2 Anos trazendo a lógica!!

(Mais) Verdades sobre Crepúsculo.

Oi, eu sou o Goku a Kisa, esse é o meu primeiro post e blablabla. Estou passando aqui só para repassar mais uma crítica do digníssimo Rafael Kato, que está precisando urgentemente de um post-homenagem aqui nesse blog por ser a voz da razão na mídia, e um ser que, assim como a Lily, eu super gamei em.

Como a crítica em si é uma delícia e bem mais interessante do que a minha falação, vamos aos fatos (o link para o original está no título da crítica):

Continuação de “Crepúsculo” repete fórmulas clássicas das histórias de amor

“Lua Nova”, novo livro de Stephanie Meyer, traz lamentações de Isabella Swan, personagem central, depois de ser abandonada pelo vampiro Edward Cullen.

“Lua Nova” é o livro que dá continuidade ao best-seller “Crepúsculo”. No Brasil, a obra já vendeu 120 mil exemplares e promete continuar o sucesso no mercado abusando dos clichês românticos para conquistar as paixonites teens. Na história, Isabella Swan, a personagem principal, sofre pelo abandono de seu amor, mas também revela um caráter egoísta e mesquinho.

(Cuidado, este texto possui spoilers)

Se em “Crepúsculo” o amor entre Isabella (ou Bella) e Edward termina como um conto de fadas, então é neste segundo episódio da saga que o amor se transforma em agonia. O vampiro deixa sua namorada após ela ser atacada por Jasper, um dos irmãos dele.

O rompimento entre ambos é trágico e tem o sombrio bosque como paisagem. Bella fica arrasada e não tem forças para caminhar até sua casa. Se perde na floresta e é resgatada pelos amigos de seu pai. Para os leitores, este é o início de mais de 200 páginas de lamentações escritas em primeira pessoa.

Deste modo, a citação inicial de “Romeu e Julieta” (que está incompleta) não mostra nenhum pouco o comportamento da personagem. A frase inteira é: “Essas violentas alegrias têm fim também violento, falecendo no triunfo, como a pólvora e o fogo, que num beijo se consomem. O mel mais delicioso é repugnante por sua própria delícia, confundindo com seu sabor o paladar mais ávido. Tem, pois, moderação, que o vagaroso, como o apressado, atrasam-se do pouso”. Moderação é uma palavra fora do dicionário de Bella Swan.

A garota sente um “buraco” em seu corpo e não tem vontade para mais nada. Perde os amigos e torna-se um vegetal na chuvosa cidadezinha de Forks. Consumida pela dor intensa, a personagem só se sente melhor quando ouve a voz de Edward, uma alucinação que só acontece quando realiza algo perigoso e de alta adrenalina.

É nesse momento que surge Jacob Black. O garoto da aldeia indígena se transforma no único parceiro de Bella, além de ser o responsável por boa parte das descargas emotivas que provocam alucinações. No entanto, isso traz à tona o lado egoísta da personagem, uma vez que ela usa Jacob como um instrumento para se sentir melhor ouvindo a voz de Edward. 

Bella, mesmo sabendo que o garoto nutre por ela grande amor e admiração, continua a visitá-lo e realimentá-lo com esperanças de um futuro como namorados. A garota nunca o respeita e tampouco o entende por aquilo que ele realmente é, mas o usa para servir aos seus desejos mais íntimos.

Ela também usa Jacob como seu protetor, já que ele e seus amigos, ao se transformarem em lobisomens, são os únicos que podem combater a vampira Victoria, que volta no segundo livro para tentar matar Bella, vingando a morte de James, o sugador de sangue que fora morto por Edward em “Crepúsculo”.

Vale lembrar aqui que toda a versão da história é contada do ponto de vista de Bella, então, obviamente, as recaídas e insinuações para Jacob são excluídas, embora apareçam discretamente nos diálogos com outros personagens. 

Jacob também é usado como um instrumento pela autora Stephenie Meyer. Seu personagem é como uma pedra jogada para o alto: sai do repouso absoluto, depois alcança o topo para cair novamente. Se Jacob representa a falta de ética de Bella, no casa da autora é, de certo modo, falta de técnica narrativa. O garoto cai no completo ostracismo na parte final, assim como Victoria, que alimenta boa parte da tensão do livro. O grande amigo desaparece do mesmo jeito que a inimiga, que ocupou cerca de 130 páginas da obra.

Tudo isso para dar lugar ao retorno de Edward. O vampiro acredita que Bella Swan se jogou de um penhasco para se matar, e não por pura diversão, como foi o caso. O personagem fica transtornado e decide recorrer aos nobres vampirescos, pois eles são os únicos que podem acabar com sua semivida.

Bella, ao saber dos planos de seu amado, viaja até a Itália para impedir Edward e mostrar que ainda está viva.O resultado é que os nobres, conhecidos como Volturi, descobrem toda a história e decretam que Bella deve ser transformada em vampira no prazo mais curto de tempo (tema que se arrasta nos outros livros da série). 

A garota aceita Edward de volta como seu namorado, depois de uma grande desculpa esfarrapada. O vampiro diz: “Menti para salvá-la, e não deu certo. Perdoe-me (…) como pôde deixar que uma palavra anulasse sua fé em mim?”. No fim, Edward, o Romeu, não tomou o veneno, e Bella, a Julieta, não se apunhalou. Quem morre é o leitor, ao ver as idéias de Shakespeare serem banalizadas e reeditadas de forma pueril.

O ponto positivo é que “Lua Nova” possui uma melhora estilística em relação a “Crepúsculo”. Colocar os nomes dos meses, centralizado em uma página, é uma boa saída para dar ao leitor a sensação de passagem do tempo. No entanto, a atmosfera de tensão desaparece e a monocórdia de Bella se arrasta em quase todo o livro.

O segundo livro, assim como “Crepúsculo”, reforça a idéia de que o verdadeiro herói da série é Edward. Seu afastamento temporário da trama é típico das histórias clássicas, pois após o retorno volta mais forte e preparado. Edward se torna mais resistente ao atraente cheiro do sangue de Bella.

Não é por acaso que meninas do mundo inteiro se desmancham ao ouvir o nome do personagem e atacam Robert Pattinson, ator que vive Edward nos cinemas. A única atitude anti-heróica do personagem foi mentir, mas rapidamente justificou suas ações por motivos maiores: o amor.

Só o tempo será capaz de dizer se a história de amor entre Edward e Bella sobreviverá para as próximas gerações, assim como “Romeu e Julieta”. A aposta é que seja apenas um marco de uma geração. Adolescentes ávidos por um romance verdadeiro e puro, maior que um simples beijo numa noite de balada.”

Não existem palavras para descrever a awesomeness dessa crítica. Foi simplesmente o maior epic win já presenciado por um ser humano, e o Sr. Kato com certeza tem a minha admiração.

Mas, como o melhor de uma crítica vem dos comentários das twihards alucinadas por alguém simplesmente expressar uma opinião racional, que não ponha a deusa Meyer num pedestal e que, de modo geral, diga que Twilight e suas sequências são livros feitos pra menininhas suspirantes de 14 anos, com hormônios demais e neurônios de menos que sonham em namorar o bonitão do terceiro colegial, presentearemos os leitores com algumas pérolas tiradas do comentário da matéria:

“(…) e outra, eu li shakespeare, li emily brontë, e vários outros autores consagrados pela literatura, porque eles eram sitados na série de crepúsculo e me interessaram, então para de criticar sem estudar e vai você procurar um amor pra depois você falar com consciência sobre os sentimentos de Bella.xau”
por Luiza

preciso comentar o “sitados”? só isso já é comentário o suficiente. Sitados.  E, novamente, elas falam como se quem não gosta de Twilixo não passasse de brutos que nunca amaram. For God’s sake, eu tenho 17 anos, já tomei vários tocos na vida e não, não é esse dramalhão mexicano que a mórmon não-comida descreve.

“Caro Rafael Kato, sinto-lhe informar que você perdeu uma grande oportunidade de ficar calado. Leia todos os livros com atenção para depois tecer suas opiniões. Outra grande dica é: ame alguém (como eu amei) e seja abandonado por essa pessoa (como eu fui), e você verá que cada palavra de dor descrita por Isabella Swan será como se você tivesse escrito.”
por Patrícia

De novo. Elas estão ficando cansativas.

“ALIENADA E SUA BUNDA ! SEU IDIOTAA … ELAS TAO CERTA ESSA LULU E A OUTRA TBM TAO CERTTAS AGENTE E FA DELApor que ama crepusculo e tudo que tem a ver om crepusculo agente ama maior fa tbm ¬¬ e tds tao certas seu idiota se vce nao gosta nao leia nao critique e nao fala … e outro vai arranjar uma coisa melhor pra fazer tipo cagar ¬¬!”
por Juliana

Dou início aqui às campanhas “LARGUE TWILIGHT E VÁ ESTUDAR PORTUGUÊS” e “EDUQUE SEU FILHO, O MUNDO NÃO MERECE MAIS CRIANCINHAS MIMADAS”.

Não há limites para a alienação dessas meninas, e é um alívio saber que ainda existem pessoas que conseguem expressar uma opinião racional, sem medinho de pitis de adolescentes mimadas. Novamente, agradecemos a ele por, indiretamente, expressar nossas opiniões, ainda mais em um veículo tão grande quanto o site da Abril. Tudo de bom para ele.

E uma imagem fofinha pra não deixar só texto, mas que ilustra bem nossa opinião sobre tudo o que foi dito:

Owned. Pura e simplesmente.

Owned. Pura e simplesmente.

x0xo,
Kisa.

Anúncios

43 Respostas

  1. Giovanna

    KISOOONNN!!!!FINALMENTE UM POST SEEU (L)(L)(L)(L)(L)(L)!

    Bora postar mais, hein???És uma de nós don’t forget it!!

    Meu, nada a declarar. Owned dos owneds!!!
    Rafael Kato…CASA COMIGO, OMG!!!

    Parabéns pelo post, Kis (L)!!!

    =***!

    29/09/2009 às 2:20 am

  2. Rin

    Oie! Caramba eu li a entrevista! O cara simplesmente Ownou tudo! Eu já tinha perdido minha fé na mídia, mas depois dessa critica recuperei parte dela xD O pior é ler os comentários que as “fãnzitas” deixam… Fãs de Twilixo na sua grande maioria (99.8%) não tem argumentos.

    A adorei a imagem também xD

    29/09/2009 às 9:16 am

  3. Ana

    “Caro Rafael Kato, sinto-lhe informar que você perdeu uma grande oportunidade de ficar calado. Leia todos os livros com atenção para depois tecer suas opiniões. Outra grande dica é: ame alguém (como eu amei) e seja abandonado por essa pessoa (como eu fui), e você verá que cada palavra de dor descrita por Isabella Swan será como se você tivesse escrito.”
    por Patrícia


    Ok, essa merece comentário à parte.
    Eu já amei alguém ASSIIIIM [risca]adolescentemente)[/risca] absurdamente demais. E não larguei meus amigos depois, não andei como zumbi por aí, não tentava ouvir a voz dele insanamente… arranjei outros namorados depois e hoje o EX-amor é só um amigo por quem tenho consideração. End.

    Pronto…
    No mais, só discordo da crítica qdo ele diz que Jacob foi igual Victoria… aparece, aparece e some do nada. Porque o que a Meyer fez com ele, blargh, não se faz nem com um personagem, a menos que a história seja sobre alguém sem caráter nenhum. E NADA que nenhuma fangirl imbecilóide disser justifica isso. u_u

    Eu tomei como ofensa pessoal o final de Lua Nova, cara.

    29/09/2009 às 10:20 am

  4. Betynha

    Gostei da matéria da Abril, gostei do post e gostei mais ainda dos comentários das fãs.
    É tão triste perceber que a Meyer está contribuindo para um mundo mais insuportável. Ao mesmo tempo, acho hilárias essas reações, porque só assim a gente descobre as pessoas.
    Thanks God, eu consegui converter minha prima. Ela leu, mas não se convenceu! \o\~

    E viva à resistência! Nada de twicrap na vida! \o]

    29/09/2009 às 11:25 am

  5. MG!
    Esse homem tem o meu respeito!
    Concordo com cada uma das suas palavras, finalmente!
    Já fazia falta um artigo assim.
    Obrigada por colocares a notícia aqui Kisa. ^^

    29/09/2009 às 12:07 pm

  6. jessica m.

    minha parte favorita sempre é a dos comentários das fãs n00bs, mas caraaaaaajo, tirei meu chapéu pra esse cara! palmas palmas u_u
    belo post, kisa uhul, belo primeiro post :3

    29/09/2009 às 12:30 pm

  7. Livia

    Ótimo post.
    E olha que a crítica neeem foi das piores. Cara, essas fãs dão cada vez mais medo. Meyer tá simplesmente dominando o mundo com aquela porcaria.
    Ainda bem que tem gente que ainda resiste. Se não já era. ¬¬’

    29/09/2009 às 12:47 pm

  8. Twilight Haters

    AEAEAE! Rafael Kato se tornando divo dos haters, koe! Eu até já avisei ele do novo post daqui, pra ele ver. Da última vez, ele saiu com uma hater querendo pegar ele. Será que ele vai mais longe agora? O.O

    E mano, eu PRECISO conhecer esse cara. Ele é um jornalista que me entende. E o melhor, trabalha na Abril. Quem sabe ele me arranja um trabalho e -N! Ou -S? Ah, tanto faz. Ele ganhou minha admiração como jornalista. E ele já viu o Gay Talese de perto. Ai, que inveja!

    “Jacob também é usado como um instrumento pela autora Stephenie Meyer. Seu personagem é como uma pedra jogada para o alto: sai do repouso absoluto, depois alcança o topo para cair novamente. Se Jacob representa a falta de ética de Bella, no casa da autora é, de certo modo, falta de técnica narrativa”

    TOMA, MEYER! TOMA, TOMA, TOMA, TOMA! *sai dando tabefes que nem uma louca*

    “A garota aceita Edward de volta como seu namorado, depois de uma grande desculpa esfarrapada. O vampiro diz: “Menti para salvá-la, e não deu certo. Perdoe-me (…) como pôde deixar que uma palavra anulasse sua fé em mim?”. No fim, Edward, o Romeu, não tomou o veneno, e Bella, a Julieta, não se apunhalou. Quem morre é o leitor, ao ver as idéias de Shakespeare serem banalizadas e reeditadas de forma pueril”

    Eu conto pra ele que a Meyer já achou o casal dela melhor que o Edinho/Cisne?

    Lily

    29/09/2009 às 1:20 pm

  9. Kisa, rasheei com o “Oi, eu sou o Goku” Eu era muito viciada em Dragon Ball quando criança e… Ta, isso não tem nada a ver com o assunto ¬¬’
    O estranho de tudo é que antes de entrar no pc, eu estava lendo New Moon (como o meu pc é lerdo pra ligar, eu fico lendo NM pra passar o tempo), e estava bem na parte da desculpa esfarrapada do Edinho. Quer dizer, “Eu te abandonei, fudi com a sua vida, mas fiz tudo isso por amor” WTF?! A Bella devia era bater nele, isso sim. Opa, esqueci que ela não tem personalidade e não faz nada sem a permissão de seu homem purpurina -qq
    Mais estranho ainda é que quando eu leio New Moon eu gosto, só depois que paro de ler o livro que percebo o quão idiota é –‘

    Essas fãs são o fim do mundo, uma das razões para meu lado lover ir diminuindo mais e mais (y)

    Fui procurar umas fotos do Rafa (íntima -n) no Google… Ele é gatinho e ainda não tem vergonha de dizer que Twilight é lixo *-* Perfeito que nem o Edward, só falta brilhar, chupar sangue de animal e ter um amor obsessivo por mim (y) Eu queria que ele me pegasse, mas aí seria pedofilia =(

    29/09/2009 às 1:48 pm

  10. Dannie

    Rafael Kato se tornando divo dos haters [2]. ADOREI, acho que vou imprimir e distribuir na escola. Serio, estava selecionando o q + gostei pra por aqui, mas a critica merece um [2] em tudo. ta EXCELENTE. Mas uma tenho que manter:
    “A garota sente um “buraco” em seu corpo e não tem vontade para mais nada. Perde os amigos e torna-se um vegetal na chuvosa cidadezinha de Forks. Consumida pela dor intensa, a personagem só se sente melhor quando ouve a voz de Edward, uma alucinação que só acontece quando realiza algo perigoso e de alta adrenalina.” – Vozes na cabeça, alucinações etc ou é esquisofrenia ou é cancer no cerebro. Talvez a Bella, a Meyer e as fãs loucas devessem procurar um bom neurologista, que com certeza estão precisando. Isso explicaria muita coisa.
    Resumindo: O cara simplesmente Ownou tudo! [2]

    29/09/2009 às 2:04 pm

  11. JuLLiana

    Eita vergonha, ainda bem que meu nome é com dois L e não posso me considerar xará dessa última HAUAHAUHAUHAA. Cara eu já tomei muitos chutes nessa vida, mas em nenhum deles eu reagi como a Bella monga, sabe? Com eles eu aprendi a seguir em frente e a evoluir (coisa que essas fãs malucas jamais conseguirão). Cara! Tentar se matar por causa de um cara? É o fim gente, vão para um psiquiatra se tratar, vocês precisam de ajuda para se amar mais, principalmente se sentirem como a Bella, ela é doente (sério) :D

    Acho que nem dá para discutir com as fans, elas falam por si próprias quando escrevem de tal forma e utilizam seus vários (cof cof mentira cof cof) argumentos contra nós… Ai, ai… Eu morro de rir dessa raça :D

    29/09/2009 às 2:10 pm

  12. As Fãs de Twilixo me deixam besta. -s
    Eu sei o que é tomar chute, e te digo, NÃO É ESSE DRAMA TODO!
    A Bella é exagerada sim, eu já li e sei! (sim eu li, ME MATA?)
    Ela é dramática, depressiva e estupidamente apaixonada (ou seria estupidamente tosca?).
    E quer saber? Boa parte de vocês que se dizem ‘grandes fãs’, daqui a uns anos vão achar tudo tão tosco e besta que vão pensar: “Como fui insana ao ponto de gostar dessa saga?”

    A Stephanie não sabe escrever, ela criou a Bella como uma versão dela adolescente em aspectos físicos. E pra se copiar para um livro é realmente falta de criatividade, será que ela não podia fazer pelo menos a principal uma coisa extremamente nova pra ela?
    Não, isso deve ser difícil pra uma adulta com mente de adolescente besta e apaixonada. -q

    29/09/2009 às 3:29 pm

  13. amenaske

    Já levei chutes: Tô vivaça, bjs 8D
    Bella é exagerada, ninguém morre por amor, pronto, falei. Ninguém tem um buraco no corpo por amor. Se ela tivesse, já estaria morta(utopia! ._.)
    Rafael, bjs e me liga, hein. Jogou Twilight no lixo com classe.

    29/09/2009 às 6:15 pm

  14. rowlinglovers

    AHHHHHHHH
    Cara, eu amo esse blog! sou leitora assídua!
    nunca deixei um comentário, mas agora que deixo um, digo logo: vocês são demais e esse post tá maravilhoso!

    -Thaís

    29/09/2009 às 7:55 pm

  15. Eu já tomei chutes fictícios, serve? /aquela que morre de medo de levar toco e SE DÁ tocos para nào sofrer q.
    brinks. Já tomei altos tocos e, OI, to viva e muito bem, aliás, agradecendo pela maior parte dos tocos e me valorizando bem mais!

    E que droooga! Eu esqueci de comentar logo que saiu o post ¬¬
    KIS! FICOU MARAVILHOSO!

    “Oi, eu sou o Goku” – MANO, EU TO RINDO ATÉ AGORA! É MELHOR QUE “RONAALDO”.

    29/09/2009 às 9:08 pm

  16. anrpa

    “No fim, Edward, o Romeu, não tomou o veneno, e Bella, a Julieta, não se apunhalou. Quem morre é o leitor, ao ver as idéias de Shakespeare serem banalizadas e reeditadas de forma pueril.” <- só isso acabou com Twilight, New Moon e a merda toda (saga). Rafael Kato se tornando divo dos haters [3] Mas, eu ri com o 'Oi, eu sou o Goku' e com os comentários acéfalos das fãs -k

    29/09/2009 às 9:49 pm

  17. Julia

    Meu Deus, amei todo o post! *–* Rafael Kato simplesmente disse tudo o que os haters acham e finalmente alguém na mídia critica essa obra que só tem fãs alienados (me refiro as pessoas obcecadas). Não tem nem o que dizer, é só olhar os comentários indignados das fãs que não sabem argumentar… e outra coisa: quem não sabe o que é amor são essas loucas que acham que amar é se jogar de um penhasco, ou sentir um “buraco” no peito. Antes de tudo é preciso aprender a se VALORIZAR, não importando o quanto se gosta de alguém. Amor não é pra ser algo doentio, é pra ser algo saudável e bom, é claro que nem sempre dá certo, mas a vida continua. Então só me resta dizer as lovers: CRESÇAM! bjs!

    30/09/2009 às 12:56 am

  18. Twilight Haters

    Fiquei curiosa e fui fuçar foto também. HAHAHA
    To na fila do “Rafael pegael” já, oks, pq ele é realmente gatchénho (se foi quem apareceu na busca, né?).

    E Lils, não entendi isso aqui: “Da última vez, ele saiu com uma hater querendo pegar ele. Será que ele vai mais longe agora? O.O”
    Comasséééém, uma hater querendo pegar ele?!

    30/09/2009 às 9:42 am

  19. jessica m.

    OFFÃO: esse rafael kato é muito gatcheeeeeeenho, alguém mais achou? :~

    e assumo que tô até agora de boca aberta com a matéria D: to rindo até agora, o cara ownou geral

    30/09/2009 às 11:26 am

  20. Twilight Haters

    Se o Rafael Kato que apareceu no meu Google foi igual ao de vocês, sim, é ele! Bem, pelo menos é a imagem que tá no Twitter dele, sabe como é.

    Enfim, explicando pra Ana… no último post, teve a Anne que disse “RAFAEL, PEGAEL”. Nesse ele já conseguiu… algumas… fãs?

    Twilight Haters: te transforma num ídolo de meninas decentes!

    Lily

    30/09/2009 às 4:37 pm

  21. Twilight Haters

    Ah, então deve ser o mesmo, Lils ahuahuahua

    Pô, faço coro com a Anne: RAFAEL PEGAELL

    30/09/2009 às 7:29 pm

  22. Narcisa Le Fay

    [quote de um comentário no site da Abril] Nós adolescentes, porque eu tenho 17 anos, não queremos “um romance verdadeiro e puro, maior que um simples beijo numa noite de balada.”, quando queremos isso, vivemos isso, acho que você e
    stá muito mal informado sobre a juventude brasileira [/quote]

    Alguém, POR FAVOR, ensina PORTUAÇÃO E CONCORDÂNCIA as lovers?E alguém me explica o que elas querem em um namoro? Porque, oi, eu fui chutada e estou muito bem, obrigada. Céus, um fim de namoro NÃO siginifica fim da vida.

    E antes que falem algo, não sou mal amada, gorda ou feia u.ú

    Amei a reportagem *.*. Sr Kato ganhou meu respeito /o/

    Beijos^.~

    30/09/2009 às 7:44 pm

  23. Veh

    Ah, adorei a crítica. Se bem que, na minha opinião, ele foi leve demais; mas, ainda tem o fato de que ele não pode esculachar muito.

    Sobre as fãs… pff

    30/09/2009 às 9:27 pm

  24. Jéssica Laine

    gostei da foto do gatinho xutando rsrsrs
    e sobre as lovers? nem ligo mais
    *riso

    01/10/2009 às 4:26 am

  25. Jéssica Laine

    nossa quanta puxaçao de saco pra esse Rafael hein
    kkkkkkkkkkkk

    01/10/2009 às 4:28 am

  26. ritah

    Rafael Kato se tornando divo dos haters [4]
    Que matéria mais ownante! Disse tudo!
    Já tive algumas desilusões amorosas e pelo amor à santa! Aquela Bella Cisne é uma exagerada dramática de primeira. Eu segui em frente e aprendi MUITO e amadureci MUITO com essas desilusões, ao contrário da Cisne.
    E DEUS! Porque raios ela irá aceitar o Edward de volta depois de tudo? Ah, pois é… estamos a falar de Bella Swan.

    02/10/2009 às 8:58 pm

  27. anrpa

    Por que a Bella aceitou o Edward de novo? PORQUE ELE BRILHA NO SOL -n

    02/10/2009 às 10:07 pm

  28. Engraçado, já levei muuuuuito fora na vida, já fui fangirls e NUNCA fiquei nem catatônica nem suficientemente estúpida pra errar tanto o português.
    O que será que eu tenho de diferente da Bella e das fangirls. Ah, sim, um cérebro.

    02/10/2009 às 11:54 pm

  29. “Mórmom não-comida”, hehehe

    05/10/2009 às 2:18 pm

  30. mariane

    Rafael Kato é demais UIHSAUSUAIHIUA porque essas meninas nunca aceitam as criticas? assumam logo que gostam de um lixo. -err

    e só sabem dizer pra pessoa ‘amar alguém e ser deixado’ pra saber como é… aff… como se elas tivessem muita experiência sobre isso…
    \o\ ótimo post. :]

    05/10/2009 às 3:35 pm

  31. Letícia

    Eu discordo de vocês haters. Eu amo Twilight, mas não deixo de viver a minha vida. São livros que incentivaram meu autoconhecimento e me fizeram flutuar nas asas da história. Mas vamos aos pontos em que discordo.
    A Bella tem opinião própria sim. Leiam Amanhecer e verão.
    O Edward não é perfeito. Como vocês podem considerar alguém que quer casar e não liga para o orgulho e a opinião de sua amada perfeito? Ainda assim, ele realmente não existe. Mas eu conheço melhores. E prefiro o Jacob, diga-se de passagem.
    E, quanto ao que vocês acham das fãs, eu sou uma boa aluna, quero ter uma carreira, ser independente, e alguns dos meus piores pesadelos são me casar e me apaixonar.
    Ah, e desculpem por invadir o site de vocês e falar bem de algo que vocês odeiam. É que eu tinha que expressar minha opinião.

    11/10/2009 às 9:35 pm

  32. Tudo bem, eu nunca postei e poucas vezes comento. Mas não sei se lembram do perolas internas que eu postei algo útil lá.
    Bem, Letícia, eu não quero lhe ofender primeiramente, mas a desculpa que você deu 10% das fãs dizem o mesmo, o resto é fake.
    Alias, por falar em fake… Eu não escuto mais falar de Crepúsculo como antes… O que aconteceu com a “melhor obra do mundo”(never =P)? O melhor livro de vampiros da historia(Bram Stoker deve gritar no inferno) da fantástica SM? Eu juro que iria durar mais que um ano. Por eu pelo menos, reparei uma significativa queda na popularidade do livro, e os únicos comentários que escuto atualmente, são sobre como o livro é uma merda.

    12/10/2009 às 5:08 pm

  33. Carol L.

    Enfim, sobre o artigo só duas palavras: LOL e OWNED.
    Rafael Kato largou a onde “ownar sutilmente” e foi direto. Gostei. Válido :D
    Eu sou fã (e ao mesmo tempo falo muito mal de Twilight, não me entendendo, beijos .-.) e percebo a droga da escrita da SM e como ela cita os clássicos da literatura tão levianamente. ELa ainda tem muito o que aprender rs
    Sobre a questão das fãs alok, elas têm de aprender que jornalistas ganham pra fazer o seu trabalho, e às vezes o trabalho é discorrer sobre determinado assunto mostrando seu ponto de vista. Que, surpresa, nem sempre é igual ao delas.

    E quanto a amar, duvido que os haters nunca tenham amado, e é bem possível que muitos amem.
    Felizmente nem todo mundo ama de forma doentia, né? :*

    12/10/2009 às 9:07 pm

  34. Letícia

    Eu concordo quando dizem que os haters também amam Twilight, pois o ódio é uma forma de amor. E também concordo com alguns que dizem que existem fãs chatas, burras e neuróticas, mas a maioria dessas “fãs” são posers.

    18/10/2009 às 2:02 pm

  35. Val

    “[…] que não ponha a deusa Meyer num pedestal e que, de modo geral, diga que Twilight e suas sequências são livros feitos pra menininhas suspirantes de 14 anos, com hormônios demais e neurônios de menos que sonham em namorar o bonitão do terceiro colegial[…]”

    er…eu tenho 14 anos e não gosto de “Toalete” *tenso*

    mas eu gostei da crítica :)

    19/10/2009 às 4:00 pm

  36. Letícia

    Eu também tenho. E não sonho em namorar ninguém, sonho em fazer a faculdade. Gosto de Twilight, mas não sou uma menininha acéfala que fica escutando pagodes melosos e chorando porque fulano não me ama.

    29/10/2009 às 10:02 am

  37. Luiza

    Meu nome é Luiza, mas porfavor não me confudam com a lover ali do post. Adorei a crítica, adorei os comentários. Adorei o post como um todo. Tá, eu tenho doze anos e nunca ameeeeei profundamente. Mas tipo, mesmo que o doa tanto assim levar um pé na bunda, eu conheço muita gente que se levantou e seguio em frente. E mesmo que fosse impossível seguir em frente, o livro não foi bem escrito. A escritora nãso tem um grande vocabulário, não muda a descrissão dos personagens(para nos dar mais detalhes sobre estes) Não é um livro bom. Deixou de fato uma geração marcada, mas não foi positivamente. Continuem odiando twilixo porque vocês “owned”

    P.S.: Esta precisando de adeptos das suas campanhas (“LARGUE TWILIGHT E VÁ ESTUDAR PORTUGUES” e “EDUQUE SEU FILHO, O MUNDO NÃO MERECE MAIS CRIANCINHAS MIMADAS” pois bem, aqui estou eu, totalmente adepta a estas camapanhas.

    01/11/2009 às 9:55 pm

  38. Letícia

    E eu, mesmo sendo fã, também participo dessa campanha.

    02/11/2009 às 2:59 pm

  39. Vader

    “Eu concordo quando dizem que os haters também amam Twilight, pois o ódio é uma forma de amor. E também concordo com alguns que dizem que existem fãs chatas, burras e neuróticas, mas a maioria dessas “fãs” são posers.”

    Porra, então 99% das fãs de twilight são posers!

    13/11/2009 às 1:43 pm

  40. LiNiNhaah

    EU AMEY!
    Amey!AMEY!

    Vou me auto declarar pra esse cara, FINALMENTE alguém ilustre com alguma importância além de nós que não somos de uma revista não gosta de Twi e não é hipócrita! VC TEM MINHA ADMIRAÇÃO!

    É tão legal ver as lovers comentando, elas são tão burras XD Eu adoro gente burra, elas fazem meu dia feliz

    Enfim, estou desejando que chegue meu aniversário, chegue meu aniversário, porque o simples fato de vc ter 14 anos te faz ser plocamada alienada extremamente psicótica sem cultura

    23/04/2010 às 4:29 pm

  41. nanda

    eu tenho 19 anos e sou casada faz um ano ja.
    e eu entendo a Bella (li todos os livros da saga)
    só quem ama verdadeiramente sabe a dor de perder ou até mesmo brigar com quem se ama.
    eu não sabia mais tem gente q morre de amor sim!
    concordo q a bella e extremamente obsecada pelo Edward (mais quem já não foi loucaa por alguém)
    mais eu gostei da Bella ser assim,quando se ler esses outros livros de romance, so se ver aquelas meninas q amam na medida certa…a bella é diferente! ela ama demais como muitas mullheres no mundo TODO.

    bjus

    05/05/2010 às 3:34 pm

  42. Twilight Haters

    Nanda, acho que você precisa ler mais histórias de romance, sem ofensa.

    O que mais existe por aí é amor doentio e possessivo. A diferença é que quando a história é bem escrita, os personagens sofrem as consequências de um amor destrutivo desses. A Bella não.

    E nós, homens, também amamos. Bjus pra você também.

    (Anísio)

    05/05/2010 às 8:02 pm

  43. Pingback: Twilight Haters BR – como tudo começou e porque tudo continua « Twilight Haters Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s