringando por isso… É besteira brigar por essas coisas, na minha opinião. Ainda não vi o debate, já que minha TV não pega MTV, mas to começando a ver no youtube, e pelos comentários, tem muita gente que nem para pra pensar, já vai esculhambando. Eu sou hater (mas já fui lover), mas não quer dizer que vou sair xingando todo lover que ver por aí. O mundo já tá uma droga, pra que vou piorar com discussões besta? Apresento meus argumentos, OK, mas RESPEITO se eles gostam.
    É isso, e continuem com seu excelente trabalho no blog.

    14/07/2010 às 10:53 pm

  71. LiNiNhàáh

    Ponto, quando eu falo dos fãs ali em cima eu quero dizer os da ladainha do senhor Pedro Henrique e dos que entram só pra ofender.

    Não estou a generalizar, pois conheço lovers muito lindas e que amo.

    14/07/2010 às 10:55 pm

  72. Vivian

    Ótima postagem. Assisti pela primeira mtv debate. E que que era aquilo? Gritaria total, falta de respeito, ninguém conseguia argumentar e no final das contas não consegui ouvir nenhuma opinião com embasamento, não que as pessoas não tivessem, mas ninguém teve oportunidade.

    Reconheço as dezenas e dezenas de defeitos dos livros e filmes. Mas eu confesso que foi uma distração e diversão da qual não me arrependo, li todos os livros, vi todos os filmes e assim vai…

    Abraços.

    14/07/2010 às 11:02 pm

  73. VIVA LA REVOLUCION BOLIVARIANA!

    14/07/2010 às 11:17 pm

  74. empire97

    Sinceramente, eu nunca tinha ouvido falar de vocês até ontem, e o problema do “debate” foi o ego do Lobão, bom digo na cara que me envergonho por certas “fãs” que nem sei se leem os livros e vão fazer barraco com quem quer que fale mal da saga, eu nunca saí fazendo isso com quem quer que fale, eu nunca levantei a voz pra alguém que fale mal da saga, acreditem se quiser, mas se a saga é machista, eu tenho certeza de que Stephenie não escreveu a fim de que ela fosse assim, não mudou nada na minha vida, digo eu, eu não parei de falar palavrão, eu não vou tentar me matar por causa de um amor, a questão é discenirmento. A leitura, se eu acho a leitura repetitiva? não vou mentir, acho, mesmo assim, é livro, como a do foforks disse ainda é uma livro, é melhor ler algo mais escrito do que nada, te enriquece DE ALGUMA FORMA, minha mãe leu e gostou, ela diz que te prende, isso, claro, em certas pessoas, e eu posso dizer, sim, que ela é uma leitora de verdade.Agora, o título do debate já quebrou muito, a saga crepúsculo merece o sucesso que tem? NÃO, NADA DISSO, como dizer se o sucesso e justo ou injusto? isso não tem nada a ver.Agora, os filmes eu sinceramente não ligo muito, os fãs esperam tanto deles e vem aquela merda de roteiro, os atores, aah, o que dizer deles? não acompanho Taylor, portanto nada a dizer, kristen, ela tem um potencial, mas na saga, ela não mostra nada, quem quiser acabar comigo, acabe… Robert, eu “acompanho” , ele não é o melhor nem pior, eu nunca gostei de ser crítica quanto a nada, o roteiro é a única coisa que realmente desprezo… Bom, eu só posso dizer que também respeito quem não gosta, mas ler esse texto me deu orgulho de ser brasileira, isso, sim, pra mim, haters e lovers têm seus momentos de vergonha e orgulho…

    14/07/2010 às 11:30 pm

  75. empire97

    E como dizem, twiligt é completamente sensual, não sexual..

    14/07/2010 às 11:31 pm

  76. empire97

    é melhor ler algo mal escrito do que nada*

    14/07/2010 às 11:32 pm

  77. Giovanna

    Vc arrasou, Nani!*O*!!!!Digníssima!!!

    15/07/2010 às 1:36 am

  78. Parabéns pela postagem, mas seria bom que todos os haters pensassem assim.. são palavras bonitas mas só isso, porque grande maioria daspessoas que odeiam não respeitam quem gosta. Assim como você colocou que vocês merecem respeito, que tem vida, trabalho, personalidade quem gosta também tem. O problema dos haters é generalizar. Existe fãs da saga de várias idades, com diferentes cabeças e personalidade, assim como quem odeia.

    15/07/2010 às 1:40 am

  79. Victor Vieira

    Olá, Nathalia. Faço das suas palavras as minhas. Eu poderia dizer que sou um “lover”. Tenho minhas próprias razões pra gostar da saga (os livros, somente), mas isso não vem ao caso.
    Bom… você já reparou como muitas (e muitos) “fãs” vêm aqui literalmente em bando pra fazer comentários sem sentido e carregados de ignorância contra vocês, haters? Pois é. Em momentos como esse, sinto vergonha de confessar ser fã, pois a tendência é exatamente essa, quando as pessoas esquecem a razão e deixam a emoção (histeria) tomar conta. Assim, a generalização é quase inevitável e todos os Lovers parecem mal educados e imaturos. E às vezes, o contrário também ocorre.
    Além de gostar da obra de Meyer, também sou fã da razão. E é isso que eu vejo em cada post aqui do TH. Leio os textos e entendo o ponto de vista de vocês, haters. Argumentos baseados em fatos e estudos aprofundados… eu achava que nunca veria tal coisa tratando-se de Twilight, onde acontece o problema que citei acima. Até que conheci este blog alguns meses atrás. E, desde então, tenho lido e admirado a inteligência com a qual os textos são escritos.
    Infelizmente, cara Nathalia, sempre haverão pessoas que criam muralhas entre si só porque diferem no gosto por determinado gênero.
    Mas aqui, mesmo entre algumas piadas (sempre de bom gosto), o respeito prevalece e isso é sempre bonito de se ver. Não precisamos ser “inimigos” por causa de opiniões distintas, não é? :)
    Bem… o que eu gostaria de acrescentar, você já o disse.
    Não posso dizer que ganharam um novo Hater, mas, com certeza, ganharam mais um leitor fiel e admirador dessa maturidade que há tempos não via…
    Beijos e parabéns!!

    Victor

    15/07/2010 às 2:08 am

  80. Twilight Haters

    Nós sabemos que nem todos os fãs são mal educados, flor ^^ Temos alguns fãs entre nós e, experiência pessoal, minha melhor amiga fora do grupinho hater ama de paixão e nós falamos do livro tranquilamente – eu até jogo o meu lado hater pela janela pra conversar com ela sobre as passagens do livro que ela mais gosta. Amigos são pra essas coisas, né~

    E nós sabemos que a Meyer não escreveu um livro machista – na nossa opinião, é claro – por querer. Mas, em uma análise um pouco mais… calma, baseada em experiências diferentes, é isso que é subentendido, é isso o que nós podemos ver nas entrelinhas. E, infelizmente, esse tipo de mensagem existe e afeta mesmo qualquer um que não tenha discernimento e maturidade o suficiente para entender a diferença entre livro e ficção. Esse tipo de gente existe, infelizmente, e são pessoas que geralmente não tem experiência de vida suficiente pra entender esse tipo de coisa – e aí nós temos um monte de garotinhas que acham perfeitamente normal se atirar de precipícios por que levou um pé na bunda do namoradinho de colegial ou deixar um homem controlar as vidas delas.

    Há uma diferença entre esse tipo de menina que é apaixonada pelo Edward Cullen e chora de ódio quando lê o que nós escrevemos e lovers como essa minha amiga, minha caloura favorita, que acha um absurdo a Bella tentar se matar – que é o que efetivamente acontece, lobisomens bombadinhos de lado – em Lua Nova.

    Kisa aqui, btw.

    15/07/2010 às 2:10 am

  81. Michele

    Primeiro: quando eu vi esse post fiquei boiando. Até que fui ver os vídeos no Youtube. E, céus, aquilo não foi um debate, não foi algo feito pra incentivar o respeito entre as partes, acho que foi mais pra acirrar o ódio mesmo. E lendo alguns comentários percebi que mtos haters não gostam de alguns momentos pq incentiva a castidade e alguns lovers acham bacana justamente por não ter putaria e talz… Mas o fato de eu não gostar de como o sexo é abordado em Crepúsculo é pq não incentiva o pensamento, a liberdade de opinião das garotas (maioria absoluta e esmagadora das fãs, independente do público alvo). Se eu quero casar virgem ou não é um problema meu, uma opinião MINHA. Eu não devo querer ser virgem apenas pq um livrinho q eu li propaga isso, ou pq minha religião ordena, ou pq meus pais querem BLABLABLA, assim como não devo dar pro primeiro que aparece pq em quase toda novela/filme/livro por aí aparece sexo explícito, pq minhas amigas não são mais virgens, etc… O livro seria muito mais respeitável se incentivasse a reflexão, tipo, a Bella poderia até ter perdido a virgindade antes do casamento, não teria problema, mas acho que ficaria interessante se ela soubesse o que estava fazendo e estivesse consciente dos riscos, fosse no momento que ela e ele achassem ser o correto e estivessem fazendo de maneira responsável (acho que seria bem mais educativo que praticamente dizer “CASEM TODOS VIRGENS”), assim as meninas pensariam duas vezes e deixariam de serem virgens APENAS porque outra pessoa quer que elas sejam e também deixariam de se comportarem como vagabundas pq a sociedade meio que “prega” isso atualmente.
    E se o livro é ou não machista leva outra questão que eu acho bem boba. Não acho que um relacionamento seja saudável quando o homem controla tudo e nem acho que é interessante quando a mulher é que comanda o tempo todo. Acho que relacionamento é antes de tudo uma troca. Ninguém comanda ninguém, o casal SE AJUDA, SE AMA, SE ENTENDE, RESPEITA OS DEFEITOS E AS QUALIDADES UM DO OUTRO. Eu não amo o outro apenas pq ele é perfeito, tem um carrão, é rico e bonito, e sim pq ele é rico, bonito, mas tem uma personalidade atraente, é simpático, extrovertido, me faz ser eu mesma quando estou com ele, respeita minhas opiniões e vontades e conversa numa boa mesmo quando não concorda comigo. Outro defeito da Meyer: ela se dedica mais a descrever a aparência das pessoas do que o interior delas. Ela pode até tentar passar que aparência não é importante (no caso da Bella: desastrada e meio sem sal), mas acaba fazendo isso no Edward (é o cara bonitão, ricão e cobiçado)… E morrer por amor até fica “bonitinho” na ficção… Acho que tudo de ruim que acontece ficaria melhor na ficção, btw, mas o problema é que pessoas sem capacidade de discernir o que posso ou não trazer da ficção para a realidade pode achar que isso é certo, que eu só posso ser feliz se tiver um namorado ou namorada, que eu preciso morrer de amores, que eu preciso usar meu melhor amigo e dizer que não vou ficar com ele mesmo sabendo que ele me ama e eu o dei esperanças, que eu posso tratar todo mundo mal (é só isso o que a Bella faz, pelo menos no primeiro filme: trata os pais e alguns amigos mal pra caramba, tem aquela cara azeda e reclama que não é amada… Francamente. Acho que o problema não é nem tanto o que tá ali, mas como foi mostrado (pq a ideia dela era até boa: um vampiro que não é monstro e se apaixona por uma humana, ela f*deu tudo quando desenvolveu e criou aquele enredo, se ela fosse mais experiente e inteligente, quisesse até ousar, mas com um pouco de bom senso, teria ficado até interessante, pelo menos pra passar o tempo). Ela meio que passa a imagem que coisas absurdas, doentias e, acima de tudo, FORÇADAS são as mais certas… E é isso que me preocupa. Não chego a ser uma hater, no sentido realmente de ODIAR Crepúsculo, só não gosto e encerro dizendo que o mesmo direito que as pessoas tem de gostar de algo, também têm de não gostar. Os lovers falam tanto que a gente não respeita nenhum deles, mas esquecem de nos respeitar também. Se você quer ser respeitado, respeite as opiniões de quem não concorda com você e TENHA ARGUMENTOS. Xingar até minha décima geração não vai me fazer gostar do que você gosta, mas se você tiver tranquilidade e respeito pra me explicar porque gosta mesmo sabendo o que eu penso, acho que pelo menos poderia conquistar o respeito dos outros. É isso, acabou meu jornalzinho HAUAHAUAHAU Desculpem os erros, tou meio apressada -rs

    15/07/2010 às 2:53 am

  82. Michele

    *meu comentário é o maior da página, I think -rs

    15/07/2010 às 2:54 am

  83. Narcisa Le Fay

    Milena, o blog nunca teve a intenção de ofender as lovers. As que aqui foram chamadas de menininhas e receberam respostas não tão condizentes com a boa educação foram as que pediram por isso ao (tentar) atacar a equipe pessoalmente. Para essas, que simplesmente, quiseram causar, foi dado o respeito que elas mereciam. Se elas queriam respeito, que respeitassem também.
    Agora, uma coisa que nunca foi proibida aqui foi a participação das lovers em discussões civilizadas. Qualquer discriminação ou ofensa foi feita, como eu disse, as que não sabem se portar como pessoas educadas, e não as que se propõe a uma boa conversa.
    Uma coisa que eu acho engraçada, na verdade, é que as fãs parecem ter certa dificuldade em assumir que o livro é sim juvenil. Não falo pela qualidade ou escrita, mas sim pela classificação literária que ele recebeu. Twi também atingiu um público fora do juvenil? Sim. Isso é ruim e errado? Não. Mas é preciso ver o livro pelo o que ele é: uma obra juvenil. Isso não desmerece ninguém que gosta; é apenas uma característica do livro e, na verdade, deveria ser vista com bons olhos pela capacidade apelativa que tem.
    Michele, é extamente o que é se falado aqui no blog XD

    15/07/2010 às 12:18 pm

  84. Eu

    Nossa, que horror!Não vi o debate na MTV porque esqueci, mas n tinha noção de que rolaria essa merda toda!
    Péssimo para a TV. Péssimo para a MTV. Péssimo para quem não pôde saber que existe, sim, vida APESAR dessa novelinha da Meyer.
    Contem com meu apio, moçada!

    15/07/2010 às 2:07 pm

  85. Raphaela

    Olá! Eu encontrei o blog de vocês e resolvi da uma passada e espiar para ver como é o trabalho de vocês aqui. Eu sou uma lover – nao daquelas loucas, espalhafatosas, fanaticas, desiquilibradas. – Eu apenas gosto sa Saga. Eu nao tive a oportunidade de assistir ao Debate na MTV pq eu nao tenho TV por assinatura e estou esperando soltarem os videos para poder ter uma critica mais apurada. O que eu li aqui até que a Nathy escreveu, é tudo verdade e eu concordo com ela. O respeito foi deixado de lado. Nao vou falar que concordo com o que vocês fazem (até pq eu nao tive a oportunidade ainda de ler o blog inteiro) mais eu sei que a saga não é essa coisa maravilhosa e eu tbm faço brincadeiras, zuando e tudo mais. Quando eu vi o video do Felipe Neto, eu ri muito e concordei com tudo que ele disse, pq realmente acontece aquilo.
    Eu creio que a atitude de varios desses adolescentes que porventura tenham xingado vocês é por que sao muito novos, nao tem cabeça nem maturidade. Podem reparar que a Rê – representante do Foforks – em momento nenhum usou alguma palavra de baixo calão ou ofendeu os haters.
    Acho que isso já deu muito pano na manga, o debate foi ridiculo e na verdade, eu gostaria de um em que REALMENTE fosse um debate. Não a coisa tosca apresentada pela MTV. Fica aqui minha marquinha, pq o texto da nathy foi realmente muito bem escrito.

    15/07/2010 às 3:55 pm

  86. Paola Jackson

    Sem coment, eu odeio essa saga pq não sou alienada ¬¬ não vi o debate, mas vi o post sobre ele….programas de TV é isso msmo amiga, é pão e circo, do jeito que o Brejileiro gosta. Afinal se não tiver baixaria não dá audiencia! Muito bom o texto e mew..uma coisa é certa; vc não vai conseguir mudar a opnião das pessoas! Se vc não gosta, não gosta, acabou. Não sei pq querem introduzir essa merda de série na nossas cabeças ¬¬ as fãs que mme perdoem mas..pra gostar dessa série tem que ser muito alienada e acéfala pq porra…não tem NADA! Acho que o unico argumento que as fãs usam pra gostar é que o edward é lindo ¢¬¬ sem coment..gosta quem quer mas que é uma bosta é e a Sthepanie foi inteligente em fazer um livro desses, com escrita repetitiva (vai ver é por isso as acéfalas gostam) é ruim d+ prepucio ._.
    ótimo comentário =D

    15/07/2010 às 7:50 pm

  87. Raul

    Vi o debate na internet agora a pouco.
    Antes de tudo, parabéns Lily, você nos representou muito bem.
    Infelizmente, o debate não teve espaço para cada um opinar (sempre que alguém tentava, outro interrompia).
    Lily, uma coisa que eu adorei foi você falando “Então os adolescentes não tem opnião agora?” (sim eu ouvi isso auhsuahsu)
    quando eu ouvi a mulher do foforks falando que TODOS OS ADOLESCENTES gostam, eu pensei a mesma coisa que você disse.
    Uhu, eu tenho opnião, e não, não gosto da saga.
    Para a galera do blog, parabéns. Eu acompanho o blog desde março ou abril, quando alguém colocou o link na comunidade “Sim, eu ODEIO Edward Cullen” e mesmo que ainda não tenha lido todo o blog, sempre que leio me impressiono com o jeito que vocês expõem as opniões, mostram os argumentos, e muitas vezes me fazem rir.
    Parabéns a todos. Os que postam tópicos, os que não postam mas ajudam de alguma forma, um enorme Muito Obrigado :D

    17/07/2010 às 2:57 pm

  88. Line

    Bato palmas para a Nani nesse MARAVILHOSO post! Falou tudo o que penso, já li que “Se vocês odeiam, guarde para você e ignore!”

    Oras, se temos razões SENSATAS com argumentos bem contruídos, não há razão do porquê de colocar o outro lado da moeda. Se tem direito de venerar, temos o direito de detestar! E cada um na sua, mas sem infantilidade.

    É ridículo, gente com mentalidade de 10 anos vir aqui nos xingar ou escrever besteira como se ficássemos feridos ou baníssimos o blog por isso. Saibar lidar com as diferenças! Ninguém é obrigado a amar nada!

    Sei que pode soar como frase feita mas se querem ser respeitados e tratados devidamente, simplesmente RESPEITE os outros, pois aqui não é um monopólio de notícias e nem opiniões.Aqui há liberdade de expressão.

    Não está saisfeito? Vá no X lá no canto direito da tela e seja feliz!

    E muito obrigada a todos os Twilight Haters pelos gloriosos posts que nos dão informações e muitos risos!

    24/07/2010 às 5:37 pm

  89. Nathália Cullen

    Tenho que admitir uma coisa.
    As vezes prefiro os Haters do que os fãs.
    Os haters sabem conversar.
    :D’
    Byehaters.

    28/08/2010 às 9:08 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s