2 Anos trazendo a lógica!!

“Lua Nova” por Ana

(ou “Lua Nova” por alguém que é super Team Jacob)

‘Sumemo. Num ato de bravura, pra fazer um amigo feliz e pra ver Jake sem camisa, fui assistir Lua Nova tão logo estreou. Antes de começar a comentar o filme, porém, quero lembrar que eu sou só uma reles estudante de Letras que teve uns poucos créditos de Linguagem Cinematográfica. Não estudei cinema, não entendo muito, só tenho um pingo de bom senso. Outra ressalva que deve ser feita é que, apesar de tudo, eu sou muito um pouco team Jacob (algo que nem o bom senso salvou, reconheço). Como já cansei de dizer, não gosto dos livros, detesto os protagonistas, mas, de alguma forma, rolou uma empatia forte com Jacob Black e acho que eu mereço muito um desses pra mim, oks, então talvez eu me descontrole e seja, assim, parcial. Mas vou tentar me conter, é.

Enfim, vamos lá.

Os “affs” já começaram na abertura do filme. Talvez porque entrei na sala do cinema morrendo de preconceitos, aquela lua cheia que vai virando lua nova e revelando o nome do filme me pareceu totalmente… idiota. Foi o primeiro momento-arrependimento e que-grana-mal-investida (piorarei um pouco: o cinema não aceitou minha fucking carteirinha de estudante porque não tem data, então paguei a entrada INTEIRA pra assistir a essa bomba. Me processem, por favor). Bom, aí o começo do filme foi aquele mesmo clichê que foi Crepúsculo e, pior, tão fiel ao livro que COMEÇOU NA EPÍGRAFE (ou sei lá do que devo chamar aquilo lá), com Bella correndo pra salvar Edward. A amiga do meu lado olhou e disse “mas que m…?” Não perguntar era melhor. Aí pulou pra parte extremamente idiota do pesadelo da Bella. Tudo muito fiel ao livro. Devo dizer que o trabalho de um roteirista foi totalmente dispensável nesse filme, sério. Porque eu não vi roteiro nenhum ali, só vi… o livro. “Ah, legal, então”. NÃO, MEW. Péssimo! Eu paguei pra ver uma adaptação, não ilustrações cinematográficas do livro. Não, não, não!

Antes de Edward aparecer a primeira vez, já tinha pensado em sair da sala. A cena em que estão na sala de aula, assistindo a Romeu & Julieta, achei engraçadinha. De novo, como no primeiro filme, as personagens mais simpáticas são os colegas de escola de Bella e Edward, porque pelo menos eles dão um toque engraçadinho e comédia romântica bobinha e colegial pro filme todo e diminuem um pouco as altas taxas de glicose do casal principal. Mas as cenas em que eles aparecem duram muito, muito pouco. Edward recitando Shakespeare foi um momento-náusea pra mim, tipo “minha hipoglicemia não vai aguentar tudo isso, não”. O problema é que eu já sabia que seria assim, porque, er, o livro é assim, infelizmente.

Enfim.

Até Edward ir embora, eu tive a impressão que já tinha passado metade da minha vida na sala de cinema. Nem sei quanto tempo leva de fato, mas… é, parecia metade da vida. E depois entra Jacob queridíssimo <3 eu ACHEI que valeu o ingresso (não que tenha valido de fato, entenda), porque Taylor Lautner, apesar de não atuar grandes coisas, tá lindinho, apertável, etc. Só que o filme fica meio nonsense nessas partes. Por exemplo: na sequência do cinema, quando começa a transformação do Jake (e que achei meio fora do resto do filme, porque não é enfadonha), as atitudes de Jacob com o colega da Bella ficam totalmente… esquisitas. Como eu li o livro, entendi bem logo de cara, mas pra quem não conhece muito o negócio, não deve ter feito muito sentido. Certo que os dois ali disputam a Bella e talz, como a gente jááá sabe – porque Bella tem mel e todos os caras gostam dela, é –, mas de repente, aparentemente, Jacob fica grosseiro com a concorrência, aparentemente porque é só um concorrente… achei muito “wtf?” Não sei se depois fica claro que é tudo porque ele ta virando lobo, mas eu achei que não. Foi tudo meio perdido e uma das cenas em que mais transparece que o filme não se sustenta sozinho.

Ahn, bom, aí entra na parte em que posso ser parcial demais, porque os lobos, além de really hot, são divertidos. Foi uma parte assistível do filme e tive a impressão que durou pouco – exceto as sequências intermináveis de Victoria, Victoria, Victoria. Argh. Partes totalmente desnecessárias que podiam ter feito as infinitas horas de filme parecerem menores, se fossem cortadas. Ninguém precisa de tantos indícios de que a Victoria está atrás de Bella. Laurent já explicou isso, já disse o porquê da perseguição, pronto. Uma ou duas cenas curtas mostrando Victoria na espreita era mais que suficiente, IMO. Dava pra entender que a perseguição continuava e a plateia seria poupada de efeitos especiais de fazer chorar.

Por fim, Bella pula do penhasco. Desejei que ela morresse, apesar de saber que ela não morreria. Quem morreu fui eu, na verdade, porque aquela visão de Edward no fundo do mar foi, assim, tensa. Na verdade, lembrei muito da parte dos Pântanos Mortos d’O Senhor dos Anéis, mas só porque Bella ta parecendo os defuntos que o Frodo vê. Tá, Jacob também lembra de leve Sméagol puxando Frodo pra cima. Mas só por isso. E aí o filme voltou a ser completamente chato. E eu lembrei do porquê de odiar o livro com a intensidade de mil sóis. Bella dizendo pra Jake que VAI ATRÁS DE EDWARD SIM me deu náuseas. Só conseguia pensar coisas como “vaca submissa” pra baixo. COMO, COMO, COMO PODE alguém largar um POTA amigo daqueles, que foi o ombro que ela teve, o sujeito que DEVOLVEU a vida a ela, pra ir atrás de um ser purpurinado que a abandonou pra “salvar a vida dela”? Até aquele momento, Bella não sabia que Edward a amava, logo foi uma atitude estúpida e imbecil. Argh. Juro que pensei em ir embora de novo, mas já tinha agüentado até ali, né… e nem digo só porque sou team Jake nem nada, é o tipo de coisa que acho inconcebível pra sempre. Submissão, idiotice, sei lá que nome pode dar a isso, pra mim é inaceitável largar tudo pra correr atrás de homem, fim.

O avião com o “virgin” subliminar foi uma pérola à parte, naturalmente.

Os Volturi foram outra pérola à parte. Pode até ser que tenham escolhido atores de verdade pra interpretá-los, mas só o que tenho a dizer sobre isso é que foi um pota desperdício de atores de verdade. Todos idiotamente inexpressivos, com maquiagens que eu faria melhor e com lentes de contato vermelhas que não convenceriam nem a fã mais bitolada. É óbvio que não existem olhos vermelhos, mas daí a ser possível identificar até a voltinha da íris, ah, é apelar. Assim, eu senti um pouco de vergonha alheia em toda a parte de Volterra. Não sei se o pior era o vampiro-Grima-língua-de-cobra ou Aro ou o vampiro-Malfoy que ficava sentado (não, eu não lembro o nome deles). Ou Bella pedindo pra ser morta no lugar de Edward, numa cena que fez minha hipoglicemia se manifestar outra vez. Outro argh.

Dakota Fanning até que foi bonitinha de Jane, mas também foi meio desperdício. Em um filme com tantos atores ruins menos coadjuvantes, botar uma atriz de verdade pra fazer um papel tão pequeno parece até meio burrice.

E, por fim, estamos de volta a Forks, com o romance cretino de Bella e Edward de novo. Quando li Lua Nova, tive a esperança de Edward nunca mais voltar e Bella terminar com Jacob – apesar de saber que não, não aconteceria assim. Vendo ao filme, já sabendo do final, eu quase COMI meu colar de semente pra não xingar-muito-de-muita-raiva. Mas a coisa toda chegou no ápice com aquele diálogo MAIS QUE CRETINO entre Bella e Jacob, com ela dizendo “não me peça pra escolher, porque eu sempre escolherei ele”, ou qualquer coisa assim. Foi meu momento mais “COMASSÉM?!” em toda a sessão. Não que tenha sido novidade, mas é o tipo de coisa que sempre e sempre vai me deixar indignada. Porque, repito, mais do que um relacionamento tipo homem-mulher, foi Jacob quem tirou a Bella do limbo não-existe-vida-pós-Edward, assim. Ela era feliz com ele até o fucking vampiro pisca-pisca ressurgir! Comofas mew? [momento revolta nada a ver com o filme on] Sei que isso deve ter sido a solução “inteligente” da Meyer pra se livrar de Jake e não deixar ele ser um empecilho no amor eterno e perfeito de Bella e Edward. Tenho CERTEZA de que ela teve medo de perder o controle e criar conflitos que, pra gente, tornariam a história interessante mas, pra ela, arruinaria a droga do casal delas. Aí a solução foi fazer com Jacob o que a gente não faz nem com personagens: joga fora, pra não ter perigo de ele atrapalhar tudo. Pode até ser que ela tenha dado outra chance ao personagem em Eclipse, mas outra imbecilidade de Meyer é transformar o único cara decente que ela conseguiu criar em, ahn, cachorrinho. Porque ele nunca devia perdoar a Bella por dizer “sempre vai ser ele”, depois de tudo o que fez por ela. Sério. Repito: isso que essa vaca maldita fez não se faz nem com um personagem. [/momento revolta nada a ver com o filme off]

Saí do cinema meio querendo vomitar, de um modo geral. Além disso tudo, as maquiagens de TODOS os vampiros, não só dos Volturi, continuam sofríveis. Na primeira aparição de Laurent, cheguei a enxergá-lo até um pouco esverdeado. Só a Victoria que ficou menos fake, mas suponho que seja porque a atriz é mais branquela do que o resto do elenco. A gente ainda continua vendo onde termina a maquiagem e começa a cor da pele dos atores e, pior, os batons vira e mexe estão borrados, dando aos vampiros um aspecto meio coringuesco (?), assim. As atuações, também, foram um pouco deploráveis. Kristen continua não fechando a boca por nada e Pattinson continua atuando – como alguém, acho que a Jam, já disse por aqui – com as sobrancelhas. Fora que, até quando Edward devia estar feliz, Pattinson faz aquela cara “comi merda” de sempre. Taylor, Ashley Greene, a maioria dos Cullen (exceto Carlisle) e os outros lobos e colegas de escola tinham momentos de exagero DEMAIS ou de serem inexpressivos demais, típico de atuação do povo de Malhação. Não, tá, Taylor Lautner, de todos os que não sabem atuar, foi um dos menos piores. Não bom, que fique claro, porque ele também não conseguiu passar nem um nada do que é Jacob – e nem dá pra falar que é um personagem inexpressivo, acho que Jake é um dos únicos personagens expressivos em toda a série.

Sem contar que o filme nos presenteia com algumas cenas de Edward purpurinando que só devem servir pra fazer quem não engole essas coisas de vampiros brilhantes se matar de rir. Bella fica lembrando dele brilhando na clareira meio que o tempo todo, e quase todas as vezes em que ele apareceu assim, muita gente no cinema riu. Porque, mew, é muito broxante pensar num cara que brilha no sol. Ou melhor, num cara que solta glitter no sol. Mas a PIOR CENA DE TODAS é, disparada, bem ao final, com Alice mostrando pra Aro uma visão de Bella transformada. Bella aparece correndo usando um vestido me-do-nho e, se não me engano, ela brilha. Atrás, aparece Edward correndo também, usando um colete-hobbit, ahn, mais medonho que o vestido de Bella. A cena é muito “propaganda de sabonete Vinólia com influências claras, porém ruins, de O Senhor dos Anéis”. Muito MESMO.

Mas os cortes e efeitos especiais foram ligeiramente melhores. Os vampiros correndo e as batalhas X-Men continuaram, tipo, muito ruins, digno de Mutantes e tudo. Mas eu até que gostei dos lobos. Não são, assim, geniais, mas podia ser MUITO pior. Quanto aos cortes, também não foi uma coisa genial nem nada, mas acredito que, se comparado ao primeiro filme, esse teve muito mais, ahn, coesão entre as cenas, se é que posso usar esse termo pra falar de cinema. Quando vi Crepúsculo, tive a sensação de que via só recortes de fragmentos do livro. Em Lua Nova, a continuidade já foi menos sofrível.

E, por fim, um comentário muito desnecessário aqui, muito team Jacob (de novo), que eu acredito que já tenha feito em outros posts, também: não consigo ver como a Bella é tão incrivelmente feliz com o Edward se, tanto no livro como no filme, não há UMA passagem em que os dois se divertem. Achei até legal essa oposição entre o quente e o frio que ficou MUITO explícita no filme: os lobos de pele quente são brincalhões, divertidos e tudo. Gente calorosa, mesmo, e a gente vê como é porque em todas as cenas com lobos, ou pelo menos a maioria, eles estão sempre meio bagunçando, rindo, fazendo brincadeiras. Os vampiros de pele fria são sempre sérios, controlados, centrados. Gente fria, como a gente vê em todas as cenas em que os Cullen aparecem, sempre contidos, sérios, mesmo em passagens em que deveriam estar felizes e fazendo festa. De fato, só Emmett é que é, assim, animado. Não sei o que se passa na cabeça da Meyer, mas não vejo como alguém pode idealizar gente fria assim pra um “felizes para sempre”.

Pra fechar, de um modo geral, é muito filme-suicídio. Eu sabia que não ia ser bom, só que sempre me arrisco, hahaha. Reitero as ressalvas que devem ser feitas, porque eu sou meio team Jacob demais, mas o negócio é que, como disse Pablo Villaça, a Meyer insiste em nos mostrar que mulheres felizes são aquelas que abrem mão de tudo por causa de homem, inclusive renunciam à própria vida. Tanto é que ela escreve uma série-enrolação pra mostrar como uma menina pode abrir mão de tudo só por um homem que acha que é o único pra ela em todo o mundo. E, em Lua Nova, isso fica muito, muito evidente. Um MEGA BLARGH pra Meyer só por isso, pra não perder o costume.

E, por favor, ME IMPEÇAM de ver Eclipse quando esse chegar por aqui, porque aí já é querer sofrer muito.

(Obs1: povo querido, o WordPress engoliu os itálicos que usei ao longo do post e, como preciso correr pra faculdade – é espantoso, mas não somos todos desocupados, como imaginam algumas pessoas que surgem aqui -, não deu pra ir caçando um por um e recolocá-los, então peço desculpa por isso)

((Obs2: já repararam como eu SEMPRE faço posts, ahn, team Jacob? hahaha, logo me chutam da equipe e me mandam pra um blog sobre lobos.))

Anúncios

49 Respostas

  1. lou

    É, mayer só faz fuder com o jacó(L) o taylor sem camisa, ui *0* já o robert PQP

    24/11/2009 às 6:06 pm

  2. Aibell

    ótimo post, Ana. Também sou team Jacob e durante o filme, quando a idiota da Bella o dispensa, eu senti indignação e náuseas pela burrice daquela retardada.”Repito: isso que essa vaca maldita fez não se faz nem com um personagem” foi hilário!

    24/11/2009 às 6:08 pm

  3. Dunaz

    “(piorarei um pouco: o cinema não aceitou minha fucking carteirinha de estudante porque não tem data, então paguei a entrada INTEIRA pra assistir a essa bomba. Me processem, por favor)”

    Bem… a minha carteirinha TAMBÉM não tem a FUCKIN data (Você estuda no CEUNSP?? o.o)… o que temos que fazer é levar junto a PORCARIA do boleto da mensalidade (pago, de preferência… o que é um problema pra mim, que estou com duas parcelas atrasadas u.ú)

    “digno de Mutantes e tudo”
    *rolando de rir com o comentário*

    Veja bem… Se você voltar para depois editar o seu post, você pode recolocar os itálicos^^ Eu também sou uma desocupada até às 5 da tarde… Eu estudo à noite…

    Bem… Eu faço cinema, mas infelizmente não vi o filme… Preciso vê-lo para ver se ficou MUITO filmagem caseira como o primeiro filme (Já ouviu falar de um estilo de filme chamado “Dogma 95”?)
    Bem… preciso ver o filme..

    Aff, fica pior em Eclipse quando o Edward e o Jacob ficam “amiguinhos”… É… TEM como piorar… Achei o fato de a Mayer ter feito isso com o Jacob para poder escrever MAIS, saca? Tipo…. Pra mim o livro acaba em Crepúsculo e tá muito bom! No máááááááximo em Lua Nova… Agora o Eclipe eu achei forçado… ainda não li o Amanhecer (ninguém me emprestou ¬¬), Mas sei lá… Acho que só poderei dar opiniões mais profundas depois de ler os 4 livros (e opiniões sobre os filmes depois de vê-los…)
    Se cuide
    =******

    24/11/2009 às 7:03 pm

  4. Ana, ficou demais o post *-*
    Na minha época lover, por assim dizer, minha amiga (Vicky) e eu só falávamos de Twilight. Logo no primeiro dia de conversa na escola, eu descobri que ela era Team Jacob. Fiquei mó “oO'” Eu ODIAVA o Jacob e era Team Edward (ta, eu queria que a Bella ficasse com o Edward, não que amasse o Edinho. Eu sempre amei o Emmett, porque, como você disse no post, ele é o único divertido [risca]e malicioso[/risca] dos Cullen sz). Com o tempo e com a ajuda desse blog, virei Team Jacob. Quer dizer, eu prefiro o Jacob ao Edward, não que eu queria que o Jake fique com a Bellanta. Ele é caminhão demais pra areia dela (?)
    “não consigo ver como a Bella é tão incrivelmente feliz com o Edward se, tanto no livro como no filme, não há UMA passagem em que os dois se divertem.” Eu também. É doença mesmo, ponto (y)
    Sobre New Moon: eu ainda não assisti o filme. Pretendo ver (só pelo tanquinho do Tay, porque pelos meus amigos, por você e pela crítica, o filme é uma merda)
    Bjss ;*

    24/11/2009 às 7:06 pm

  5. Mandyy'

    CONCORDO *—*

    Passei por exatamente a mesma coisa que vs , e cara , putaqueopariu ¬¬

    Team Jake forevermente \o/ -q

    24/11/2009 às 9:06 pm

  6. Jucinéia Beatriz

    ”Considerando o talento de Bella para atrair pares românticos bizarros, mal posso esperar para chegar ao quarto filme da série, quando ela provavelmente já estará sendo disputada não apenas pelo vampiro Edward e pelo lobishulk Jacob, mas também pela Criatura de Frankenstein, pelo Monstro do Pântano e por Freddy Krueger. A esta altura, as fãs da “saga” Crepúsculo certamente estarão ainda mais comovidas com a natureza sofrida da garota, enxergando-a como uma romântica inveterada.
    Já eu consigo ver apenas uma aborrecida lesma suicida.”

    http://www.cinemaemcena.com.br/Ficha_filme.aspx?id_critica=7504&id_filme=7820&aba=critica

    24/11/2009 às 9:11 pm

  7. Ana, adorei o post. A questão é que quando eu passei pela minha pobre fase lover, eu também era doida por Edward (dois auto-bofetões na cara por isso) e confesso que no Lua Nova, quando li, no mesmo fim de semana que assisti o primeiro filme, eu ficava furiosa com o Jacob. Mas ele me conquistou e foi sem dúvida o melhor personagem em Amanhecer. E aí entra a minha maior revolta. Tudo bem, estamos falando de Lua Nova, o filme, mas assim como as lovers reclamam dos comentários dos críticos alegando que ainda tem mais dois (ou três) filmes pela frente, também vou me adiantar. Entre os lobos temos dois pedófilos, entre eles nosso digníssimo Jacob.
    Aquela história do imprinting foi uma das piores invenções da Meyer, mas há outro aspecto a ser considerado, no livro mesmo descreve a cena do inprinting do Jacob com ele absolutamente encantado pelo rosto “perfeito” da Nessie, certo? Pois então, pode usar a desculpa que for, no momento que Jacob se sentiu apaixonado por ela, a imagem que ele via era de uma criança, um bebê, sendo mais precisa.
    Jacob não tinha o dom de prever o futuro e poder enxergar sua amada como uma mulher adulta, e parte do processo de se apaixonar por alguém inclui atração física/sexual pela mesma. Portanto, lovers usem a desculpa que quiserem, mas a única verdade é que Jacob e o outro lobo que não lembro quem era se sentiram sim sexualmente atraídos por bebês.
    E isso me revira o estômago, porque as lovers devem ter achado isso lindo…
    Ops, fugi completamente do assunto, mas… bom, team Jacob, certo?

    24/11/2009 às 10:08 pm

  8. Pri

    robert sem camisa = broxante³³³ (pq ele tem q ser tão… peludo?)

    taylor sem camisa = OMFG quase morri *¬*

    24/11/2009 às 10:18 pm

  9. anrpa

    “Não sou fã de Crepúsculo, primeiro filme da série inspirada nos livros da norte-americana Stephenie Meyer (os quais não li, embora tenha tentado e desistido ao perceber que ela não sabia escrever).”<- kkk, Pablito very fods *-*

    24/11/2009 às 10:46 pm

  10. Ana

    Dunaz, eu sei que posso editar depois e botar os itálicos, rs. Mas é que sabia que ia ter gente que ia ler antes disso, aí achei melhor justificar.

    E, gente, ao contrário de mtas… na minha época de “até que gosto disso” (porque nunca fui LOVER), eu até gostei _um pouco_ do Edward, lendo o primeiro livro. Mas TUDO desabou quando li Lua Nova. Mta gente sentiu raiva do Jake, mas eu queria muito que o Edward tivesse morrido assim que terminei o livro HAUHAUA tenso. =|

    24/11/2009 às 11:16 pm

  11. Jacii

    Mas também, vamos falar não é minha gente: a única coisa apreciável no filme é o Jake sem camisa. q

    25/11/2009 às 12:13 am

  12. Emmy P.

    Adorei o post, ficou muito bom :D
    Concordo, o filme foi total vomitável, não consigo ver Edward e Bella como O casal, e também não vejo Bella e Jake! Com um amigo divo e gostosão daqueles EU NÃO NEGAVA NEM COM REZA BRABA! Sou Team Jacob, e desde o primeiro livro eu fico revolts com essa palhaçada!
    Mas não tem problema, pra que nós temos imaginação, somos do contra e realistas mesmo? Pra imaginar um Twilight da vida do nosso jeito, que modéstia a parte, é mil vezes melhor OE Q
    Continuem assim, o blog tá ficando cada vez melhor! :*

    25/11/2009 às 1:32 am

  13. Larii Lou

    Ana, eu sou suuuuuuuuuper fã da saga, só não li o amanhecer ainda, mas como uma fã sensata que sou, sei ver os defeitos e tenho minhas preferencias! Na minha opinião, eu gostei do filme, só porque o Jacózinho do meu coração aparece muito mais do que em Crepúsculo, que até as plantas aparecem mais, u.ú!! O livro é concerteza mil vezes melhor que o filme, eu vi a subliminar “virgin” no avião! auhahuahu’
    Anyways, concordo com tuuuuuuuuuuuuudo o que você disse, e não me conformo mesmo com o que ela faz com o Jacó! Cara, o garoto ta ali, lindo e maravilhoso, pro que der e vier, do lado dela, quando ela ta na fossa da porra, chata pra caralho, cuida dela, e como ela mesmo diz “sendo o sol dela”, e ele não abandona ela em nenhum momento, e na hora de viajar, ela deixa ele (?), pra correr atras daquela peste purpurinada? PQP!! E depois diz que a escolha dela vai ser sempre ele? Avá, pelo amor… Não existe amor assim!! Não mesmo! Não sou capaz de abandonar meus amigos, minha família (que me ama), minha vida, por causa de homem, odeio isso. A mensagem que esses atos passam, e de que ela é uma garota submissa aos homens, e eu odeio isso. Não vivo em finção de homem, vivo em função de mim!! Minhas prioridades são meus amigos e família, sempre! E eu não concordo mesmo com isso.
    Bom, seu post foi tudo que eu penso, só que dito por uma não fã!
    As pessoas podem achar que eu não sou fã de verdade da saga, mas eu sou sim. Só que eu não fechei os olhos pra realidade, ainda tenho minha opinião!!
    Bjoos xuxú! Da fã de twilight saga mais maluca do mundo!! =**
    Team Jacob forever!! ♥
    A colega ali em cima colocou e eu tenho que colocar tbm. hahá

    robert sem camisa = broxante³³³ (pq ele tem q ser tão… peludo?)

    taylor sem camisa = OMFG quase morri *¬*

    25/11/2009 às 2:31 am

  14. Aibell

    Er… ninguém aqui disse que achou maravilhosa a ideia ridícula de imprinting, Maya. Concordo que seja uma metáfora horrível, mesmo que tenha sido involuntária por parte da autora (o que não me surpreende nem um pouco). Eu sou Team Jacob até o início de Eclipse, depois disso a Meyer-gorducha destruiu o personagem em prol do casalzinho feliz.

    25/11/2009 às 4:08 am

  15. Betynha

    Super digna a review! Preciso espalhar a verdade por aí.

    De qualquer forma, devo concordar em todos os sentidos com a questão da submissão da Bella. É de dar nojo e vergonha, claro. Os conceitos que a Meyer usa para justificar as atitudes (ou não) da Bella são tão last season que poderia ser risível se não fosse totalmente tragicamente revoltante.

    E o que me deixa mais revoltada em relação à Bella é o egoísmo infinito. Uma coisa tão doentia que a faz ficar cega na hora que o “Chatward” tá querendo se matar. Digam o que quiserem as fãs do casal (aham, amor eterno… senta lá, Cláudia!), mas é absurdo o recurso que a Meyer usou para trazer a Bella à vida de novo. Ela usou o Jacob sem vergonha alguma e na hora em que deveria reconhecer isso (talvez tivesse sido uma salvação pra história inteira!), ela simplesmente vira as costas e corre atrás do vampirinho purpurinado.

    Damn! Não consigo deixar de sentir raiva… sorry aí!

    Anyway, mais um motivo pra eu não gastar meu rico dinheirinho com esse filme. Alguém me verá numa sala só se pagarem pra mim u.u

    Cheers! \o

    25/11/2009 às 9:29 am

  16. Aibell, eu sei, eu li não só o post como os comentários, mas como falávamos do Jacob, me lembrei dessa situação que me revoltou por transformar um garoto doce e determinado em um predador sexual (pedófilo), eu não argumentei para refutar alguém, eu argumentei para trazer ao debate mais um aspecto em que Jacob foi diminuído em prol do amor de Edward e Bella, somente isso, tanto que introduzi o assunto deixando claro que ainda não havia sido mencionado e falei que no fim havia saído do assunto específico do post.

    25/11/2009 às 11:52 am

  17. Bernardo

    Caramba, só eu tô com uma vontade enorme de ver o filme do lado de uma fã loka pra começar a rir e importunar a vida dela?

    Ótimo post, adorei

    25/11/2009 às 2:36 pm

  18. UAU, saber que uma pessoa que se diz não conhecer cinema teve essa percepção dessa porcaria é um alento e tanto!!!

    Eu vi o filme e ria tanto que chorava!
    Uma lover se irritou comigo (SIM EU DEMONSTRO MEUS SENTIMENTOS DENTRO DO CINEMA) e mandei um VSF (Vá Se Fu…) nela.

    Perdi dinheiro, mas ri muito. E me irritei também com essa propagação de machismo velado.

    Jesus… me salva!!!

    25/11/2009 às 9:12 pm

  19. Lisa

    Concordo.
    Mas a melhor parte, sem dúvidas, foi ver o Edward apanhando de um Volturi lá que não me recordo o nome. Não pude me conter e tive que dar risada, bem alto.

    25/11/2009 às 9:27 pm

  20. Andrey

    \o/ Ana. Um post ótimo. Lua Nova Owned. Meyer tinha que se tocar e parar de escrever. Valeu.

    25/11/2009 às 10:48 pm

  21. Ana Paula

    Eu gosto dos livros, mas concordo com todas as críticas que o blog Twilight Hateres faz aos valores que a série passa. Mas, para mim, foi pura diversão. E sim, os filmes são UM LIXO. Uma decepção.

    26/11/2009 às 2:28 am

  22. tu falou tudo o que eu pensei enquanto me torturava (infelizmente pagando inteira também pq minha fuckin carteira venceu e eu nem vi!) tentando assistir essa droga D:

    26/11/2009 às 3:24 am

  23. txê

    nunca vi uma critica tão grande a saga crepusculo e nunca gostei tanto de uma como dessa. :D
    parabéns! \õ/
    masmas faltou só uma coisa.. criticar o fato dos vampiros serem completamente imunes a macumbas. porque.. porra.. nunca vi vampiro ter reflexo em espelho, ter aparelho reprodutor ativo, brilhar, enfim.. ser imune a macumba! :D

    ah.. tipo, eu não sou team jacob, masmas entendo o seu lado.
    não é todo dia que se vê um lobo desse calibre nõn?

    masmas enfim, abraço e sucesso com o blog! \,,/

    26/11/2009 às 4:57 am

  24. Twilight Haters

    ah, txê, eu não falo nada sobre vampiros porque nem gosto deles, mesmo ahuahuah acho que sou a única da equipe que não se importa mto com o que a Meyer fez com eles, hm.

    mas ok, também adoro rir do fato de eles brilharem XD e questiono muito essa coisa de engravidar humanos, ahn. =)

    (Ana)

    26/11/2009 às 8:14 am

  25. Laís

    Adorei o post, Ana!
    E também acho que mesmo o Jacob sendo demais pra Bella, o certo seria ela ficar com ele. O cara é cheio de vida, descomplicado e engraçado; enquanto o Edward é aquele cara chato que só inventa problema, e faz tudo com seriedade.

    E agora te parabenizo por conseguir assistir o filme, duas pessoas que conheço foram assistir e dormiram de tão chato que acharam.

    o/

    26/11/2009 às 1:18 pm

  26. Na estréia de Lua Nova…
    Menininha, não mais que treze anos, toda maquiada, de salto alto e VÁRIOS posteres de Twilight em mãos, chega perto de mim – vestibulanda cansada, em véspera de FUVEST, estressada e furiosa com aquela muvuca de pirralhos em gritos no cinema, fazendo fila e diz: “AAAAAH, AQUI QUE É A FILA DE LUA NOVA? *O*”

    Eu, com aquela cara EXTREMA de TÉDIO que só um vestibulando tem: O banheiro é do outro lado. Aqui é fila de 2012. ¬¬

    Ana, sempre te digo: você é super corajosa de ter lido TODOS os livros MAIS ver os filmes. Pelo menos pagar por eles.
    E tenho dito.

    26/11/2009 às 4:28 pm

  27. Dunaz

    “O banheiro é do outro lado. Aqui é fila de 2012. ¬¬ ”
    *rolando de rir*
    oaheroaueharaerah XD A cara da menininha deve tersido impagáááááável XD ariahahriahaoi…. Diz que tirou uma foto, Tamara, por favor!!!! XD aprihaoirhaoirhhorhao…..
    Eu pretendo ver o filme assim que sair em DVD…. Eu não vou a cinemas .-.

    26/11/2009 às 4:45 pm

  28. “O banheiro é do outro lado. Aqui é fila de 2012. ¬¬ ” *depois de um século para entender* -qqqqqq
    Eu vou assistir New Moon sábado, agora é confirmado. Eu não sei PRA QUE eu quero ver, sinceramente. Ta, eu sei o porquê, é porque meu lado lover nessas horas fala mais alto ¬¬’ (eu to ANSIOSA pra ver o filme, me salvem, plz! Eu quero mas ao mesmo tempo não quero ser lover, é demais para a minha cabecinha ='()

    26/11/2009 às 6:31 pm

  29. Ana

    Tamy, eu chamo de masoquismo isso que vc chama de coragem.
    Hoje me perguntaram da minha tatuagem, se doeu pra fazer. Eu disse que siiiim, doeu muuuuito. Aí a pessoa perguntou se eu tinha outras. Eu disse que não. E… “uai, se dói mto, pq vc fez outras?”

    Masoquismo, só pode.

    26/11/2009 às 11:19 pm

  30. Amélie

    Eu tive coragem, respirei fundo 10 vezes e fui ao cinema.
    QUe saco, se soubesse, nao teria pago 10 reais para cochilar (mas meu IRMÃO tava doido para ver, e a sessao do filme Besouro já havia começado) \*uma lagrima escorre no meu rosto só de lembrar*\
    (mas acordei no momento em que a pirralhada gritava, e vi o jacob sem camisa, mas depois, fui dorimir de novo, acordei de novo com a guria do meu lado rindo da cena em que o Robert aparece brilhando…
    aff, dai, nao consegui dormir mais, pois eu tive a esperança de ver o casal sofrer, nem que seja um pouquinho, e me deliciei ao ver a JAne torturando o Ed, mas quase soltei um palavrao ao ver que ela nao conseguiu fazer nada com a Isafeia.

    27/11/2009 às 11:09 pm

  31. anrpa

    Melhor é a Meyer dizendo que está cansada de vampiros e que agora quer ficar um pouco com os seus Aliens :rolleyes: eu raxo pra caraleo.

    27/11/2009 às 11:42 pm

  32. Júlia

    Ainda bem que eu não sou a única a reparar que a kirsten não fecha a boca….kkkkkk
    E é assim em todos os filmes que ela já fez!!!
    Em minha humilde opnião acho um tremendo desperdício atores de verdade, como Dakota Fanning, participarem de algo tão ridículo e sem noção como a saga Crepùsculo. Por isso, TWILIGHT HATERS FOREVER

    28/11/2009 às 4:57 pm

  33. mari

    USHUAI muito engraçada sua ida ao cinema para ver lua nova.
    só pare de comparar twilight com xmen. pq xmen é muito superior a esse filme from hell.

    28/11/2009 às 5:08 pm

  34. Jessyca

    eu tmb fui ver Lua Nova…foi um dos filmes + engraçados que ja vi(sentia falta de ar nas cenas do Edward brilhand e quese asfiqciuei qnd o Lauret apareceu)o Taylor tava meio sem sal mesm…+ tentaram compensar dexand ele sem camisa xD(AMEI ESSA PARTE).
    fora isso normal… exceto por que … EU QUASE FUI ASSASSINADA NO MEIO DO CINEMA PELAS MINHAS AMIGAS E UMA DUZIA DE FANS HISTERICAS!!!
    motivo: eu fikei o filme td xamand o “ED” de bixa purpurinada e Sininho…xD

    28/11/2009 às 5:56 pm

  35. Eu vi Lua Nova esse sábado e super me identifiquei com seus motivos. (Pra fazer minhas amigas totalmente apaixonadas pelo Edward feliz e ver o Jake.) E de longe ele é a única coisa boa do filme. A atuação da Kristen quase me fez sair do cinema na primeira cena, e sério, ela não melhora nada no decorrer do filme. O casal principal não tem química nenhuma. Edward mais emo do que nunca. E eu quase entrei na tela pra esganar a Bella por deixar o Jake-lindo-luz-dos-meus-olhos pra ficar com aquela discoteca ambulante. (Quando o Edward tenta se matar e tira camisa, sério que ela trocou o JAKE por AQUILO? o_o ecat eterno) As cenas do Jake com a Bella, tipo a que ele sobe pela janela do quarto dela e eles se abraçam (aquilo teve alguma química) ou em algumas partes de amizade colorida que chegaram a ser fofas demais. (O pessoal do cinema já tava cansado de tantos quase-beijos oahjoipasjposajsaopsa vai enrolar um garoto assim no inferno, Bella –‘)

    PS: Cada vez que o Edward aparecia, SEM EXAGERO, todo mundo começava a gritar por uns cinco minutos. o_o Chegava a ser engraçado. Tudo bem, fangirls, eu entendo. Dava vontade de gritar quando o Jake aparecia em algumas cenas.. mais gostoso do que nunca *o*

    29/11/2009 às 8:31 pm

  36. Amélie Poulain

    Poxa Gente, eu tenho que agradecer a vcs, de verdede.MUITO OBRIGADA!!!

    É que eu estou escrevendo um livro, a personagem principal ESTAVA ficando parecida com a Bella, E eu ERA uma fã de crepusculo, nao chegava a ser uma lover (por exemplo, nao acho o Edward “perfeito” meu personagem preferido é o Caius, pois ele é um chato), mas li todos os livros e vi os dois filmes (não vou negar, eu gostei da historia em si, exceto a parte bizarra do nascimento da Renesmee e o final de Amanhecer), e nao ficava apontando defeitos, apesar de estarem claros como um dia de sol.
    Descobri o Blog de vcs quando estava pesquisando sobre as diferenças entre Stephenie Meyer e J K Rowling, e amei o artigo, meus parabens para Giovanna.
    Vcs falaram sobre todos os defeitos da Bella e do Edward e concordei com todos, sem exceção, nao passei a odiar crepusculo, mas agora eu leio os livros para apontar os defeitos e aprender com eles.
    Minha protagonista agora, está 84561564656551654654565464[…]58975231389780054646578970 vezes melhor do que antes, os outros personagens tambem, com suas proprias tramas paralelas que estao relacionadas a ela, pelo menos algumas pessoas de confiança que leram, aprovaram com louvor, mesmo com os erros cometidos em um esboço.
    Vou ler os outros artigos do blog e mais uma vez, obrigada Twilight haters pelo beneficio imenso.

    Falta pouco para me tornar Hater tambem.

    29/11/2009 às 8:46 pm

  37. Caraa, assisti Lua Nova hoje.
    Bom, quando eu assistia Harry Potter eu reclamava que os filmes não eram leais ao livro mas vendo Lua Nova eu percebi que realmente ser muito leal ao livro não cola :x tipo assim, o filme começa no prólogo e tem até os meses no meio da página (ou tela no caso né), será que teve roteiro? Eles passaram o livro pra película linha por linha :O
    Mas sei lá, eu gostei, o objetivo do filme é entretenimento e sei lá, eu me entreti (?), foi legal e o tempo passou rápido rs
    Lua Nova é o meu livro favorito não sei porque, tiop, eu leio ele distraidamente e só quando eu paro que eu me dou conta da quantidade de besteira que eu li, mas sei lá enquanto eu leio eu me distraio, em envolvo, bom, livro&filme não são obras primas, mas acho que são bons praquele domingo onde já não se aguenta mais Faustão-Gugu-SilvioSantos ou o que quer que seja :B
    Mas putz, no fim do filme eu revoltei pow :xxxx o que a Bella fez com o Jacob não se faz com ninguém :@@@@@ usa usa e joga fora, Bella vaca, me deixei levar, xinguei ela no cinema rs Como pode, o cara foi o ar que ela respira e depois ela fala “não me faça escolher, a escolha sempre será ele” aaaaaaaaaaa ele não precisava ouvir isso Bella vaca como pode alguém ser tão ingrato e desprezível? A Bella se mostrou uma pessoa sem índole e moral. Patético. Odiei. Muito. E eu nem sou Team Jacob. Mas foi imperdoável cara :x

    Pobre Jacozinho
    Amigo descartável, compre aqui :(

    30/11/2009 às 1:02 am

  38. ver o Edinho sem blusa no fim depois de ter visto o Jake o filme inteiro foi broxante sério. NINGUÉM gritou kkkkkk as minhas amigas disseram “ah é que o pessoal tá tenso” ai cara :’)

    mas o Edinho levando um cacete do rapazinho lá valeu o filme. Quando jogou ele de costas na escada cara *-* doeu em mim. E eu rindo. E a minha amiga esmigalhando a minha mão de nervosa rs

    30/11/2009 às 1:10 am

  39. PS: eu não entendi o que foi a bochecha do Ed sacudindo quando a Jane o torturou. Parecia um anzol sei lá :x foi esquisitésimo.

    30/11/2009 às 1:12 am

  40. mas o Edinho levando um cacete do rapazinho lá valeu o filme. Quando jogou ele de costas na escada cara *-* doeu em mim. E eu rindo.[2]
    Eu assisti o filme sábado. Achei muito depressivo. Minha mãe ODIOU, disse que da próxima vez é pra eu levar uma amiguinha, porque ela não aguenta não. Eu CHOQUEI com o pouco que a Dakota aparece… que desperdício, puta atriz e só aparece naqueles minutinhos? Bah ¬¬’
    O que valeu a pena (além dos lobos sem camisa)? Eu rasheei com o Mike e o Eric. Fiquei triste de não existir o Ben e a Angela continua com o Eric… Se bem que a Meyer constroi tão mau seus personagens que nem a aparência física do Ben eu sei -q
    O melhor de todo o filme foi o povo assistindo: uma mulher reclamona que saiu da sala porque o povo gritava toda hora, até aplaudiram quando ela saiu da sala e uma tal de Isabela, que sentou com suas amigas atrás de mim e minha mãe. Tava óbvio que era fangirl, mas, tipassim, ela fazia uns comentários no meio do filme que eu rasheeý demais. Tipo, comentários pervertidos, que são a minha praia, eu atorei *-*
    Ta, mas o filme é uma merda, tomar no cu ¬¬’

    30/11/2009 às 4:42 pm

  41. Natalia Oliveira

    Eu tenho – PRECISO mesmo – falar algo sobre esse post. Sério. Apesar de eu e uns amigos sermos cem por cento haters, nós decidimos assistir Lua nova. A sessão era muito mais barata que o normal, estávamos muito estressados por conta da prova do dia seguinte na faculdade, então jogar pipoca ou bolinhas de papel nas lovers durante a sessão [ignorem caso sessão aqui esteja errado] seria a glória! Mas eis que não deu certo por conta do cartão de crédito. E bendito cartão! Agora vejo que ir pra livraria foi mil vezes melhor que assistir a essa tortura.

    Quanto ao fato de o filme ter sido perfeitamente fiel ao filme só posso dizer uma coisa: faltou profundidade pna história para que o roteiro fosse algo adaptado. Se adaptassem realmente, o filme mal teria meia hora.

    Como mal tenho tempo disponível agora para comentar decentemente sobre o seu post – porque, enfim, eu tenho prova amanhã – eu quero dizer que eu gostei muito dele e me deu até forças para continuar a estudar. Ele teceu bons comentários sobre o filme, me desestressou bastante e fez o dia de uma hater feliz. xDDDDDD

    E só para que fique dito: Jacob não merecia ser parte de algo tão… inútil quanto a trama elaborada pela Meyer, porque ele é o único que se salva de todas essas criações dela, na minha opinião. Yep, não sei dos outros =DDDDDDDD

    02/12/2009 às 6:52 pm

  42. amenaske

    Mas também, vamos falar não é minha gente: a única coisa apreciável no filme é o Jake sem camisa. q +1

    Ótimo post ;D

    03/12/2009 às 7:40 pm

  43. Loucura total…em minha cabeça ?_?
    tipo “vcs” odeiam o filme, e veem e leem o filme, eu uma dita cuja q “adora” declaradamente tal saga, mas…o mundo é livre, cada 1 faz o q ker… ‘-‘

    pois é…

    sobre o filme ainda naum vi, sobre o livro naum li, so vi o filme 1º….talves esteja so de penetra aki…! .-.

    ai ai…

    Todas meninas taradas aki…kkkkkk

    por isto to jogando colheita feliz…no orkut…orkut novo sim! \o/

    1º Edward Cullen é lindo, como tantos homens no mundo.. ‘-‘
    2º Jacob tem uma esfera + animalesca, tanto como sharkboy quanto lobisomen + pra cachorrinhu da bella….

    3º Sou viciada em td, Potter, naruto, metin, colheita feliz(ja é a 2º vez q falo nisto ne?! ÇÇ)e ainda td quanto é coisa “teen”…

    ta blz…texto longo e pesimista…o laia..!

    mas…o mundo é livre.. *-*

    Bjs a todos…!

    04/12/2009 às 5:31 pm

  44. Twilight Haters

    KubotaNaya,

    eu sei que isso soa rude, mas eu acho que ninguém está interessado no que você faz no seu tempo livre. talvez você pudesse escrever essas coisas em outro lugar.

    mas acho legal que você não tenha nada pra dizer.

    (Anísio)

    04/12/2009 às 6:33 pm

  45. anrpa

    ^ Anísio sempre acabando com a festa de lovers, tsc… /raxey

    05/12/2009 às 1:26 pm

  46. Mariana

    Concordo e discordo que alguns pontos, mais como são muitos, vou citar apenas três:
    Também sou muito Team Jacob, e apesar de achar que o Taylor não passou todo o Jacob pro filme, ele foi o que se saiu MENOS mal.
    Discordo quando você diz que vai ao cinema esperando uma ADAPTAÇÃO, eu sou muito ligada à livros, é uma coisa que sempre se fez presente em minha vida, portanto, quando vou ao cinema ver um filme que venha de um livro, gosto de ver passagens fiéis, com seus cortes sim, mais ainda assim, fiéis e precisas.
    Também DISCORDO TOTALMENTE E ABSOLUTAMENTE quando diz que Dakota Fanning foi “rebaixada”, fazendo um papel secundário. Essa menina, para mim, não tem nada de especial. Nem rosto, nem voz, nem atuação, nem capacidade, nem habilidades, nem absolutamente nada. Dos péssimos atores que Hollywood já criou (Tom Cruise, Scarllet Johansson e tantos outros) Dakota Fanning é uma das piores.
    Enfim, já li a série toda e posso com certeza dizer que NÃO é literatura. É só um peso para papel.
    (Apenas assisti o filme na estreia porque a menina da qual eu gosto muito me pediu).

    06/12/2009 às 12:08 am

  47. Twilight Haters

    Mariana, eu respeito sua opinião, principalmente sobre a Dakota Fanning (confesso que só assisti A Menina e o Porquinho ou qualquer coisa tipo isso, com ela), mas bato muito o pé com essa coisa de adaptação.

    Também amo livros e gosto “o suficiente” de cinema, hahaha. Como disse no começo do post, eu sou quase-graduada em Letras (mais uma semana e termino a faculdade, brasil!), não entendo muito de cinema, mas tive aí algumas aulas de linguagem cinematográfica e vi um pouco sobre literatura e cinema em outras aulas aleatórias e, bom, confesso que não absorvi muita coisa e o fato de não ser lá muito fã das literaturas contribuiu muito pra isso – gosto de ler, mas detesto análises e teorias literárias -, mas captei o suficiente pra não me contentar mais com adaptações fiéis. Confesso que ainda me frustra um pouco terem cortado algumas passagens de Harry Potter e que nunca superei totalmente a falta do capítulo d’O Expurgo no Condado, totalmente excluído de O Senhor dos Anéis, maaaaaaaaas hoje eu entendo que tem muita coisa na linguagem “literária” que não cabe no cinema, e vice-versa. Ok que não é o caso da Meyer, nem de outros como Dan Brown e tal, mas imagine pegar um livro tipo O Apanhador no Campo de Centeio e ver um filme totalmente fiel. Ia ser um porre e ia ser tipo “por que diabos alguém fez um filme com uma história idiota dessas?”

    Digo, o que eu quero dizer é que alguns livros meio bestas (tipo os da Meyer) até permitem que o roteiro seja praticamente igual ao livro, mas muitos exigem adaptação pra fazerem sentido. E nem precisa ir mto longe: creio que A Menina que Roubava Livros se encaixa nesses que precisam de adaptação, porque o livro tem alguns recursos narrativos atípicos de bestseller. Então… a coisa é mais ou menos por aí. Me irrita ver que, de certa forma, o roteirista nem se deu ao trabalho árduo de tentar transformar a bomba que é Crepúsculo (a saga) em filmes razoáveis. Não que tivesse como, eu acho, mas, né.

    Não sei se fui clara ._. se não fui, desculpe.

    (Ana)

    06/12/2009 às 2:18 pm

  48. “Enfim, já li a série toda e posso com certeza dizer que NÃO é literatura. É só um peso para papel.
    (Apenas assisti o filme na estreia porque a menina da qual eu gosto muito me pediu).” Só não é um ‘[2]’ porque eu fui na estreia porque minha amiga super fã lover me arrastou pra lá (isso em Twilight)
    Ani arrasando com o povo *-*

    07/12/2009 às 8:13 pm

  49. Letícia

    Eu assisti NM na estreia, e o filme ficou bem melhor que Twilight, apesar de não superar o livro. Maaaaas…
    1º: Até hoje não me conformei com o fato da Bella trocar o Jake pelo Edward.
    2º: Também não me conformei com o Jake se apaixonar pela Bella (ela é boba, ele é mara).
    3º: Cada vez que o Edward tirava a camisa ou aparecia, as lovers gritavam. E com o Jake era a mesma coisa (ok, esse merecia).
    4º e pior: No final, quando Edward pede Bella em casamento, eu deixei de ser fã e voltei a ser normal: aquela cena fucking from hell me deixou mais acabada que se eu tivesse levado uma surra. E as lovers (ou melhor, as posers) ficaram gritando, como se aquilo fosse tudo de bom! E eu lá, com vontade de vomitar.

    08/12/2009 às 1:13 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s