2 Anos trazendo a lógica!!

Verossimilhança e Twilight

Verossimilhança: a razão de Twilight ser ridículo

“A nível de análise de narrativas, a verossimilhança é verificável na relação causal do enredo, isto é, cada fato tem uma causa e desencadeia uma conseqüência.”

(VILARES GANCHO, Cândida; Como Analisar Narrativas, Editora Ática)

Verossimilhança é um dos tantos termos literários difíceis de se definir, embora indispensável a qualquer obra comum, além de ser a fonte de existência das obras de ficção/fantasia. Já foi mencionado neste mesmo blog a verossimilhança no seu sentido de coerência nas ações de determinados personagens no delicioso post sobre os Digimons, agora será analisada sua veracidade ou a total falta dela no enredo da obra.

A princípio, vamos buscar uma definição: toda obra segue uma lógica em suas ações, tanto de causa quanto de conseqüência. Se você cria um mundo de fantasia ou ficção em qualquer sentido, você define regras a ele assim como parâmetros a serem seguidos por seus personagens. Só porque você criou um mundo de fantasia, não quer dizer que absolutamente tudo seja possível nele, cabe ao escritor explanar o possível e o impossível de forma satisfatória.

 

Existem diversos mundos de ficção e fantasia na literatura, mas todos eles seguem regras pré-estabelecidas pela própria obra em si. Se o autor cria um mundo em que pessoas podem voltar da morte, tem a obrigação de dar uma explicação para isso, criar uma condição que possibilite que alguém volte da morte somente segundo esses meios. Isso é criar regras para seu próprio universo imaginativo que, uma vez quebradas pelo autor, prejudicam toda unidade da obra.

“Tanto na representação dos caracteres como no entrecho das ações, importa procurar sempre a verossimilhança e a necessidade; por isso, as palavras e os atos de uma personagem de certo caráter devem justificar-se por sua verossimilhança e necessidade.”

(ARISTÓTELES; Arte Poética; Martins Fontes)

 

Vejamos agora a verossimilhança na série Crepúsculo. S. Meyer como autora tem todo direito de distorcer o histórico dos vampiros e transformá-los em bichas cintilantes criaturas que em vez de morrer ao serem expostos ao sol, brilham. Imaginação, criatividade e uma mente doentia são capazes de tudo. Mas qual a explicação que ela nos dá para esse feito impressionante e absurdo? Existe no livro alguma razão para que eles sejam tão diferentes de todos os vampiros já mostrados na literatura mundial, clássica ou não? É aceitável sim que esse ‘detalhe’ não tenha sido explanado em um primeiro livro, preocupado demais em narrar seu enredo (?) focado apenas no amor de Bella e Edward, mas 4 livros e meio depois, quem pode aceitar o fato disso não ter sido pelo menos citado, como se ela pudesse mudar tudo que se sabe a respeito de vampiros e sequer dar uma explicação plausível para isso mas Meyer está acima de todas as regras da teoria literária não é mesmo, teoria é para os fracos.

 

Para aumentar a revolta, temos o caso dos lobisomens. Seres conhecedores de suas lendas e histórias de geração a geração por décadas, séculos talvez, lobisomens por 4 livros até que no final de Amanhecer, Edward Cullen decide que tudo que havia sido dito sobre os lobos desde o livro um está errado, que na verdade eles não são lobisomens: são transmorfos, e que nem os lobisomens que não são lobisomens sabiam disso. WTF MEYER? Ela realmente espera que achemos normal que o Edward tenha ‘esquecido’ de mencionar isso durante 4 livros e mais de 2 anos na cronologia da história? Verossimilhança existe Meyer, por um bom motivo.

Muitos outros parâmetros foram definidos ao longo dos livros, como o fato de que a sede dos recém nascido está além de qualquer outro sentimento que possam ter: é seu instinto. Jasper ilustra bem essa luta interna contra a sede, mesmo aos 150 anos de idade ainda possui alguns problemas para lidar com isso. Outra prova de tal fato é a personagem Bree, que surgiu no fim de Eclipse com o único intuito claro de mostrar a Bella como era a existência, a sede e o descontrole de um recém-nascido. Não foi o histórico de vampiros da literatura mundial que definiu isso, foi Stephenie Meyer. Em Amanhecer quando Bella finalmente se torna uma vampira, o que vemos, no entanto, é uma recém-nascida que tem mais controle sobre a sede do que Jasper em seus 50 anos tentando ser ‘vegetariano’. Vemos uma Bella que não só consegue controlar a sede, mas que pode abraçar seu pai HUMANO quando nem mesmo alguns dos Cullen com décadas sendo vegetarianos conseguem. O que vemos é Meyer quebrando suas próprias regras, mandando a verossimilhança para o inferno e escrevendo um livro sem causas nem conseqüências, sem planejamento e sem estrutura. Medíocre sim.

 

“De preferir às coisas possíveis, mas incríveis, são as impossíveis, mas críveis; contudo, não deveriam os argumentos poéticos ser constituídos de partes irracionais; preferível seria que nada houvesse de irracional”

(ARISTÓTELES, Arte Poética, Editora Martins Fontes)

Ou seja, se for criar um mundo de fantasia, não pense que ‘pode fazer o que quer porque o livro é seu e a história é sua’. Tudo que fizer tem que fazer um sentido na história, ou então é melhor que nem se aventure a escrever uma obra de ficção/fantasia senão vai ser uma merda igual a da Meyer.

Voltando a Crepúsculo, ‘conseqüência’ é uma palavra que não faz parte do vocabulário da Meyer. Toda amargura da personagem Rosalie é explicada (segundo o livro) pelo fato de que virar vampira a privou de todas as realizações humanas que apenas humanos podem ter (isso segundo o próprio livro). Um casamento digno, ter filhos, ficar próximo a família e pessoas que ama. Todos esses itens são mostrados a Bella como sacrifícios que ela teria que fazer ao escolher a imortalidade. Um preço a ser pago pela vida eterna. Mas Bella que aceita o sacrifício é de alguma forma punida por essa escolha? Casamento de princesa: confere. Ter uma filha com um vampiro: confere. Ficar perto de todos que ama, inclusive Charlie e a tribo Quileut: confere.

Outro fator que atesta a total falta de verossimilhança na obra: Bella engravida. Dispensa comentários.

“Mesmo sendo inventados, o leitor deve acreditar no que lê. Esta credibilidade advém da organização lógica dos fatos dentro do enredo. Cada fato da história tem uma motivação (causa), nunca é gratuito e sua ocorrência desencadeia inevitavelmente novos fatos (conseqüência).”

(VILARES GANCHO, Cândida; Como Analisar Narrativas, Editora Ática)

Outros exemplos do quão Twilight consegue ser inverossímil:

=> Os Cullen fazem o possível para não atrair a atenção, tanto que os 4 Cullen ‘filhos’ vão para escola no mesmo carro, um Volvo, carro relativamente popular e não muito caro. Em Amanhecer Edward dá a Bella um Mercedes Guardiã que “nem havia sido lançado na Europa ainda”, um mês depois dá a ela uma Ferrari que ela sequer dá importância.

=> Edward compra um Porsche amarelo para Alice. Não só deixa de lado a regra que ele mesmo criou de não chamar atenção, como também nos deixa a pergunta: porque diabos Edward tem mais dinheiro que Alice se nenhum trabalha e ambos são queridinhos de Carlisle?

=> Bella é mostrada como madura e racional no inicio do livro, a adolescente que cuidou da mãe crazy e que quer cuidar do pai solitário. Qual a maturidade das ações irresponsáveis de Bella? Ir em direção aos homens desconhecidos numa rua escura, andar de moto pelo perigo, namorar escondido (sendo que o pai sequer é contra o namoro) e tantos outros atos estúpidos.

=> Charlie morou sozinho durante anos, mas depois da chegada de Bella ela é mostrado como alguém totalmente dependente dela até para cozinhar e cuidar da própria roupa.

 

=> Bella se mostra incapaz de ficar de pé com sucesso em 3 livros explanando o quanto ela é desastrada, daí vira vampira e descobrem que o dom de Bella é nada mais nada menos do que ser uma protetora. WTF?

=> Alec e Jane Volturi são mostrados como o auge do poder entre os vampiros, na hora da batalha final Bella não só consegue ‘segurar’ os dois ao mesmo tempo, como ainda dá risinhos desaforados para a Jane. Ainda não acredito que li isso.

=> Para se tornar um vampiro são três dias de sofrimento insuportável. Bella sofre por dois dias e é tão suportável que ela se mantém quieta só para não preocupar o Edward. Isso era para ser romântico?

=> Edward durante toda série consegue ler a mente de todos os personagens, sendo que o que torna Bella diferente dos outros é exatamente o fato de que a mente dela o vampiro não consegue ler. Isso é o que é dito em todos os livros, mas em Sol da Meia Noite, Edward dá a entender que nunca leu a mente de Charlie, ele apenas tinha impressões sobre o pensamento do sogro.

Outras falhas na narrativa se mostram mais grotescas como quando Jacob se liberta do bando de Sam, nesse momento é mostrado que dois bandos diferentes não podem se comunicar através de pensamentos, portanto nenhum lobo ouvirá as mentes de Jake e seu bando. Tanto isso se mostra verdade como Leah adere a causa por causa desse privilégio. Muitas páginas depois quando a falta dessa comunicação dificulta a vida de Meyer ao narrar os preparativos para a ‘guerra’ (?) ela simplesmente resolve que um alpha pode ouvir a mente do outro sim, é que os alphas não sabiam disso antes.

E agora uma das únicas regras que Meyer apresentou claramente como ‘regra’. Em Amanhecer, Jacob pergunta a Carlisle se o veneno de vampiro poderá salvar Bella, o doutor responde que “já viu o veneno de vampiro fazer milagres”. Para ilustrar chegam a citar Esme, que tinha o corpo parcialmente mutilado depois de cair de um precipício e ainda assim consegue ser salva. A única regra existente, a única exigência/condição para que a pessoas seja salva pelo veneno de vampiro é que o coração esteja batendo quando a vítima for mordida. Mas quando finalmente Edward mordeu Bella, seu coração já havia parado de bater.

“- Você acha que existe alguma chance dela fazer isso? Digo, como um vampiro e tudo mais. Ela contou sobre… sobre Esme.”

– Eu diria que ainda tem uma chance neste ponto,” ele respondeu calmamente. “Eu tenho visto veneno de vampiros fazer milagres, mas tem situações que nem o veneno pode superar. Seu coração está trabalhando demais agora; se ele falhar… não haverá nada que eu possa fazer.”

(MEYER, Stephenie, Breaking Dawn

“Eu não olhei pra ele nem para a coisa. Eu só olhei Bella enquanto seus olhos rolavam pra trás.

Com uma última batida fraquinha, seu coração falhou e ficou em silêncio.”

(MEYER, Stephenie, Breaking Dawn)

Todos esses exemplos (assim como tantos outros não citados), são falta de verossimilhança na obra da Meyer. O livro é dela, os vampiros são dela, mas não, ela NÃO pode fazer o que quiser com eles. Ela precisa de explicação lógica, causa/conseqüência para deixar a obra verossímil ou a série nunca sairá da mediocridade que é. Lembrando as fangirls que não são minhas regras ou da lenda vampiresca que rege todas as outras histórias sobre esses seres das trevas, são as regras criadas pela própria Meyer que ela tem que seguir. Parâmetros esses que ela está ignorando completamente.

“Os fatos de uma história não precisam ser verdadeiros, no sentido de corresponderem exatamente a fatos ocorridos no universo exterior ao texto, mas devem ser verossímeis.”

(VILARES GANCHO, Cândida; Como Analisar Narrativas, Editora Ática)

Essa não é a opinião dos haters, Meyer. É a opinião de Aristóteles e da Teoria Literária. Você também está acima disso?

 

 

By: Venenosa

 

 

 

 

 

Anúncios

75 Respostas

  1. Post excelente! E o CABEÇLHO NOVO TÁ MARAVILHOSO!

    10/04/2009 às 1:29 am

  2. Ah! Mais uma coisa! Eu gostaria de que vocês entrassem nesse blog e deissessem o que acham da minha idéia para um conto de fantasia…

    http://www.mundosesquecidos.blogspot.com/

    10/04/2009 às 1:33 am

  3. Marie/Kisa

    Excelente post como sempre, Vê!!

    10/04/2009 às 1:37 am

  4. Aí está! Para quem dizia que nós não postavámos mais análises!
    Vene, minha linda, você ARRASOU/DESTRUIU/HUMILHOU/chamou de papel higiênico e ficou MARAVILHOSO!
    Amei amei amei amei *O* Meus parabéns!

    10/04/2009 às 10:05 am

  5. Ferfa

    Na boa? Puta que o pariu, essa foi foda ahahha
    Não tem argumento contra isso agora. Nada de ‘os vampiros são dela’, nada de ‘você tem inveja’, nada de nada. Esse post mostrou, de um jeito maravilhoso que NÃO, a obra dela não faz sentido, e nem é só porque os vampiros brilham.
    Ficou maravilhoso, como sempre. E talvez até um dos melhores, o que não é fácil, já que todos são fodas. Ta empatadíssimo com o do Digimon, na minha opinião :)

    10/04/2009 às 1:42 pm

  6. whenangels

    Senhoras e senhores,isso foi um fatallity!! Mandou ver,Venenosa!!

    Vamos esperar as fãs para dizerem que Aristóteles tem inveja da Smeyer também (y)

    10/04/2009 às 5:26 pm

  7. Twilight Haters

    Aí está! Para quem dizia que nós não postavámos mais análises!
    Vene, minha linda, você ARRASOU/DESTRUIU/HUMILHOU/chamou de papel higiênico e ficou MARAVILHOSO!
    Amei amei amei amei *O* Meus parabéns! [2]

    As palavras da Thammy são minhas!DEMAIS Vê!!Parabéns!!Mandou bem demais!!

    Gi aqui!

    10/04/2009 às 10:57 pm

  8. Ana

    Ah, fã sempre dá um jeito de dizer que somos invejosos e mal amados e etc. Aristóteles? Quem ele PENSA que é pra falar da Meyer? Ele nem escreveu um livro que virou filme e fez sucesso, minha gente!

    11/04/2009 às 12:41 pm

  9. amenaske

    Tudo inveja de Aristóteles. Quero ver ele escrever um best-seller

    Nunca mais eu posto nada nesse blog, me senti humilhada agora. Esse post ficou perfeito! Parabéns, Vê

    11/04/2009 às 1:39 pm

  10. Anna (Anne/Annie)

    Vene, minha linda, você ARRASOU/DESTRUIU/HUMILHOU/chamou de papel higiênico e ficou MARAVILHOSO![2]

    11/04/2009 às 2:21 pm

  11. mileserrans

    A análise ficou realmente muito boa…

    Particularmente, depois de comprovar minha teoria de que aos doze anos eu escrevia melhor que a SMayer – antes que alguém recleme, eu li crepúsculo – eu parei de dar atenção pra série, mas volto aqui quando preciso rir um pouco…

    Tenho medo da Mayer e principalmente dos lovers.

    Continuem fazendo posts assim, um dia talvez a rasão volte a mente dessas pobres crianças ilididas. Até lá, nós podemos nos divertir um pouco também.

    11/04/2009 às 2:51 pm

  12. Laís

    Vene, minha linda, você ARRASOU/DESTRUIU/HUMILHOU/chamou de papel higiênico e ficou MARAVILHOSO![3]
    Depois dessa se eu fosse a SM pedia pra sair.

    Post excelente, Vê . \o/

    11/04/2009 às 4:47 pm

  13. Analu

    Se ela nao segue as próprias regras, acho que é pedir demais que siga as tradições vampirescas… =/

    12/04/2009 às 12:55 am

  14. Jessie

    vcs deviram reescrever a serie Crepusculo de um jeito q fique decente. Seria legal. Ia calar a boca de mtus lovers. o q vcs acham da ideia?

    12/04/2009 às 6:46 pm

  15. Ane

    Vene, minha linda, você ARRASOU/DESTRUIU/HUMILHOU/chamou de papel higiênico e ficou MARAVILHOSO![4]
    Depois dessa se eu fosse a SM pedia pra sair.

    Post excelente, Vê . \o/[2]

    13/04/2009 às 12:37 am

  16. I'm not a hater

    Resenha perfeita, indiscutível! Humilhou! :]
    Acho que não gosto mais de Crepúsculo. Não depois daquele post do Digimon e tantos outros por aqui. Nem sei como cheguei a ser fã um dia, mas receio que seja por causa da influência das minhas amigas fan-girls.
    Nunca vi história mais tolinha e sem-nexo que Crepúsculo. Eu não entendi em que ponto a família Purpurina é tão cativante e em que ponto Edward Cullen é perfeito. o pior é que o enredo poderia ser bom, se de fato houvesse um. Até Lua Nova, eu achava muito interessante o estilo introspectivo de narrar da Bella, mas em Eclipse constatei que, como bem disseram em algum post daqui, Meyer não programa a história, ela vai escrevendo o que lhe vem à cabeça, e o que temos, em vez de um livro, é o diário de Bella Swan, com devaneios repetitivos e contraditórios de uma jovem em conflitos amorosos e familiares.
    o ponto positivo poderia ter sido a Alice, o motivo pelo qual não desisti de ler os livros na metade do caminho. Mas, também em Eclipse, a personagem foi totalmente desfigurada! no final de Lua Nova ela que está tão cativante enquanto Meyer retrata a amizade tão bonita que ela tem com Bella, em Eclipse ela é uma patty abobalhada, que faz de Bella seu manequim, faz chiliquinho “você num me ama mais” e seqüestra os outros porque Ediot pediu. O que que Meyer fez da melhor personagem? O que sobrou de bom na série depois de Meyer arruinar a minha querida Alice Cullen?
    A leitura de Eclipse em si, depois do maravilhoso Lua Nova, já me decepcionava, e agora esse blog me salva da lavagem cerebral que as fan-girls sofrem com Ediot Cullen. aqui foi esclarecido o que eu já tinha percebido, que Ediot é um psicopata, e as fan-girls acham super romântico ele arrebentar o carro da Bells pra proibi-la de visitar os amigos.
    Acho que esse blog criou uma nova hater! :P
    só minhas amigas que não podem saber disso, já que são todas fan-girls. Crepúsculo não é bom o bastante pra estragar minhas amizades. Elas foram na verdade o único motivo pelo qual estou lendo a porcaria do Breaking Dawn e pelo qual fui ao cinema mais de uma vez assistir ao sem-sal Crepúsculo. Espero que elas não fiquem com raiva de mim caso um dia eu conte que o tempo todo eu finjo gostar de Crepúsculo só pra me situar, já que Crepúsculo é praticamente o único assunto sobre o qual conversam. Mas tudo bem, eu sei que Crepúsculo é meramente efêmero, logo essa fase de fan-girls delas passa e eu terei minhas amigas de volta \o/
    [/desabafo]

    13/04/2009 às 3:53 pm

  17. Fernanda Black

    Ficou maravilhoso, como sempre. E talvez até um dos melhores, o que não é fácil, já que todos são fodas. Ta empatadíssimo com o do Digimon, na minha opinião :) [2]

    Achei muito, MUITO digno. Agora é ver o que as fangirls dirão, né. Eu ainda pago pra ouvir alguma delas falando que é inveja de Aristóteles.

    13/04/2009 às 5:06 pm

  18. Anísio

    São comentários como o da (acho que é uma menina, se não for, me perdoe) I’m not a hater que me fazem ficar feliz por esse blog existir. Isso, e os textos geniais como esse, da Venenosa. Eu não tenho muito a acrescentar além de um [2] bem grandão em tudo que tá escrito, não só no texto principal, como na maioria dos comentários.

    Vê, meus parabéns. Já te disse isso em off, mas não custa repetir. Você arregaçou aqui.

    14/04/2009 às 12:37 am

  19. EDIOT!
    AMEEEEEY! *O*

    14/04/2009 às 6:48 am

  20. Ana

    “O que sobrou de bom na série depois de Meyer arruinar a minha querida Alice Cullen?”

    Sobrou Jacob! >_< Ainda não terminei BD, mas ele continua sendo o único personagem razoável…

    14/04/2009 às 10:12 am

  21. Danne

    Parabéns meninas \o
    Tá eu gosto dessa porcaria aí… é uma boa distração e me fez conhecer pessoas INCRÍVEIS e que não são fan-girls idiotas :)
    Claro que eu não posso negar, Meyer vai escrevendo o que vai vindo na cabeça dela, ela não escreve um livro, ela escreve uma fanfic. Sem uma continuidade lógica. Eu ainda não li BD, mas pelo que vocês falaram é o pior, é onde Meyer termina de cavar sua cova.
    Ainda tenho medo de lovers. Muito medo ;x
    E começo a admirar vocês.
    Mais uma vez, parabéns!

    14/04/2009 às 10:24 am

  22. I'm not a hater

    ó.ò é verdaade, Meyer criou um ótimo personagem que é o Jacob, mas infelizmente ele não foi bem usado como poderia, e além disso por algum motivo que eu nunca vou entender ele é odiado como se fosse o vilão da saga ¬¬ tô juntando coragem pra ler BD, minhas amigas lovers dizem que é o melhor de todos (mais que isso, é fantástico, incrível, maravilhoso, A UTOPIA), mas o rest do mundo diz que é o pior, então não sei se vale a pena ler, ultimamente tenho me interessado por Stephen King (leia: depois de ele ter falado mal da Meyer), acho que ler um livro dele vale mais a pena que ler BD. nunca li uma obra dele, mas sei o autor renomado e genial que ele é e não acho que ele tenha inveja da Meyer (afinal, não sou uma lover).

    Eu também tenho muito medo de lovers o.o ontem minha ermã me assustou. Oo’
    ermã: nem vem! não importa o que você diga, nem quantos apelidos invente, e nem quantos artigos você me mostre daquele blog idiota que você vive lendo (este)! Não importa se você já convenceu algumas de suas amigas que o Ed e a Bella são doentes mentais e o amor deles é psicopata! fazer o que se elas têm cabeça fraca e caem na sua ladainha?
    eu: você tem a mente fechada pra qualquer opinião a respeito de Twilight que não o diga perfeito e quem tem mente fraca são elas?
    ermã: sim, claro! nada, NADA vai me convencer de que Ed tem algum defeito, nem que Crepúsculo tem algum defeito, e muito menos que o Jacobesta é o 2º melhor personagem (a 1ª é a Alice claro, isso na época em que ela e Bella tinham uma relação de amiga-amiga e não titereira-bonequinha)!
    eu: é… Twilight já atrofiou sua mente a um nível irreversível, né? é tarde demais!
    ermã: SIIIIIIIIIIIIIM, a lavagem cerebral está completa! Ed já fez seu trabalho com seus olhos dourados de luzes fluorescentes *.*
    eu: o.o e você está feliz por ter sofrido lavagem cerebral?
    ermã: ESTOU! OOOOH EDWARD! BITE ME!
    eu: ehr… então tá.

    mais assustador que uma lover num chat é uma lover em casa O.O

    Obs.: sim Anisio, eu sou menina ^^

    14/04/2009 às 3:37 pm

  23. Stephen King é rei! (L)
    E ele recomenda minha autora favorita (Tess Gerritsen), do tipo “Tess Gerritsen é leitura obrigatória na minha casa”. E isso já me deixa super feliz e

    / e eu sei, isso é um desabafo.

    14/04/2009 às 5:33 pm

  24. Fernanda Black

    Nossa, SK >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>(…)>>>>>>>>(…) a Meyer. Aliás, SK > A Maioria dos outros Escritores. Leia algum livro dele, sim, vale DEMAIS a pena. Recomendo “À Espera de um Milagre” ou “O Iluminado”, se tu curtir um terrorzão. [/paga-pau]

    14/04/2009 às 5:47 pm

  25. Danne

    I’m not a hater quantos anos tem sua irmã? oO
    Cara… eu descobri que as lovers crianças são terríveis.
    Devia ter faixa etária pra ler essa coisa.
    O povo não sabe separar as coisas. Agora ficam aí doidas dizendo que nunca mais vão narorar alguém pois Edwards não existem (graças a Deus).

    14/04/2009 às 5:50 pm

  26. I'm not a hater

    13 aninhos ela tem.
    Ela e as amigas delas estão nessa de que só vão namorar se for com um Edward, eu até sugeri o Lindenberg, mas elas quase me lincharam..
    “O Lindenberg não tem Volvo”
    “O Lindenberg não é lindo”
    “Ou seja, nada a ver”
    ¬¬

    Vou comprar algum livro do SK! Eu preciso ler alguma coisa boa depois de encher meu cérebro de família Purpurina enquanto lia Twilight \o/

    14/04/2009 às 5:56 pm

  27. Danne

    Nhá uma criança “/ sério esse livro não faz bem pra essas meninas…
    Eu gosto –‘ mas eu acho que já tenho uma opinião formada e não sou nada influenciável :D
    Mas essas crianças não sabem o que querem da vida, não sabem se parar um livro da realidade…

    14/04/2009 às 6:01 pm

  28. I'm not a hater

    Pois é, acho que Crepúsculo vai ajudar a acabar com a superpopulação, já que as mocinhas de hoje depois de ler resolvem se abster de namorados humanos não-psicopatas! o-o

    Eu também até gosto, mas como não tenho uma opinião formada eu sou absurdamente influenciável :P mas como as lovers nunca apresentam bons argumentos, a tendência é que eu fique pro lado hater (6

    14/04/2009 às 6:06 pm

  29. Danne

    Ah sim, a teoria da superpopulação foi ótima aioeheioeaioheoi

    aioheoiaeioae entendo…
    Lovers malucas me dão medo. \o
    Agora lovers como as que eu tenho contato, eu adoro! São meninas mais velhas, e que não ficam falando da saga.
    Aquelas lovers que frequentam o foforks me matam. Me matam de medo e vergonha (Y)
    Foi por isso que eu decidi pender pra esse lado aqui. OIHAEHIOEOEAIOEHAO

    14/04/2009 às 6:14 pm

  30. I'm not a hater

    Medão de lovers! E eu nem preciso freqüentar blogs / sites de Twilighters pra encontrá-las >< vivo rodeada delas. Elas são muito sem-noção ieuaheiaue
    É, realmente não são todas (11º mandamento: não generalizeis), mas 99,99% delas são sem-noção. Eu conheço uma ou outra sensata também, e são as mais velhas, a maioria das lover sem-noção são mocinhas tipo minha ermã e as amigas dela mesmo o-o
    Twilight deveria ser censurado! Ele causa uns efeitos muito esquisitos no cérebro (?) das meninas mais novinhas. Além disso no Eclipse a Bella tá muito pervertida! Até eu ficava com vergonha enquanto lia! :P

    14/04/2009 às 6:23 pm

  31. Danne

    aoieaiohioeaohea eu gostei da Bella perva…

    Twilight deveria ser censurado! Ele causa uns efeitos muito esquisitos no cérebro (?) das meninas mais novinhas. [2]

    Ainda bem que minha irmã é na dela, não é doida pelo Robert, tudo bem que ela tem 16 anos, mas mesmo assim.
    E as meninas que eu converso na internet e as duas da faculdade que leem também são bem na delas (Y)
    Mas lá no fórum tem as doidas e é legal até… morro de medo mas dá pra rir das besteiras que elas falam \o

    14/04/2009 às 6:33 pm

  32. Danne

    Doida pelo Edward***, mas vale o Robert também.
    Elas acham que um é o outro \o

    14/04/2009 às 6:42 pm

  33. I'm not a hater

    16 anos não é mais uma boboca, já sabe usar o cérebro (tá, eu tenho 16 anos) :P
    ieuahe é verdade, elas falam cada besteira, euri muuuuuito quando disseram que King tinha inveja da Meyer, e o pior foi que minha ermã concordou :O
    É, o Robert é um dos culpados pela existência de muitas fan-girls lover poser sem-cérebro Oo’

    14/04/2009 às 6:50 pm

  34. Ane

    Eu tenho medo das minhas amigas por causa da fanatice delas pelo Eldiot Chulén. G.G

    Ana: Aaah, mas ele é tão lindo!!

    Ane: Tanto quanto o próprio Osama. ¬¬’

    Ana: Ele é tudo!! *-*

    Ane: Dá pra calar a boca? A professora tá olhando pra gente com cara de quem vai nos comer vivas O.O

    Ana: Dá nadaaa!! AAAH MAS O EDWARD ÉÉ.. AAAAAAAAAI! *O*

    Ane: PROFESSORA ELA TÁ ME ASSUSTANDO O_O

    Aaah, pessoas com 13 anos também tem um cérebro e são haters!! (Eu enho 13, okay? xDD)

    14/04/2009 às 11:16 pm

  35. Danne

    Ane, para tudo existem excessões :D

    15/04/2009 às 9:51 am

  36. Takka

    AMEI O TEXTO, OMG *o*

    e, como eu sou lerda, só agora que eu entendi o “afastem-se, Twilighters. Temos lógica e sabemos como usá-la” na descrição de uma das comus lá -Q

    enfim, agora eu também entendo porque minhas sagas falidas são TÃO ruins. obrigada mesmo :)

    e eu já criei briga com uma poser lover. e lembro bem do que disse “OK, o Edward pode até ser o cara perfeito, mas ele não é o VAMPIRO perfeito porque ELE NÃO TEM CANINOS!!!!”

    [ps, a gente continua amiga \õ/]

    [ps², sei lá porque falei isso.]

    [e eu achei o post do Digimon melhor do que esse, ainda. Mas foi só porque Digimon marcou uma parte significativa da minha infância ^^]

    15/04/2009 às 11:09 am

  37. Aline

    Eu não costumo ler muito aqui no blog, fico mais na comunidade mesmo… Mas esse post realmente DESTRUIU haha. Vou passar a visitar o blog com mais frequência. ;)

    15/04/2009 às 4:03 pm

  38. Legião Atoladinha

    Esse foi o melhor post do blog, sem dúvida hahahahaha!
    Indiquei o blog de novo, só pelo prazer disso.

    16/04/2009 às 1:38 pm

  39. Pingback: kkkkkkkkkkkk « MEU NOME É LEGIÃO •

  40. Bia('.')

    muuuito bom *o*
    vou usar esses argumentos na proxima vez que alguem me ameçar me bater quando eu disser que odeio twilight. =D

    17/04/2009 às 3:33 pm

  41. Reh

    muito bom!
    meteu moral
    é tão bom poder ouvir alguém que concorda comigo
    eu to cercada de lovers por todos os lados
    e só de pensar q ainda tem vários filmes pela frente
    Q MERDA!
    esse blog eh um refúgio pra sanidade juvenil
    MUITO OBRIGADA

    19/04/2009 às 4:10 pm

  42. O que eu acho AINDA MAIS LEGAL é que nenhum Lover/fangirl tem as caras de aparecer por aqui e contrargumentar xD

    21/04/2009 às 7:03 pm

  43. Anísio

    Thammie chamando pro picão, acho digno.

    21/04/2009 às 7:07 pm

  44. steffanny

    eu amo crepusculo ok

    24/04/2009 às 6:57 pm

  45. Lily

    Então tá!

    24/04/2009 às 7:01 pm

  46. Sou mais ver o filme do Pelé, eim Steffanny :B

    27/04/2009 às 3:16 pm

  47. Rafaella

    LOVEEEEEEEEEEEER .
    hmm, eu amo a saga de crepúsculo.. pode ter vários erros visíveis, mas é um dos melhores livros que eu já li. se ela n~]ao segue as ‘regras’ que ela mesmo impõe o problema nã é meu, só sei que a cada linha o meu coração bate mais morte. eu tenho sede por esses livros assim como vampiros tem de fome, simplesmente é o melhor momento do meu dia… ela me faz delirar e a minha mente vai longe. mal posso esperar pelos próximos livros s2

    29/04/2009 às 1:00 am

  48. Lily

    Bem, Rafaela… gostar do livro, a meu ver, não é pecado. Posso até dizer que, talvez, você não tenha um gosto muito bom, ou algo do gênero… mas acho que cada um tem direito de gostar do livro. A única coisa que não vale é fechar os olhos pros erros, fingir que eles não existam, e consagrar o livro da Meyer o melhor do mundo. Não o que você mais gosta, mas o melhor do mundo. Essa é a nossa crítica nesse artigo. Mas pode ter certeza… antes uma fã, sincera e apaixonada como você, que defende sua saga SEM PARTIR PRA BAIXARIA, e que saiba assumir quaisquer defeitos da saga (e mesmo assim, amar)… do que essas que sequer sabem o que querem da vida. É tudo que tenho a dizer.

    29/04/2009 às 2:00 am

  49. bibi soyaux

    você disse tudo o que eu penso e gostaria de dizer à algumas fãs mas tinha preguiça de escrever. hohohoho
    concordo 100% e sou fã da saga (lê-se Jacob cofcof)
    enfim, foi o que eu disse pra minha amiga um dia desses, a stephenie criou as explicações mais esdrúxulas para que a história acontecesse do jeito que ela bem entendesse (lê-se com um happy ending exagerado e broxante)

    12/05/2009 às 9:00 pm

  50. EU AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO AMO ……
    CREPUSCÚLO EU SOU A FÃ NÚMERO 01 DE CREPUSCÚLO EU SOU LOUKINHA POR CREPUSCÚLO I LOVE YOU I LOVE YOU I LOVE YOU I LOVE YOU …..
    FOREVAR FOREVAR FOREVAR FOREVAR FORVAR FOREVAR FOREVAR FOREVR…..

    20/05/2009 às 10:04 pm

  51. Ama? Que bom, minha querida Deborah.

    Mas acho então que alguém errou de site 8D

    20/05/2009 às 10:51 pm

  52. Vai arrebentar com seu inglês fluente, Deborah.

    22/05/2009 às 10:14 pm

  53. Lilly

    Gosto de Crepúsculo. Sim. Mas… TOTAL concordei com esse post. Vcs escrevem super bem e utilizam argumentos perfeitos. Estão de parabéns, sério msm! Crepúsculo é mto sem lógica… Para as fãs: Vão ler HP ou Meg Cabot ou qualquer outro livro e vcs verão o que é bom de verdade.
    bj

    23/05/2009 às 4:47 pm

  54. Isa

    Me fez odiar ainda mais Twillight. ADORO AQUI;

    28/05/2009 às 4:59 pm

  55. *Ariel*

    sou nova por aqui mais tenho que dizer que esse post HUMILHOU!!!!!

    04/06/2009 às 5:55 pm

  56. fany-chan

    Não gosto de HP, gosto razoavelmente de Crepúsculo (gostava da Alice e do Jasper). Gosto de Vampiro: A Máscara, e mesmo que vocÊs não o citem, adorei o blog. Seus textos são bem escritos e com ótimos argumentos (já vi muito twilight hater escrever AxXiMm). Jasper = Malkavian XD

    Pareço meio maluca, mas sou maluca completamente XP

    OBS: ADORO vampiros, ODEIO vampiros da Meyer (só gostei do fato de eles não dormirem)

    24/06/2009 às 11:35 pm

  57. Samara Morgan

    Ronaldo

    05/07/2009 às 8:30 pm

  58. Vene, minha linda, você ARRASOU/DESTRUIU/HUMILHOU/chamou de papel higiênico e ficou MARAVILHOSO [4]
    Samara Margan: brilha muitu nu curinthia
    Aaah, pessoas com 13 anos também tem um cérebró[2] e são pseudo-haters (no meu caso)
    AR-RA-SOU, Vani (olha a intimidade…). Um dos melhores posts do blog!

    06/07/2009 às 6:28 pm

  59. Vani q? .____.

    06/07/2009 às 7:36 pm

  60. kakai

    Parabéns Venenosa, post muito bem escrito, sem comentários…

    16/07/2009 às 10:59 pm

  61. DETROID

    BICHAS CINTILANTEES!! HUAHAUHAUAHUAHUAHUHAUAHUAHAUHAUHAUAH
    VENENOSA = GÊNIOOO!

    20/07/2009 às 4:38 pm

  62. Kell LM

    Vc entrou na comu do orkut “eu escrevo melhor q SM” e deixou esse link, entrei por curiosidade… e posso afirmar q ainda não li uma critica a Twilight tao bem fundamentada qnt esta! Concordo com TUDO o q vc disse! (apesar de ter lido apenas tres dos livros e estar juntando forças pra ler o “breaking down”! Se em ingles eh ruim, imagina a traduçao… AFF) Eu naum teria argumentos tao completos qnt os seus pra dizer o qnt essa saga é mediocre! E ADOREI os comentariozinhos à parte! (“bichas cintilantes” foi óóótimo!)
    Enfim, parabens… ah se todas as fans doentes e alienadas pudessem ler esse texto! (grande parte soh viu o filme msm, pq afinal, ler dá trabalho demais ¬¬)

    24/07/2009 às 9:55 pm

  63. Júlia Araújo.

    Sou fã de Crepúsculo, mas não sou ignorante o bastante para discordar. Concordo com tudo! Claro que tem algumas coisas que estão um tanto mal interpretadas do livro… Enfim, parabéns! Texto muito bem escrito. Eu amo de paixão essa série, mas reconheço os erros.

    PS. Não se esqueçam que a Meyer é uma escritora estreiante. Esse foi o primeiro livro que ela escreveu, deem um tempo pra ela.

    10/09/2009 às 3:26 pm

  64. Letícia

    Caraca Júlia, falou tudo!

    02/11/2009 às 3:20 pm

  65. maa

    Júlia Araújo.
    AH tah, escrever mal em 4 livros já é demais né? E o pior é que em cada livro ela vai piorando. Essa coisa de que ela ta estreiando é mega FAIL.

    09/11/2009 às 7:58 pm

  66. Twilight Haters

    Outra coisa, eu acho que todo mundo seria bem mais tolerante com a Meyer se ela fosse mais humilde. Mas se ela se sente no direito de se comparar com Emily Bronte, Jane Austen e até William Shakespeare, ela automaticamente tá dando a cara a tapa.

    (Anísio)

    11/11/2009 às 5:11 pm

  67. Ola.Muito obrigado por terem me ajudado a saber o significado de Verossimilhança.Estou no sexto ano do Ensino Fundamental.Um dia a professora falou para pesquizar o significado de Verossimilhança.Eu não fazia ideia do que era isto.Muito obrigado pela a ajuda,graças a vocês eu consegui aprender mas!!!

    Um Beijão:Ana Carolina

    19/05/2010 às 7:03 pm

  68. Pingback: Twilight Haters BR – como tudo começou e porque tudo continua « Twilight Haters Brasil

  69. Tatiana

    Gente, é o seguinte. Eu adoro Crepúsculo, assisti os filmes amei a história que é super romântica e tal. Mas também leio livros de conteúdo e quero ser engenheira química. Tenho noção de que nem tudo é perfeito e que houve falhas literárias no livro mas vocês praticamente a culpam por ser famosa! Sinceramente, a pessoa escreve e quem quiser, lê! Fez sucesso e vocês ficam amargurados falando que a obra dela é inferior pois após uma análise, percebe-se a inexperiencia ou talvez até inocencia da autora. A saga entrou nos best-sellers por algum motivo, e não por meninas desmioladas de 10 anos. Voces realmente acham que a Stephanie Meyer, influentíssima atualmente no mundo inteiro, é uma total analfabeta, NÃO! Ela tem méritos e cresceu na vida assim. Sou uma pessoa bem instruida e que algum dia espero ter o mesmo prestígio que Meyer, mesmo que em outra área. Assim como os autores desses blogs não são desocupados por gastarem seu tempo lendo e crticando a obra, quem a lê tambêm não é. Generalizar e restringir toda uma comunidade de leitores é ter a mente muito fechada. Todos dizem que cada pessoa é diferente, então cuidado para que não se contradigam.
    Acho ótimo que todos expressem suas opiniões, mas também, algumas delas são de que tudo tem que estar num padrão! Sua história tem que ser assim, assado, e pronto se tem uma obra que foi repetida milhoes de vezes! isso é a coersão da sociedade sobre TODOS nós! Não ligo que os vampiros não brilham ( o que pode ser porque ele são feitos de “pedra”), o autor não precisa falar sobre os componentes químicos da pele vampírica. Lembrem-se os mais inovadores foram os que atigiram o topo.

    16/07/2010 às 4:20 am

  70. March Hare

    Ganhar premios e verder muito não é sinónimo de qualidade e muito menos de prestígio.Se for assim coisas como Spice Girls,N’sync,Backstreetboys, e tantas outras modinhas adolescentes que venderam pra burro e ganharam até Grammy seriam lembrados ate hoje, mas foram esquecidos, e o mesmo acontecera com esta “saga” mediocre assim que suas fangirls ganharem mais prioridades em suas vidas.
    Mas se pensarmos bem a Meyer nem e tão maldosa, o que ela mais fez foi pregar uma falsa moral usando um pseudo romance, coisa que nossas novelas televisivas fazem a decadas e ate muito pior.

    19/07/2010 às 8:13 pm

  71. Twilight Haters

    Tatiana, me diz uma coisa: o que você andou bebendo? Tô querendo um desses.

    “Mas também leio livros de conteúdo e quero ser engenheira química.”

    O que é “ter conteúdo”? O que seriam “livros de conteúdo”? E o que literatura tem a ver com engenharia química? Eu hein.

    “…vocês praticamente a culpam por ser famosa!”

    Onde fizemos isso, meu Deus?

    “Sinceramente, a pessoa escreve e quem quiser, lê!”

    Sinceramente, o céu é azul.

    “Fez sucesso e vocês ficam amargurados falando que a obra dela é inferior pois após uma análise, percebe-se a inexperiencia ou talvez até inocencia da autora.”

    E a completa ignorância e o mau gosto e as pretensões absurdas dela também. Sabe, essas coisas que são irrelevantes quando você tá DISCUTINDO O TRABALHO DELA. Ninguém aqui tá dizendo que a Stephenie Meyer é um ser humano horrível, ou que é uma péssima mãe, a gente só tá dizendo que como escritora ela é uma porcaria. Aí somos amargurados por isso?

    “A saga entrou nos best-sellers por algum motivo, e não por meninas desmioladas de 10 anos.”

    Sim, então nos best sellers porque meninas desmioladas de 10 anos gostam de pornô softcore. É um bom motivo.

    “Voces realmente acham que a Stephanie Meyer, influentíssima atualmente no mundo inteiro, é uma total analfabeta, NÃO!”

    Não. Ninguém disse que ela é uma analfabeta, só uma escritora incompetente. É diferente. E exatamente em que ela é influente? Quem leva a Stephenie Meyer a sério, além das fãs de Crepúsculo e ela mesma?

    “Sou uma pessoa bem instruida e que algum dia espero ter o mesmo prestígio que Meyer, mesmo que em outra área.”

    E é relevante você dizer isso por que…?

    “Assim como os autores desses blogs não são desocupados por gastarem seu tempo lendo e crticando a obra, quem a lê tambêm não é.”

    Não mesmo. Aliás, nós também lemos. E posso te dizer, com 100% de certeza, que nós nunca dissemos aqui que os fãs de Crepúsculo tem que parar de perder tempo lendo os livros. Cada um faz o que quer com o tempo livre que tem.

    “Generalizar e restringir toda uma comunidade de leitores é ter a mente muito fechada.”

    Concordo. Que bom que não fazemos isso, né?

    “Todos dizem que cada pessoa é diferente, então cuidado para que não se contradigam.”

    Não entendi.

    “Acho ótimo que todos expressem suas opiniões, mas também, algumas delas são de que tudo tem que estar num padrão!”

    Esse é um ponto interessante, mesmo. E uma armadilha em que eu acho que muita gente que critica Crepúsculo cai. Concordo com você, ninguém precisa usar nenhuma regra em especial pra criar uma narrativa. Agora, o problema é o seguinte, toda vez que você sai de um modelo certinho de como escrever, as chances de você acabar metendo os pés pelas mãos são maiores. Eu acho um tanto arrogante a postura da Stephenie Meyer de, justamente no PRIMEIRO romance que ela escreveu, querer revolucionar os padrões narrativos do ocidente, você não acha? Isso que nós estamos partindo do pressuposto de que ela fez isso porque quis, e não porque é incompetente demais.

    “Sua história tem que ser assim, assado, e pronto se tem uma obra que foi repetida milhoes de vezes! isso é a coersão da sociedade sobre TODOS nós!”

    E pra se libertar da coerção e opressão você vai ler… Stephenie Meyer? Sério?

    “…o autor não precisa falar sobre os componentes químicos da pele vampírica.”

    Também acho que a Smeyer não precisava fazer isso. Pseudociência vindo dela é difícil de engolir.

    “Lembrem-se os mais inovadores foram os que atigiram o topo.”

    Você leu isso onde? Quem Mexeu com o Meu Queijo? Você não acha que pra quem passou parágrafos e mais parágrafos reclamando que os outros generalizam, você generalizou bastante com essa afirmação? E aliás, o que é chegar ao topo? Encher o cu de dinheiro e aparecer na lista de mais vendidos da Veja? Porque foi isso a Smeyer conseguiu. Mais uma vez, ninguém além dos fãs de Crepúsculo e ela mesma levam o trabalho dela a sério.

    (Anísio)

    19/07/2010 às 8:42 pm

  72. Twilight Haters

    Só fazendo um comentário sobre o comentário do Ani:

    Se você pretende ser alguém influente, Tatiana, espere ter MAIS prestígio do que a Stephenie Meyer. Stephen King não me deixa mentir: ninguém na “área dela” a leva a sério. Sério, reveja seus conceitos.

    Ana

    19/07/2010 às 9:55 pm

  73. Isabela Arantes

    Anísio, você me fez chorar de emoção agora, cara.

    Venenosa, eu ainda não superei o choque do seu post. Você escreve MUITO.

    29/07/2010 às 6:16 pm

  74. Isabela Arantes

    Eu quero um post do Anísio o_o ‘

    29/07/2010 às 11:22 pm

  75. I don’t leave a comment, however after reading a bunch of remarks on Verossimilhança e Twilight | Twilight Haters Brasil. I actually do have some questions for you if you do not mind. Could it be only me or do a few of these responses come across as if they are coming from brain dead visitors? :-P And, if you are posting on additional online sites, I would like to keep up with everything fresh you have to post. Would you post a list of all of your social pages like your linkedin profile, Facebook page or twitter feed?

    11/06/2013 às 6:50 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s