2 Anos trazendo a lógica!!

Como escrever um livro

Eu não sou lá muito partidária da ideia de que há uma receita para um livro ideal. Gosto de ver o estilo pessoal de cada autor, e ADORO quando quebram as regras (se o trabalho for bem feito, QUE FIQUE CLARO). Porém, também sou obrigada a dizer que há alguns métodos que podem ser seguidos. Coisas básicas que ajudam a fazer uma história, no mínimo, bem construída. Claro que o livro genial será aquele que vai além das regrinhas básicas que postarei aqui. Mas segui-las pode ser um bom trunfo também.

E o que tchongas isso tem a ver com Twilight? O motivo, para alguns, é bem óbvio. Mas para aqueles que não se tocaram ainda… vejamos quantos desses aspectos a Meyer seguiu.

Vamos lá?

Dicas de como escrever um livro decente!

Passo 1: tenha definido o enredo do seu livro antes de começá-lo. Não precisa saber todos os detalhes, o que vai acontecer desde a primeira até a última página. Mas tenha claro, pelo menos, o começo, o meio e o fim. Se você tiver bem claro esses três pontos de seu livro, terá um rumo de como escrevê-lo. Algumas coisas podem mudar no meio do caminho? Podem, e é bem provável que isso aconteça. Mas de duas, uma: ou essas mudanças se encaixam no que você já tinha planejado, ou você sentará e pensará novamente na história. Caso a segunda opção ocorra, é realmente bom que você PARE, REFLITA E SIGA. Pare para ver os rumos de sua história, reflita sobre o que pode acontecer, e só depois de ter definido um novo fim, siga escrevendo.
Por que tudo isso? Muito simples: evita CONTRADIÇÕES. Tendo em mente como sua história irá funcionar, você evita que, lá na frente, ocorra algo que contradiz o que disse atrás. Planejamento é sempre bom para evitar esse tipo de erro.
Meyer fez isso? NÃO! Ela apenas foi escrevendo o que vinha a mente, como ela própria disse. Nessa, ela deixou pontos pendentes e erros grotescos de contradição. Como já foi mostrado em “Verossimilhança e Twilight” e “O que é melhor que Twilight”.
E por falar nisso…

Passo 2: Ao terminar de escrever o livro, LEIA-O. REVISE-O. Não peça para outra pessoa revisar, antes de tudo, revise-o você mesmo. Apenas você sabe o que espera de seu próprio livro. Então, ao terminá-lo, leia para ver se falou tudo, se não esqueceu de algo, ou se não ficou sem nexo, perto do que você queria. Apenas você pode fazer isso.
Nesse ponto, acho justo citar Nuno Crato, famoso cronista português. Quando indagado sobre o tempo que levava para escrever UMA crônica, ele disse isso:
“Quem não conhece o processo de escrita admira-se. Para quê rever e rever? É verdade. Rever, rever e rever é a base da escrita séria de quem pretenda ser entendido. Excluo aqui os grandes escritores, que não entram no grupo dos escrevinhadores normais em que me incluo e que terão o direito de fazer o que quiserem. Mas apenas esses. Não conheço pessoalmente nenhum grande escritor — e o estudante a quem me dirigia muito provavelmente não o será. Imagino que a regra de revisão seja praticamente universal. Embora muita gente se espante por se perder uma parte substancial do tempo de escrita com a revisão, o tempo que se gasta nessa tarefa raramente é demasiado. E é um tempo que não se pode gastar exactamente quando se quer. É necessário deixar o texto de molho umas horas, de preferência três ou quatro dias, ou mesmo mais, para o poder ler quase com os olhos de um leitor normal que desconhecia o texto. Lê-lo logo a seguir a escrevê-lo é má prática, pois não se guarda a distância suficiente e não se consegue detectar os vícios de português e os pontos menos claros. Habitualmente, os jornalistas não têm tempo para estes luxos. Mas quem escreve livros ou crónicas e não tem uma grande pressa, deve sempre reservar uns dias para colocar a sua escrita de molho, a repousar, para depois a ler com olhos mais críticos e poder melhorá-la”
Se com uma crônica, é importante revisar, imagine com um livro.
Meyer fez isso? NÃO! Ela terminou de escrever Crepúsculo em três meses e depois entregou à revisora. Ao longo não só do primeiro livro, mas da série toda, vemos que ela se esqueceu de detalhes, se contradisse e até mesmo se repetiu. Grande!

Passo 3: Planeje seus personagens. Não só como eles serão fisicamente ou a personalidade deles, mas a sua história de vida, o que aconteceu com eles ANTES do livro começar. Uma histórico do personagem é sempre bom. Pode ser que esse histórico, em alguma parte do livro, possa, inclusive, ser usado.
Depois de criado o histórico, fique atento para que ele não seja algo completamente inútil. Use-o, siga-o. Faça dele uma justificativa para as atitudes de seu personagem. Pense o seu personagem como uma pessoa que você conheceu ontem. O livro falará da vida dessa pessoa a partir do dia em que você a conheceu. Mas antes disso, ela viveu muito tempo, com muitas histórias, dores e alegrias que a fizeram ser o que você conheceu. Abuse disso. E mais uma vez, cuidado para não contradizer aquilo que você disse da personagem.
Meyer fez isso? NÃO! Peguemos a Bella, por exemplo. Começo de Crepúsculo, ela diz: “Odeio Forks e odeio meu pai, mas vim viver com ele para que minha mãe seja feliz”. Ok… depois Bella nos conta que sua mãe sempre foi meio irresponsável e era ela, a filha dedicada, que cuidava dela. Aí Renee casa e fica triste porque seu marido viaja muito, e ela não pode ir, porque não quer abandonar a filhinha (grande, por sinal). Mas pera… Renee não era a irresponsável, que agia sem pensar, e que era cuidada pela filha? Então, por que, de repente, resolveu cuidar de Bella, quando essa já estava grande? Aposto com vocês que Bella não se incomodaria de ficar sozinha, e nem de deixar mamãe viajar com o novo marido. Todos felizes. Mas tudo bem, relevemos isso. Bella quis ser legal, e deixou a mãe ir, mesmo que isso doesse, já que ela ia para um lugar que odiava, morar com alguém que ela não gostava muito. Altruísta, até esse ponto.
Porém, depois vemos que Bella pensa nela mesma o tempo todo (nela e no seu vampirão-mor). Abandona o pai, namora escondido (sendo que o pai deixa), ignora amigos, abandona tudo para seguir o seu coração. Oi, cadê a personagem altruísta que Meyer nos disse que Bella era? O histórico de Bella não condiz EM NADA com o que a personagem apresenta nos outros livros. Terrível.

Passo 4: definidos o enredo e os personagens principais, vamos ambientar a história. Onde se passa? Em que época? Como se comportam as pessoas que vivem nesse lugar e nesse tempo? Qual o comportamento das pessoas que têm a idade do personagem? É muito importante analisar todos esses aspectos. Não podemos colocar, por exemplo, uma garota vivendo no século XVIII e que use mini-saias ou transe antes do casamento. Porque, naquela época, as garotas usavam vestidos compridos (mesmo porque a mini-saia não existia), e sexo só depois do casamento. Ok, você até pode fazer uma garota assim, mas ela terá que sofrer as consequências de seus atos, as mesmas que qualquer garota sofreria no século XVIII. Também não podemos fazer um japonês, por exemplo, feliz porque está fazendo cursinho. Para os japoneses, cursinho é O FIM. Eles têm como meta passar no vestibular assim que acabam o colégio. É algo imposto pela sociedade japonesa, e há diversos casos de esudantes que se mataram porque não conseguiram passar de primeira. E bem, você também pode fazer um japa feliz com o cursinho, mas EXPLIQUE.
Meyer fez isso? NÃO! Edward é o exemplo-mor de tudo. Ok que ele foi mordido há uns cem anos, e que naquela época os costumes eram diferentes do nossos. Mas oi, ele NÃO VIVE MAIS NO INÍCIO DO SÉCULO XX. Aliás, ele viveu o século mais conturbado de toda a História. Se espera que ele tenha mudado junto. Ou, se não tiver mudado, que tivesse uma razão para isso. Nós mesmos, pessoas de carne e osso, mudamos, e a maior parte de nós não viveu nem trinta anos. Ou vai dizer que você continua achando Pernalonga o melhor desenho do mundo, que o seu cachorro vai falar como a Priscila da TV Colosso, ou usa aquelas calças centro-peitos que só faltam cobrir a barriga toda? Aposto como você não é mais aquela criança birrenta e chorona, e muito menos aquele adolescente sonhador e revoltado. Pois então, se nós mudamos, por que Edward Cullen não mudaria?
Além do que, Edward tem cento e oito anos. Espera-se que uma pessoa com uma idade dessas, tenha a cabeça de alguém vivido. Mas não, ele se comporta como uma pessoa de dezessete anos. A aparência física pouco importa nesse caso. Se for assim, eu mesma estou ferrada. Aparento ter dezesseis anos, mas tenho vinte. Te garanto que a minha vivência nada tem a ver com a minha cara. E se quiserem, até trago meu ex para provar isso. Ele sabe MUITO BEM como eu não tenho nada de dezesseis anos, além da cara.

Passo 5: Definida a ambientação, pense um pouco no conflito. É um conflito de verdade? Ou algo que, na vida real, seria resolvido facilmente? Um bom conflito é aquele que apresenta problemas para ser resolvido. Mas também não complique demais, a ponto de você não achar uma solução. Por isso, pense muito em como ele se desenvolverá. E quando colocá-lo no papel, LEIA. De maneira crítica. Veja se você não o estendeu demais, se enrolou demais, ou então o contrário, se ele ficou mal resolvido. É o conflito que prenderá o seu leitor.
Meyer fez isso? NÃO! Peguemos o romance Bella/Edward, dito impossível. O maior conflito da história? Oras, o que há de impossível ali? Vampiro/humana? Vejamos… Edward é vegetariano. Não suga sangue humano. Se controla muito bem perto de humanos, até mesmo perto de Bella, humana que ele resiste bravamente para não morder. Até na hora do parto de Renesmee, Edward foi o único que não se descontrolou. Leiam a ripagem abaixo. Rosalie perde o total controle, mas Edward não só fica calmo, como consegue finalizar o “parto”. Então, isso não é motivo pra romance impossível.
James? Ele impede alguma coisa, oras? James foi uma tentativa meio falha de se colocar ação no primeiro livro da saga. Facilmente derrotado, facilmente eliminado. Então, nada de romance impossível.
Volturi? Pelo final de Breaking Dawn, bem vemos que Volturis foi um empecilho à toa. Afinal, tomar chá com o pior inimigo, depois de ter preparado A GUERRA, não me parece um grande problema. Três livros lutando para acabar desse jeito? De que serviu a luta? Para separar o casal que não foi.
Jacob? AH, ESSE SIM! Esse é o único que pode, de alguma forma, ameaçar o romance dos dois. Se fosse bem desenvolvido, talvez fosse, sim, a maior prova imposta ao casal feliz, que faria o romance dos dois díficil. Veja bem, difícil. Não impossível. Um, porque Jake NÃO FOI bem desenvolvido. Dois, mesmo que fosse, Jake seria o tipo de problema que apenas incomoda, chateia, dá raiva. Mas, se Bella e Edward se amam, como dizem (*eu não acredito muito nisso, mas), Jacob não conseguiria separar os dois. Portanto, o romance não seria impossível, apenas difícil. Como nada disso acontece na saga… acho que nem nosso amado Jake seria considerado um empecilho tão forte assim. Pelo menos não nesse aspecto.
E para aqueles que disseram no inicio do passo 5 “Ah, mas é um romance de fantasia, não podemos imaginar o conflito na vida real”, tenho uma resposta. Podemos, SIM. Se Edward existisse (como vampiro, não como pessoa. Como ele, têm muitos por aí, infelizmente), e se ele se apaixonasse por Bella, seria TÃO complicado como Meyer coloca? Provavelmente não. Mas todos sabemos como a autora enrola quatro livros, sendo que toda a história podia ser contada em um só. E ainda assim seria demais.

Passo 6: Temos todo o principal da história. Agora, faltam os detalhes. Aqui podemos citar, por exemplo, os personagens secundários. Bem, como o nome diz, eles são secundários, portanto de menor importância. Porém, não os diminua a ponto de não fazerem diferença nenhuma na história. Personagens secundários existem para que a história tenha mais de um foco, e não para se enfiarem completamente na história principal. Por isso, pense com carinho neles. Dê a eles uma história própria, personalidade própria, conflitos próprios. Menores do que os principais, é claro. Talvez interligados com a história principal. Mas não os anule completamente. Personagem secundário precisa ser personagem, ainda. Se, sem ele, a história andar da mesma forma, então ele não será personagem. (*Oscar não premia ator/atriz coadjuvante à toa, sabiam?*)
Meyer fez isso? NÃO! Família Cullen. Como eu disse no meu post “O que é melhor que Twilight”, para quê a família existe? PRA NADA! Existem para ajudar o casal principal, somente. O papel deles poderia, facilmente, ser desempenhados por outros personagens. Pior: NEM PRECISAVAM SER DESEMPENHADOS. Por isso, eles não possuem profundidade, tramas paralelas, e muito menos personalidade. Repito, por exemplo, a Alice, que muda de personalidade conforma se necessita que mude. A única, na minha opinião, que chega perto de uma personalidade, é a Rosalie. Ela tem raiva da Bella, e é frustrada porque não pode gerar filhos. É o mais perto que Meyer conseguiu de uma trama paralela. Que ruim, hein?

Passo 7: Feito tudo isso, dê o seu livro para uma pessoa ler e revisar. ACEITE AS CRÍTICAS. As construtivas, é claro. A pessoa que está lendo e revisando faz o papel do seu leitor. Aceitar o que ela diz, pensar e utilizar isso a seu favor apenas enriquecerá sua história. Só depois disso, pense em publicar. Aí sim você terá um livro, no mínimo, razoável.
Meyer fez isso? NÃO! Aliás, ela não faz até hoje. A editora dela pouco muda a história, talvez por ver que tudo que Meyer escreve seja tão ridículo que venderá milhões. NÃO CAIAM NA HISTÓRIA DA VENDA. Vender muito não significa que tem qualidade. Preocupe-se com a qualidade do que escreve, é o seu nome que está indo pro público. E, se um dia, o seu livro fizer sucesso e vender milhões, como Twilight fez, e mesmo assim existir haters, como nós existimos, VEJA O QUE ELES TÊM A DIZER. Não podemos agradar todos, é bem verdade. Mas podemos tentar chegar perto. E para isso, o que é melhor do que ouvir as razões das pessoas que não gostaram? Mas Meyer não pensa assim. Ela deve acreditar na opinião dos fãs de que é a melhor escritora do mundo, e por isso não admite críticas, de forma alguma. Ou seja: a história dela continuará UMA INCRÍVEL MERDA.

Como dito no começo, ninguém é obrigado a seguir a risca esses passos. Ir além disso, aliás, é muito bom (e nem é para todos, tem que ser muito talentoso para quebrar/inovar em um livro). Porém, como disse também no início do post, são passos BÁSICOS. Qualquer um que escreve livros sabe disso melhor do que ninguém. Até mesmo uma amadora, como eu, por exemplo. Porém, Meyer não sabia. Não seguiu os passos básicos, não foi além, não fez nada. Portanto, a qualidade pode ser posta em xeque. Pena que nem todo mundo é capaz de ver isso com clareza.

Escrevam seus livros! Provem que vocês podem fazer tudo que eu disse acima, e muito mais. Eu já comecei o meu. E você? Tentará ser melhor que dona Stephenie, ou continuará achando que ela é um gênio da literatura?

Lily

About these ads

115 respostas

  1. MUITA gente precisa seguir essas regras, Lils!
    Você ownou!!Parabéns!!!

    26/05/2009 às 1:29 am

  2. Também estou escrevendo um livro. Lily, seu texto me ajudou demais! Eu estava meio embolada no meio da história, mas agora com essas dicas sinto que vou resolver todos os problemas.

    Valeu!!!

    26/05/2009 às 12:31 pm

  3. Arthur

    Por isso eu adoro os posts desse blog =]
    Não pretendo escrever um livro tão cedo, mas acho que esses passos vão ajudar muita gente, além, é claro, de seguir a proposta do blog – apontando os erros no livro e panz.
    Mas eu notei uma pequena… não diria “contradição”, mas me falta palavra melhor. No começo do post, antes de começar os passos, você diz que não existem regras pra escrever e que é até bom que cada um tenha o seu próprio estilo. Dá a entender que os escritores não precisam seguir todos esses passos e tal. Mas os passos citados são referentes ao modo de escrever, e não a escrita em si. Acho que, independente do estilo do autor, todos devem seguir essa lógica (e alguns vão além, claro).
    Mesmo que o autor não mostre o passado do personagem, creio que ele pelo menos imagine como foi =p
    Pode ser frescura minha isso tudo, mas não entendi bem sua colocação no inicio =x
    Mas, fora isso, o post ficou ótimo =]

    26/05/2009 às 3:25 pm

  4. Andrey

    Adorei o post. Vai ajudar muito quem quer começar a escrever um livro. Talvez se Meyer tivesse tido um pouco mais de cuidado na hora de escrever, poderia ter saido um livro melhor.
    Adoro esse blog! ^^

    26/05/2009 às 3:54 pm

  5. Carol

    Vivas, quando eu escrevi meu livro aos 9 aninhos segui todas essas regraaas (exceto as dos personagens secundários -> como meus personagens secundários são meus primos e vizinhos eu não achei que precisaria inventar uma vida pra eles, já que eles já têm vida ‘-’).
    É muito importante cada personagem ter personalidade própria. E uma história que justifique essa personalidade (essa do “nasci assim” morreu u.u), e ter como justificar as ações dos personagens baseado no passado deles é show! Mas dedicar um capítulo inteiro pra contar a história inútil e chata do Jasper como a Meyer fez no Eclipse fica podre ¬¬ aí não né. A história da Rosalie é legal e explica muita coisa, mas a do Jasper não, creedo, quase dormi e babei no livro enquanto lia D:
    E foi bem enquanto os personagens estavam contando suas emocionantes histórias de vida é que eu reparei que todos eles falam igual DD: eles não acrescentam comentários pessoais enquanto contam suas próprias histórias, eles apenas as narram, como se estivessem escrevendo um livro, se o contexto não informasse, seria impossível saber quem está falando! Isso é muito irritante. E poderia ser evitado ¬¬ Aqui no blog mesmo dá pra ter uma ideia, de quem é o post, só pelo jeito da pessoa de escrever. ‘-’ agora lá o Jasper, a Rosalie e o Billy falam IGUAL. Odiei ><

    Eu acho que, contanto que o autor tenha uma noção de que rumo ele quer que a história tome, é legal esse negócio de escrever o que vem a cabeça. Em narração de primeira pessoa costuma ser legal. Em Crepúsculo esse recurso de escrever em primeira pessoa estava legal. Até que depois Bella foi ficando cada vez mais chata e repetitiva, e seus devaneios eram massantes de ler. Ela ficou 2 ou 3 páginas falando que era apaixonada por Jacob mas nunca tinha percebido. Em vez disso ela poderia ter dito: "eu sou apaixonada por Jacob, mas nunca tinha percebido". Se era pra ela dar mais importância aos conflitos internos da chata da Bella, deveria escrever o livro em forma de diário. Narração introspectiva num diário fica perfeito. Ter as datas ajuda o próprio autor a regular a trama. E ia ser bom que ia dar pra gente ter uma noção do tempo já que em Twilight isso é bem confuso. Eu nunca sei se passou um dia ou uma semana já que a Bella interrompe a narração pra falar de seus conflitos e depois volta em outro lugar. O Diário da Princesa mesmo é muito legal. E é uma jovem anti-social narrando em primeira pessoa e destacando seus sentimentos. Mas Mag Cabot conseguiu fazer isso de forma que não fique chato. Meyer não conseguiu. E deu no que deu.

    26/05/2009 às 4:12 pm

  6. Carol

    *Meg Cabot

    26/05/2009 às 4:15 pm

  7. Lily

    Arthur, acho que entendo porque você não entendeu o ponto. Mas, sem querer, em seu comentário você já chegou. Você diz ” Mas os passos citados são referentes ao modo de escrever, e não a escrita em si”. E é BEM isso mesmo. Os passos que eu descrevi aqui são dicas para que a forma como a pessoa escreve o seu livro possa ser melhorado. A escrita em si, que eu chamo de estilo, não entra aqui, de fato. Para isso que eu acho que não tem receita. Há um “guia”, tipo um manual de redação que dá dicas do que pode ser feito. Mas vai do autor usar da maneira como quiser, da forma que achar melhor. Por isso eu disse que não receita, mas há os passos básicos.

    Explicado? Obrigada pela opinião!

    Beijos

    26/05/2009 às 4:30 pm

  8. Livinháa

    Uhu! Já to escrevendo meu terceiro livro (nenhum lançado ainda), e eu vivo lendo regras desse tipo pra me ajudarem na escrita. Aff’s, num tem como escrever alguma coisa sem bolar direitinho antes. Eu pelo menos não consigo. Post muito bom!!
    P.S. A Carol tocou no assunto da Meg Cabot. Alguém aqui já leu A Mediadora? A série tem vários aspectos em comum com Crepúsculo, mas dá pra ver de cara que a autora SABE escrever BEM melhor que a Steph. Pelo menos eu acho!

    26/05/2009 às 5:03 pm

  9. kakai

    Não é só a história mal contada, mas os personagens são todos iguais, todos têm o mesmo pensamento,um exemplo disso, Edward facilmente pensa em se matar, uma coisa bastante normal pra ele, a Bella fala toda hora que vai morrer se não ficar com o vampiro, o Carslile já tentou se matar, a Esme tentou se matar, credo, é muita gente querendo morrer.

    E ainda tem as contradições da Bella, como voce lê um livro em 1º pessoa no qual a personagem fala(pensa) uma coisa e se contradiz tanto mais tarde, começei a ler o livro partindo do pressuposto que ela era madura, como mesmo diz no primeiro: uma mulher de 35 no corpo de uma de 17, ela não era nada disso. Só consegui ler o eclipse e o amanhecer quando eu imaginei que a Bella poderia ser esquizofrênica, aí eu conseguia ver um sentido nas atitudes dela.

    E o romance dos dois nunca foi impossível, mas poderia ser difícil, por causa dos conflitos internos da personagem, da escolha dela em ser vampira, não é facil uma decisão destas, largar tudo, pra mim seria uma escolha entre vida(familia,amigos,humanidade,ambições) e morte(que seria o amor degradante,intenso,irresistível; seria porque no livro aquilo que foi mostrado não era amor), mas nem isso foi explorado, porque pra Bella isso não era de tanta importância, a maior dificuldade da vida dela era escolher entre um macho e outro…

    Agora, parabéns pelo post Lily, cada vez mais me apego a esse site..

    26/05/2009 às 6:51 pm

  10. Aaah, adorei, Lily! E vê se publica o seu livro para ownar a Meyer *–*

    26/05/2009 às 7:30 pm

  11. Arthur

    Opa, então é mais ou menos como eu tinha entendido =x
    Agora entendi sim, obrigado =]

    26/05/2009 às 9:30 pm

  12. Ferfa

    Eu realmente achei muito legal isso
    Faz bastaante sentido
    Só não escrevo livros porque não sou exatamente boa escrevendo, mas se um dia eu fosse, com certeza seguiria isso
    Só que detalhe: seguiria por instinto (não achei palavra melhor)
    Sei lá, pra mim tudo que você escreveu é tão… óbvio. Se você for escrever um livro, precisa disso. Só ler um ou dois livros realmente bons que você percebe.

    Mas é bem como você disse: Alguns escritores fogem a regra. Lembro de um livro da Clarice Lispector, por exemplo, que não tinha personagens secundários. Nenhunzinho. O livro era sobre o casal e ponto.
    Não que isso tenha relevancia alguma, mas achei interessante comentar.

    Muito bom o post, como todos.
    Acho muito legal esse negócio de vocês não ficarem se repetindo. Porque, convenhamos, precisa de criatividade pra fazer posts haters (ou de qualquer jeito sobre um único assunto) com conteúdo e sem escrever mil vezes a mesma coisa.
    Estão de parabéns, vocês são ótimos!

    27/05/2009 às 10:51 pm

  13. Ferfa

    Hum, acrescentando ao que eu disse acima, ficou meio estranho ahahha
    O livro da Clarice sem personagens secundários é bom. MUITO bom, por sinal. Recomendo para todos (Uma Aprendizarem ou O Livro dos Prazeres).
    Eu estava citando mesmo como alguns autores realmente bons conseguem quebrar algumas regras sem ficar ruim. Mas dai você tem que levar em conta todo o contexto do livro, como a história é narrada e tudo. No livro que ela escreveu, encaixou muito bem e acho que qualquer outro personagem secundário enfiando o nariz na história quebraria todo o clima.
    E acho melhor eu parar de tentar me explicar que eu acho que to confundindo ainda mais q

    27/05/2009 às 11:00 pm

  14. Twilight Haters

    Parece óbvio? Mais um motivo pra gente rir da Stephenie Meyer por não seguir as regras, então. E, é claro, uma prova que antes de mais nada, o que falta nela é bom senso mesmo.

    (Anísio)

    28/05/2009 às 12:29 am

  15. Nanda Saisei

    Realmente, um autor que consiga passar dos passos básicos (Ou pelo menos chegar neles) é raro. Escrever em primeira pessoa, apesar de parecer fácil, exige muito mais do autor do que em outras narrativas. Eu diria que escrever um livro em primeira pessoa que não faça os leitores abandonarem o livro na metade (Ou que faça sentido) é quase um dom. E ora bolas, além de nos provar sua falta de talento, Meyer também nos deixa claro que nem possuir inteligência ela possui (Se aventurar numa narrativa tão dificil de primeira, tá querendo provar alguma coisa Meyer? [Além da sua óbvia burrice?])
    E vagando pela blogosfera, achei uma dica de livro a primeira vista interessante. A primeira vista. O livro chama-se “Marcada”, de P. C. Cast e Kristin Cast. Lendo a sinopse, você fica com a impressão de “Ué, isso não é HP? Só que ao invés de bruxos, são vampiros?”
    Comecei a ler. E a impressão que está deixando é: Mais um livro estilo twilight. Espero que seja a péssima tradução que esteja estragando o livro. Realmente, meu coração não aguenta mais “livros” estúpidos a lá Twilight. e_e \SeelesobreviveuaTwilight,elenãomorremaisLOLxD

    30/05/2009 às 12:10 am

  16. Julia

    Lily amei! \o/
    Como prometido no meu e-mail estou participando do blog mais ativamente (comentando). Já disse o quanto eu adorei o seu post sobre o Digimon e gostei muito desse também.

    Eu escrevo. Algumas coisinhas bobas e escrevo fic. Pretendo escrever o meu livro em breve. Mesmo sendo tãããão iniciante, já percebi, assim que comecei a escrever, que essas coisas que você cita no seu post são básicas. Acho difícil imaginar alguém que comece a escrever e não veja essas coisas (e pior que tem). Porque o livro pode ter tudo isso e não ser bom, mas pelo menos ele não foge completamente do que qualquer livro deveria ter. Isso é básico, o resto o escritor pode dar o seu toque, o seu próprio estilo.

    Parabéns pelo texto! ^^

    31/05/2009 às 4:35 am

  17. Julia

    aliás acabei de ver isso: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=13534015&tid=5341637391385064208&na=1&nst=1

    auhsuahsuashuashaushasuhashaaus
    acho que não preciso comentar…

    31/05/2009 às 5:28 am

  18. Sofia

    Nanda, acho que é a tradução q ta estragando o livro. Peguei o ebook em ingles e estava melhor.Minha amiga também tem o livro e eu li boa parte e não é tão ruim quanto Crepusculo, apesar de ter alguns defeitos na narrativa e realmente ter semelhanças com Harry Potter. O ebook em portugues está com uma pessima tradução. Não é uma excelente obra, mas não chega a ser mais um Crepusculo. Ainda não vi nenhum vampiro brilhante e apesar de ter algumas coisas malucas , os vampiros ainda bebem sangue HUMANO e não saem a luz do dia. A série vai ter 9 livros e eu espero q melhore. Séria uma pena ter outra ideia boa (como a de crepusculo) estragada por pessoas q não sabem escrever (como a Meyer)

    31/05/2009 às 10:57 am

  19. Twilight Haters

    Oiiiiiiii Jú! Obrigada por vir aqui. A equipe fica MUITO feliz, principalmente eu! Tia Lily agradece o comentário.

    E nossa, eu vi o tópico. E SANTO DEUS, eu espero MESMO que o estudante de joRNALISMO veja que isso é um bando de baboseiras sem tamanho nem medidas. Aliás, tô me perguntando porque TCHONGAS o cidadão não fez ele próprio sua crítica. Será que ele é preguiçoso? Hum…

    E estou com medo do que o povo dessa comunidade espera de um jornalista, pra querer o tal de Arthur na profissão. Depois, elas xingam os jornalistas a torto e à direita e ninguém sabe por quê. Como cobrar da mídia quando elas querem algo ASSIM lá dentro?

    (*super me feri, porque quero ser uma jornalista decente, e o mesmo povo que xinga a mídia pede por algo assim. Talvez a mídia não seja tão ruim, afinal. Só o povo que não sabe o que quer*)

    31/05/2009 às 1:21 pm

  20. Carol

    Que podre esse tópico, o cara não criticou nada, só contou a história do livro ¬¬
    Quem ahazou foi o Victor F. mesmo :D

    31/05/2009 às 2:20 pm

  21. Marina

    Cara, é a 1° vez q eu entro aqui e já gostei do jeito q vc pensa. Eu só n concordo em uma única parte sobre como escrever bem. Pra mim (PARA MIM,n m refiro a outros p n levar porrada XD) o que se precisa ter definido é início e fim. O que vc põe ali no meio literalmente FODA-SE, desde que faça sentido e se consiga juntar as 2 pontas de uma forma racional. obs: amei a parte q fala do brilho.

    02/06/2009 às 7:52 pm

  22. Nanda Saisei

    Sofia, Marcada vai ter 9 livros? o_o \Caraca
    Bom, eu desisti de ler o pdf do livro. Além da linguagem tá super ruim, tem erros gramaticais grotescos. LOL Mas já que os vampiros ainda bembe SANGUE HUMANO, e como eu ainda não vi nenhum vaga-lume na série, eu vou procurar o livro em alguma livraria por aqui. e_e Só não gostei muito de como a(s) autora(s) passam de um momento para outro. A éstória fica vaga. Bom, acho que é só impressão da péssima tradução.

    03/06/2009 às 9:53 pm

  23. Sofia

    bem, primeiro eu tinha visto 9, depois eu vi 7 e agora eu não sei. acho q vale a pena comprar, a história é boa, se bem q eu achei q as autoras passaram mtu rapido do inicio pro fim sem ter um meio mtu definido.

    04/06/2009 às 2:56 pm

  24. Lilith

    Gostei muito desse post. Eu já tinha começado a escrever meu livro antes dele, e sempre que eu sento pra escrever mais, acabo perdendo mais da metade do meu tempo procurando coisas erradas no que eu já tinha escrito anteriormente. Me pergunto se Meyer fez isso…

    04/06/2009 às 7:18 pm

  25. adorei sua dica. são muito boas

    23/06/2009 às 6:42 pm

  26. Luna Fortunato

    De todas as regras, já quebrei a primeira e a história ficou quase um desastre porque entrei em contradição. Ainda bem que notei, corrigi e ficou aceitável. Depois disso prestei atenção pra não errar mais do tipo e passei a me planejar mais.

    Uma dica a mais: tenha pessoas sinceras que leiam sua história. Elas vão criticar tudo que acharem que deve ser criticado – por sorte, tenho amigas assim: que lêem o que foi publicado e falam o que acharam. E elas não agem diferente só porque são amigas, inclusive já alterei a personalidade inteira de uma personagem por causa de uma crítica pesada que fazia todo o sentido. Gosto muito de escrever e pra mim o maior prazer é justamente as histórias paralelas que Meyer nem dá atenção: históricos, ações, etc.

    Meyer é uma escritora lamentável. Não vou dizer que sou melhor, muita ousadia – embora intimamente ache que ATÉ EU sou melhor que ela, e olha que a minha história era pura zoação no começo, bem infantil. Mas sei comparar e criticar, e devo dizer: Meyer não merece as honrarias e a idolatria.

    18/07/2009 às 1:57 pm

  27. Luh

    Já tinha ouvido as regras anteriormente, porém num contexxto muito confuso. Aì estava bem mais simples. Me ajudou com o livro que eu estou TENTANDO (leia-se tentando, eu não sou a meyer que acha que escreve bem) e outra, estou virando hater só de ler o site ( os bons argumentos temperados com uma GRANDE dose de bom humor, me fizeram rir e refletir) eu até gostava um pouquinho de twilight antes, mas já o achava ruim. Bem então, obrigado pelas dicas e pela análise de twilight!

    23/09/2009 às 3:03 pm

  28. marlei araujo costa

    gostaria de obter um espaço em uma editora para faser um livro aceito qualquer tema para escrevelo. muita das veses as portas se abrem para novos escritores com somente uma oportunidade busco esta oportunidade

    25/10/2009 às 10:45 am

  29. susi

    Com esta tela em preto é realmente cansativo ler esta materia.

    07/11/2009 às 12:30 pm

  30. susi

    irei imprimi-la, pois me parece ser bem interessante.
    obrigada por nos ajudar a clarear a mente.

    07/11/2009 às 12:34 pm

  31. caco

    adorei as dicas,estou começando meu livro e achei melhor saber como se faz primeiro,afinal eh meu primeiro.mais nao sera o unico.valeu gente.

    08/11/2009 às 4:31 pm

  32. caco

    se alguem quizer se comunicar comigo eh so me add no msn:cacomg57@hotmail.com

    08/11/2009 às 4:32 pm

  33. MARLEI ARAUJO COSTA

    domingo, 6 de dezembro de 2009
    E TEMPO DE MUDAR

    TEMOS MUITAS OPORTUNIDADES MAS NA MAIORIA DAS VESES DEIXAMOS DE LADO OS NOSSOS DEVERES E ATE MESMO NOSSA ATITUDE OU POSTURA PARA TOMAR POSIÇAO DIANTE DE UMA CITUAÇAO QUE PRESCISE DE UMA DESCISAO NOSSA .VEJAMOS BEM SOMOS BRASILEIROS , NASCEMOS E SOMOS ORIUNDOS DESTA TERRA MARAVILHOSA E ABENÇOADA POR DEUS E DIFICIL ACHAR UM PAIS COMO NOSSO EM TEMPO CLIMATICO EM RIQUESAS MINERAIS EM UM POVO DE BELA FISIONOMIA ,EASSIM SUSCETIVAMENTE .MAS DA DE SE ENVERGONHAR DOS NOSSOS GOVERNANTES OU SEJA A NOSSA ATITUDE ATRAVES DO VOTO QUE ELEGEMOS ,LADROES ,ESTERIONATARIOS ,PESSOAS SEM CARATER E COMPROMISSO COM SUAS OBRIGAÇOES ,A QUE VOI ELEITO E GANHA PARA GOVERNAR PARA UMA NAÇAO ,VOTANO LEIS EM BENEFICIO DE SI PROPRIO E NAO ESTA NEM AI COM A NESCECIDADE DOS CIDADOES DE BEM QUE PAGAM EM DIA SEUS IMPOSTOS ,DRIBLAM ALEI POISW A LEI DIZ QUE QUEM ROUBAR TEM PAGAR JUNTO COM A JUSTIÇA BRASILEIRA PELO ATO INFRACIONAL, MAS ROUBAM E NAO SAO PRESOS .QUE VERGONHA NOSSOS PARLAMENTO ,NOSSOS SENADO ,NOSSOS JUIZES ,TODA GESTAO QUE INVOLVE O GOVERNO DESTE PAIS ,NOS ENVERGONHAO ,SE OUVESSE PENA DE MORTE PARA LADROES E POLITICOS CORRUPITOS SE OUVESSE HOJE UM JULGAMENTO PARA DETERMINAR UMA SENTENÇA HOJE TERIAMOS DER UMA NOVA ELEIÇAO AMANHA PORQUE TODOS SAO LADROES E CORRUPITOS .SO NOS RESTA MOSTRAR PARA O MUNDO O QUE FOMOS AGRAÇIADOS POR DEUS ATRAVES DAS BELAS PAISAGEM BELAS FLORESTAS ,CACHOEIRAS ,UMA DIVERSSIDADE CULTURAL QUE ESTE POVO MARAVILHO E UMILDE TEM E MUITA DAS VESES NOS NOTICIARIOS ATE MESMO INTERNACIONAIS ATOS DE VIOLENCIA ATE MESMO COISAS DESUMANAS QUE OS POLITICOS INCENTIVAM MUITOS A FASEREM POIS ATRAVES DE SUAS ATITUDES QUE SAO IMPUNES MUITOS ACREDITAM QUE ASSIM COMO ELES FICARAM IMPUNES.
    Postado por GRUPO ARAUJO COSTA às

    06/12/2009 às 8:57 pm

  34. não estou escrevendo o que pode se chamar de livro, é mais uma fanfic com uma história a parte. E eu ainda tou dando uns puxões de orelha na outra autora porque no começo ela fez uma história bem no estilo twilight, eca.

    Eu tenho uma amiga que ela tem só 15 anos (falo nada, tenho 13) e escreve histórias lindas, a maior parte delas fala sobre o caráter humano, sobre todas as causas egoístas que as pessoas fazem e tal, e ela escreve melhor que a Meyer. Pena que ela só escreve fanfics :S

    08/12/2009 às 9:44 pm

  35. matheus.padaeck

    AH cra, qe demais.
    meus parabens LIli sem palavras pra dizer o quanto isso foi maravilhoso.

    08/12/2009 às 10:38 pm

  36. FAN DE SANGUE

    OK AS REGRAS AJUDAM MAIS SE É PARA DAR OPINIAO LA VOU EU:

    1-BELLA A MOMENTO ALGUM FALA QUE ODEIA SEU PAI ANTES DE INVENTAR AS COISAS LEIA ANTES
    2-SE NAO FOSSE OS PERSONAGENS SECUNDAIOS MUITO COISA NAO ACONTECIA PRICIPALMENE EM LUA NOVA.( NO INICIO COM JASPER E A ALICE TAMBEM FEZ M UITO COISA)
    3-JAMES TAMBEM NO LIVRO FEZ MUITA COISA PRINCIPALMENTE MOSTRA A HISTORIA DE ALICE E DAR A IDEIA PARA EDWARD SE IR PARA OS VOLTURIS CASO SE BELLA NAO SOBREVIVESSE.
    4-QUERIA O QUER? QUE OS VOLTURIS MATASSEM A GALERA TODA? SE TOCA O LIVRO É DE ROMANCE NAO DE ACAO.
    5-SOU SIM UMA FAN PSICOPATA DA SAGA SUA INVEJOSA SEI QUE VOCE VAI ME XINGAR DEPOIS MAIS NAO TO NEM AI JA FIZ QUE QUERIA MESMO SABENDO QUE NAO VOU MUDAR A OPINIAO DE NINGUEM.

    08/12/2009 às 11:37 pm

  37. Twilight Haters

    “1-BELLA A MOMENTO ALGUM FALA QUE ODEIA SEU PAI ANTES DE INVENTAR AS COISAS LEIA ANTES”

    Ela diz só que não teve muito contato com o pai. Ok, preciso concordar com você nessa.

    “2-SE NAO FOSSE OS PERSONAGENS SECUNDAIOS MUITO COISA NAO ACONTECIA PRICIPALMENE EM LUA NOVA.( NO INICIO COM JASPER E A ALICE TAMBEM FEZ M UITO COISA)”

    Eles servem pra facilitar as coisas pra Bella e Edward. Oh, meu Deus, grande participação.

    “3-JAMES TAMBEM NO LIVRO FEZ MUITA COISA PRINCIPALMENTE MOSTRA A HISTORIA DE ALICE E DAR A IDEIA PARA EDWARD SE IR PARA OS VOLTURIS CASO SE BELLA NAO SOBREVIVESSE.”

    Hm, de novo, serve pra muita coisa. Como reforçar o amor de Bella e Edward.

    4-QUERIA O QUER? QUE OS VOLTURIS MATASSEM A GALERA TODA? SE TOCA O LIVRO É DE ROMANCE NAO DE ACAO.

    Romeu e Julieta morreram no final. Tristão e Isolda morreram no final. E, meu Deus, são livros de romance, não de ação!

    5-SOU SIM UMA FAN PSICOPATA DA SAGA SUA INVEJOSA SEI QUE VOCE VAI ME XINGAR DEPOIS MAIS NAO TO NEM AI JA FIZ QUE QUERIA MESMO SABENDO QUE NAO VOU MUDAR A OPINIAO DE NINGUEM.

    Hm, não, eu não vou xingar você. To serena hoje.

    Ana

    09/12/2009 às 8:31 am

  38. Twilight Haters

    Gente, ainda BEM que ela assume que é psicopata. Não que eu ache normal alguém ter orgulho de saber disso e falar, mas enfim.

    *será que ela sabe o que é psicopata, aliás?*

    Enfim, a Ana me disse tudo que eu queria. Tirando a parte da Bella e do pai. Pra mim, ela disse SIM que ela odiava o Charlie, logo no prólogo. E sim, eu li, precisa ficar dando ataque não.

    E cara, se a Ana não te xingou, imagime EU, que nunca xingo, a não ser quando merece mesmo? Eu gosto mais é de provocar os macaquinhos, sabe como é.

    Lily

    09/12/2009 às 9:42 am

  39. Twilight Haters

    Alguém me explica comofas uma fã de sangue? E esse grupo Araújo Costa, vem de onde? kkk.

    Concordo com a Lily que a Bella odeia o próprio pai. Tudo bem que ela nunca diz isso, explicitamente, mas dá pra interpretar coisas nas entrelinhas até em uma história vazia e imbecil como Twilight, então voilá. rs.

    No mais, acho bonitinho a menina confundindo personagem com plot device. Se bem que tá mais pra romance-água-com-açúcar device, mesmo.

    (Anísio)

    09/12/2009 às 2:53 pm

  40. nossa…..eu realmente espero seguir esses passos.
    Já estou começando a escrever um livro, e esses passos vão me ajudar (já está me ajudando!!). mas tbm vou ler outros livros pra saber no q eles inovaram. vc axa q é uma boa?

    02/01/2010 às 8:36 pm

  41. Gaby

    Primeira vez q entro nesse site, gostei muito da ajuda.
    Estou escrevendo um livro(tentando) e estáva quase desistindo, pq estáva me embolando com a história alguns argumenros estava seguindo, e tomara q comsiga seguir as ajudas.
    E gostaria de depois de tudo pronto queria passar a históra para vc analizarem em partes. POSSO ? Ia ser uma ajuda escelente, para ver se tenho o dom da escrita.

    Comprei os livros da saga pelos outros pensando q era legal, bom até em alguns aspéctos, mais ñ achei grande coisa poderia melhorar ñ um pouco mais muito. Por mim ela se perdeu na históra, ñ soube ascimilar, eu acho q ela ñ passou o que pensava, acontece.
    Por mim é uma história interesante que retrata um amor.(quem ñ queria ter um amor desses tudo fácil de mais)Bom é uma história gostosa de ler mais presisava de algum melhor.

    Obrigada….

    07/01/2010 às 11:01 pm

  42. Manu

    Olá! É a prmeira vez q entro no site. Gostaria de parabenizar os organizadores. Tambem estou escrevendo um livro. As dicas serão muito uteis! Grata

    11/01/2010 às 12:42 pm

  43. Thais

    Adorei, foi de muita ajuda mesmo… antes de começar a história, resolvi procurar como se fazia. Obrigada!

    14/01/2010 às 9:58 pm

  44. Fellipe

    Queria parabenizá-la pelo seu post. Estou começando a escrever um livro e senti como é difícil logo no começo. Espero usar suas dicas para me situar em momentos de dúvidas e conflitos mal resolvidos. Obrigado !

    16/01/2010 às 1:48 am

  45. Lindy

    Eu gostei muito das suas dicas vão me ajudar bastante.
    só acho que vc fala mal de um livro que vendeu mas de 75 milhoes de exemplares.Será que se ela fizesse igual vc ta falando ela teria feito sucesso??? talvez sim talvez~não
    então eu acho ela uma otima escritora
    e desculpa se o que vou dizer pode ou vai te magoar.
    Mas talvez se você tivesse “inovado” como ela teria sido uma excelente escritora ..
    bye e beijos com carinhoss
    p.s não quero mudar sua opinião eu quero apenas mostrar a minha ..

    17/01/2010 às 6:48 pm

  46. Olá. Olha acredita em ti…eu tambem não escrevia e quando pus os meus capitulos na net muita gente gostou(mais de 6 milhoes)
    se quiseres ver mais ou menos para te inspirares vai ao meu site
    http://www.scribd.com/Jorge Nunes
    fica bem e nao desistas

    19/01/2010 às 10:38 am

  47. Vivilym

    Quero agradecer pelas otimas dicas, pois sou apenas uma criança, tenho 10 anos e pretendo escrever meu proprio livro e manda-lo para a editora abril suas dicas me ajudaram muito!!

    22/01/2010 às 2:56 pm

  48. Mel

    Ela só fez o maldito sucesso por causa do filme.
    J.K.(embora seja covardia comparar) acrescente mais um H.P. divida por dois tudo o que foi vedido veja o valor e você vai perceber que não quanto tempo está fazendo que vende mais e sim o modo de escrita. J.K. NÃO vendeu mais livros por escrever a mais tempo, só teve capacidade psicológica de fazer uma história de fantasia interessante e triste. Jacob foi ridiculamente mal usado. Eu preferia que ele ficasse com a Bella pois ele não se importava em sua loucura e sim na paixão que tinha por ela, sem contar que ele é muito mais altruista do que o purpurinado de 108 anos. Veja se entende o nexo Lindy, porque a maioria desses livros foram comprado por posers que só compraram o livro pra dizer que tem e o Robert Patinho só fez sucesso pois atuou em H.P.. Não diga em inveja. Leia algo realmente interessante e não uma história de uma menina obsessiva e um vampiro melows.

    06/02/2010 às 11:23 am

  49. Sandro

    Bom, devo dizer que suas dicas me ajudaram bastante! Já sabia de algumas coisas mas ia me passar em outras. Com relação a saga Crepúsculo, acho apenas que é mais uma moda passageira. A escritora simplesmente deu muita sorte, porquê com certeza não chega nem perto de ser uma das melhores. Excelentes dicas, gostei mesmo. A mais de 8 anos comecei a desenvolver um mundo de fantasia, hoje já são cinco ao todo e que dão vida a minha história que por hora batizei de FiveWorlds, foi meio que por falta do que chamar, mas o nome acabou pegando… ^^ Na verdade, a história foi projetada pra ser um jogo, e é o que pretendo fazer, já que vou me formar em design 3d e desenvolvimento de jogos. Mas o FW tem tanto conteúdo disponível que consegui desenvolver uma trama interessante e completa, creio que com as dicas desse site o meu livro vai ficar com um melhor desenvolvimento, muito obrigado mesmo! Agora só falta colocar a mão na massa, por enquanto fiz apenas a introdução.

    Atenciosamente, Sandro.

    Ps: Se possível, gostaria de conversar com você via msn ou algo do gênero, pois queria alguns conselhos de alguém que entenda MESMO do assunto, caso possa entrar em contato, basta adcionar o e-mail dessa mensagem no msn, eu fico online com ele quase o dia todo e o final é assim mesmo.(nada de hotmail.com, hehe).

    Abraço!

    08/02/2010 às 9:34 am

  50. Oi Lily… ADOREI seu post, dei muita risada (eu tb odeio essa merda de crepusculo), bom me ajudou muito e espero que ajude uma amiga minha que está escrevendo um livro inspirado no crepusculo… bom ela só tem 12 anos né era de se esperar dela se apaixonar por uma coisa dessas… mas eu mesmo tendo a mesma idade consegui resistir (o que não foi dificil) e estou escrevendo um romance nada a ver com crepusculo… é naverdade a história de um multi artista que se apaixona por uma garota que tem um namorado (infelizmente) e tenta mostrar para ela que ele a ama… e já que você faz uma otima critica a livros… eu gostaria que vc criticasse o meu tb… bjs parabens!

    10/02/2010 às 1:50 pm

  51. Vicky

    Oi Lily,valeu a dica,Agora que eu entendi como comessar um livro direito, ja escrevi 2 e sem pratica alguma e estou atras do terceiro!Grassas a vc , o meu livro ficara muinto bom!
    Meus parabens….

    18/02/2010 às 6:09 pm

  52. edmilson dos santos

    depois destas dicas e da análise da obra vampiresca, duas coisas eu vou fazer:
    1- vou criar uma estória anti-vampiro. já posso até ver o enredo: um esquadrão anti-vampiros bem no estilo G.A.T.E. e com cenas descritas dignas de um roteiro do filme Blade (sem ser exagerado é claro);
    2- já tenho até um nome para o vampiro-mor, o chefão, o manda-chuva do meio sanguinolento: randolph von MEYER
    que tal?

    18/02/2010 às 6:29 pm

  53. Katharina

    eu entendi que vc disse que os problemas deles era dificieis e nao impossiveis mais o que vc quer dizer com amor impossivel entao? tipooo algo os separessem de vez?

    21/02/2010 às 3:06 pm

  54. Post super interessante!

    28/02/2010 às 8:12 pm

  55. carol

    Bem! houve uma altura em que gostei de Crepusculo, unicamente por que era uma historia diferente… mas é verdade o que a Lili disse! Meyer nao segiu os passos basicos…espalhou-se ao comprido! ah! acho muito bem que haja alguem com o bom senço de nao achar que a Stephenie Meyer é uma heroina!
    Quanto à questao dos livros… todos os que o leram ficaram chocados… eles achavam a meyer uma heroina e perguntavam-me como e que eu poderia ter escrito um livro melhor que o dela… nao e muito dificil!:)

    07/03/2010 às 8:52 pm

  56. cirineu

    não vou dizer que não foi disastrozo(porque realmente foi)..mais as mesmas dififuldades eu tó tendo…as ideias são boas (eu tenho certeza)mais e os dialogos atrentes…cm posso enriquecer ele…tó fazendo até peça de teatro…e tó mossegando os teateiros..mim help……………por favor..
    e-mail:cirineu_soares@hotmail.com
    bjs e a materia tá joia!!!!!!!!!

    15/03/2010 às 11:29 pm

  57. nao gostei deste site por que ele nao essina nada e é muito comprido para ler tudo

    24/03/2010 às 6:27 pm

  58. yasmim

    Lili, você me ajudou muito, pois estou começando a escrever um livro e acredito que todas essas dicas vão me ajuda-lo a faze-lo!

    PS: Eu adoro Meyer, e não concordo com alguns pontos do que você postou, acho que algumas de suas palavras expressaram sentimentos de pesssoas que não entenderam o romance e que só o leram para crítica-lo, algumas de sua críticas podem até ser construtivas, mas acho que você estar enganada em vários pontos, acho que você não compreendeu a intensidade das palavras escritas por Meyer, mas o que é o Mundo sem críticas?
    Além disso, de vez enquando, é bom fazer as coisas sem pensar, sem ter um plano, como Meyer fez e ficou maravilhoso! Minha opinião sincera é que as pessoas que se preparam demais e não ver nada além de como vai ser aquilo ou isso, acabam se esquecendo de botar o principal, o que o publico mais ama que é a Emoção, um livro sem emoçõa não é nada!
    Me perdoe se eu fui rude, porque não foi minha intenção!
    Apesar de tudo adorei as várias dicas que você me deu, e acredite eu já vi vários blogs, mas o seu foi especial e foi o único que até agora mereceu minha atenção para um comentario!
    Bjosss e continue postando!

    06/04/2010 às 5:52 pm

  59. mainaldo medeiros

    estou terminando de compor um livro. Qual o melhor ou qual o caminho a percorrer para que eu possa leva-lo a uma editora sem que corra um risco qualquer?

    17/05/2010 às 11:14 pm

  60. camila

    O que importa é que Stephenie Meyer faz um sucesso enorme. Cada um escreve como deseja, não existem regras especificas a serem seguidas ao escrever um livro.
    O livro pode conter esses pequenos erros, mas isso nao interferiu no enredo, na historia principal que é sobre o amor entre Bella e Edward. E foi isso que conquistou milhares de fas e fez de Stephenie Meyer uma escritora de sucesso e mundialmente reconhecida

    05/07/2010 às 6:02 pm

  61. camila

    Esses erros não fazem uma pessoa não gostar da saga. Não interfere na historia principal. E quem não gosta da historia, vive procurando defeitos no modo como é escrito e tal…
    Ao inves de só verem os lados negativos, vcs podiam ver os lados positivos, não só da Saga ou da Stephenie, mas de tudo. Isso ajudaria e muito na vida de vcs

    05/07/2010 às 6:06 pm

  62. Twilight Haters

    “Cada um escreve como deseja, não existem regras especificas a serem seguidas ao escrever um livro.”

    Existem. Acredite.

    05/07/2010 às 7:59 pm

  63. ...

    haha… se o livro da Steph está tão mal escrito, então POR QUE os livros são o maior sucesso? POR QUE Steph ficou mundialmente conhecida? POR QUE a saga é um fenomeno mundial? POR QUE os livros vendem tanto??? Agora… isso vcs não sabem responder, neh..

    08/07/2010 às 2:55 pm

  64. ...

    Eu acho que quem odeia a Saga é porque não consegue ver a intensidade no amor entre a Bella e o Edward. Não consegue enxergar as qualidades, só ve os minimos defeitos pra sair por aí criticando. E essas pessoas que não gostam, os motivos não são os que foram citados neste post. Ou é pq não entende a historia, ou pq não gosta de romance, ou pq não aceita que uma escritora não conhecida conseguiu ficar mundialmente conhecida apenas com a Saga. E apoosto que se vcs decidissem escrever um livro, esse livro jamaais faria taanto sucesso quanto a Saga Crepúsculo!!!

    08/07/2010 às 3:06 pm

  65. Twilight Haters

    “haha… se o livro da Steph está tão mal escrito, então POR QUE os livros são o maior sucesso?”

    Existe muita gente de mau gosto no mundo.

    “POR QUE Steph ficou mundialmente conhecida?”

    Existe muita gente de mau gosto no mundo.

    “POR QUE a saga é um fenomeno mundial?”

    Existe muita gente de mau gosto no mundo.

    “POR QUE os livros vendem tanto???”

    Existe muita gente de mau gosto no mundo.

    Mais alguma pergunta? Ficaremos felizes em responder.

    “E essas pessoas que não gostam, os motivos não são os que foram citados neste post. Ou é pq não entende a historia, ou pq não gosta de romance, ou pq não aceita que uma escritora não conhecida conseguiu ficar mundialmente conhecida apenas com a Saga”

    Ou seja, você acha que Crepúsculo está acima de qualquer crítica. É isso? Qualquer um que achar algo de ruim na Saga (tem que escrever com letra maiúscula, claro) é só um recalcado invejoso ou no máximo um ignorante?

    Nossa, nesse caso a Stephenie Meyer é a escritora mais injustiçada da história, né? Assim, ela foi a primeira, veja bem, A PRIMEIRA a conseguir ser unanimidade, incriticável, e as únicas pessoas que lêem os livros dela são menininhas na puberdade (de todas as idades, claro, mas mesmo assim).

    Chegará um tempo em que o mundo entenderá a genialidade de Stephenie Meyer.

    (Anísio)

    08/07/2010 às 3:55 pm

  66. Twilight Haters

    “se o livro da Steph está tão mal escrito, então POR QUE os livros são o maior sucesso? POR QUE Steph ficou mundialmente conhecida? POR QUE a saga é um fenomeno mundial? POR QUE os livros vendem tanto???”

    Vivemos num mundo onde Justin Bieber e Calcinha Preta fazem sucesso.

    Respondido?

    No mais: eu consigo enxergar as qualidades de EUROTRIP (sim, EUROTRIP. É, eu to falando de EUROTRIP), eu gosto de romance e eu não aceito mesmo que uma escritora (cof cof cof cof) possa ter ficado famosa com a Saga. Vai que ela resolva expandir os horizontes um dia, argh.

    E, de fato, um livro meu não faria sucesso. O povão tem mal gosto.

    Ana

    08/07/2010 às 7:26 pm

  67. ...

    Eu acho que quem tem mal gosto aqui são esses ‘haters’. Gosto não se discute. Mas como vcs estão falando podemos dizer que se a maioria gosta, a minoria é quem tem mal gosto. Se a Saga é um sucesso, a maioria gosta e os ‘haters’ sao quem tem mal gosto.

    09/07/2010 às 4:16 pm

  68. Twilight Haters

    É, Camila, você tem razão.

    O sucesso de Calypso não te deixa mentir.

    09/07/2010 às 5:55 pm

  69. Pingback: Twilight Haters BR – como tudo começou e porque tudo continua « Twilight Haters Brasil

  70. Maria Paula

    Veja se entende o nexo Lindy, porque a maioria desses livros foram comprado por posers que só compraram o livro pra dizer que tem…[2]FATO
    Eu [igenuamente] comprei A COLEÇAO INTEIRA..gastei presciosos 120 reais com “livros” dos quais me dao vontade de jogar no lixo
    E digo isso por experiencia propria em relaçao ao que o rapaz disse
    So comprei PRA DIZER QUE TINHA…podia ter comprado uma calça…ou ate um ano de papel higienico…mas vou da um desconto pra mim…as vezes me da a louca e ouço calypso,principalmente quando quero beber e vomitar
    Mas devo ser um pouco contraditoria….nao considero a Smeyer de um todo “analfabeta literaria”, foi o primeiro livro dela e acho que aluns[poucos] aspectos foram cagados por igenuidade
    Otimo post!!*-*

    E lovers…se nao querem ler o que nao querem [qé isso mermã kkk],entao vao visitar algum site lover porque do mesmo jeito que voces tem prazer de se masturbar[desculpa a palavra] o drogado do patt ou idolatrar a azeda com caradedor quenuncafechaaboca agente tambem tem o prazer de acabar com eles….alias,eles sao famosos e estao propicios a receber elogios e criticas
    VALEU :*

    17/07/2010 às 5:57 am

  71. Maria Paula

    PS: a azeda com caradebunda quenuncafechaaboca é Kiki pra quem nao sabe :D

    17/07/2010 às 6:00 am

  72. José Maurício

    Estou escrevendo um livro, a muitos anos comecei a rabiscar as ideias , hoje , ja esta mais esclarecida , escrevo vendo a história passar na minha mente , sou muito critico e sempre penso em algo real, estes passos só me ajudam a realizar este meu desejo de forma mais verdadeira. Um abraço e muito obrigado

    17/07/2010 às 1:19 pm

  73. Gabiella

    AMEI o post!!!!Com isso fica bem claro que a S.Meyer não fez merda nenhuma disso, e se fez, fez muito mal!!!!!!!Sinceramente acho que esta “saga” vai ser esquecida logo(rezando muito por isso!!), pelo menos até surgir uma coisa realmente boa e que valha a pena dizer que o escritor(a) é um gênio!!!!!
    Só fico me perguntando como as criticas de Crepusculo são boas…
    Mas pelo menos tem gente que acha esta “saga” um lixo e que seria melhor aproveitada como lenha(na minha opinião)ou então como papel higienico XP……

    P.S.:eu considero a J.K.rowling um gênio!!!!!!

    18/07/2010 às 3:52 pm

  74. isabella

    Se a Saga é tão ‘podre’ como vcs falam, pq fa taanto sucesso?? rsrs… E quem fala que a Steph não sabe escrever, duvido que escreva melhor que ela pra ficar falando que ela não sabe escrever. Pq ela sabe escrever sim (fato) e a narração dela não é cansativa. Isso pq eu ja li muitos livros que eu mal conseguia ir ate o final.
    E a Saga conquistou milhares de fans pela historia, pela narrativa, pelos personagens. Não pelos atores pq a saga ja vendia milhoes antes dos filmes estrearem. E quem realmente gosta, assim como eu, a Saga jamais será esquecida. Pode diminuir a fama (assim como hp) mas quem leu e amou, jamais ira se esquecer dessa linda historia de amor.
    E quem fala que comprou so pra falar que tem, é por isso que nao gostou. Vcs deviam comprar tipos de livros que gostam. Se nao gosta de romance ou ficção, pra que comprar? Isso é mais questão de gosto de cada um do que a qualidade dos livros. E gosto não se discute.

    26/07/2010 às 10:34 pm

  75. Twilight Haters

    Isabella, apesar de eu ter vontade de bater em gente que vem comentar isso que você comenta (graças a Deus, diminuiu, mas acredite, eram uns 800 por dia), não consigo não responder :(

    “Se a Saga é tão ‘podre’ como vcs falam, pq fa taanto sucesso??”

    Pq o povo tem mal gosto.
    Você não vai MESMO me fazer listar filmes, livros e músicas que são realmente ruins e fazem sucesso, né? Porque aparecem por aí o tempo todo.

    “E quem fala que a Steph não sabe escrever, duvido que escreva melhor que ela pra ficar falando que ela não sabe escrever.”

    Bom, modéstia à parte, eu escrevo. Cof. Bem melhor, diga-se de passagem.

    “Pq ela sabe escrever sim (fato) e a narração dela não é cansativa. Isso pq eu ja li muitos livros que eu mal conseguia ir ate o final.”

    Ela sabe escrever, duh. Você também sabe, qualquer um que foi alfabetizado sabe. É óbvio que é fato. Mas daí a escrever bem…
    Narrativa que não cansa não é prova de que alguém escreve bem. Infinitos best-sellers, autoajuda e porcarias não são cansativos e são… ew. E você ler vários livros até o fim provavelmente prova que você tem preguiça de ler, e não que os livros são ruins. Digo, aposto que você fala de gente tipo o Machado de Assis quando diz que não consegue ir até o final… novidade pra você: isso é um livro bem escrito, um tantinho mais complexo que as narrativas mais simples e não-cansativas (que nem sempre são ruins).
    (um adendo: nem todo mundo que não termina um livro porque achou complexo é preguiçoso. Eu nunca consegui acabar O Lobo da Estepe e, bom, dificilmente largo algo pela metade se ele promete ser bom… então tá, não to generalizando, gente chata que gosta de tomar dores)

    “E a Saga conquistou milhares de fans pela historia, pela narrativa, pelos personagens. Não pelos atores pq a saga ja vendia milhoes antes dos filmes estrearem. E quem realmente gosta, assim como eu, a Saga jamais será esquecida. Pode diminuir a fama (assim como hp) mas quem leu e amou, jamais ira se esquecer dessa linda historia de amor.”

    …há controvérsias.
    Me diz ae quem ainda é fã dos Backstreet Boys hoje. No final dos anos 90 e no começo dos anos 2000, tinha nega que se matava pelos caras. Só pra constar, assim.

    “E quem fala que comprou so pra falar que tem, é por isso que nao gostou. Vcs deviam comprar tipos de livros que gostam. Se nao gosta de romance ou ficção, pra que comprar? Isso é mais questão de gosto de cada um do que a qualidade dos livros. E gosto não se discute.”

    …wtf?
    Alguém compra livros só pra falar que tem? o.O

    Mas tá. Eu gosto de romances e ficção e não gosto de Twilight. Ahn.

    E tá de novo, concordo que algumas coisas são questão de gosto e gosto, infelizmente, não se discute (se lamenta). Concordo mesmo. O negócio é que as pessoas simplesmente não entendem que muitas vezes gostam de coisas que-não-são-boas. E que não tem problema nisso. Pode ser a pior merda do mundo, mas não tem nada de errado se você gosta e tem ciência de que é uma merda e você só gosta porque sim. Oras.

    Ana

    26/07/2010 às 11:08 pm

  76. isabella

    Ana, só para vc saber, eu amo as historias e os livros de Machado de Assis. Já li a maioria e não por obrigação, mas por passatempo.Eu amo muito ler, sou viciada em livros.. E quando começo um livro, sempre vou até o fim. Mas tem historias que são muito cansativas, oq nao me impede de ir ate o final. É apenas cansativo! A historia pode ser ótima, mas tbm tem que ter uma boa narração
    E falando de mal gosto, “Gosto não se discute. Mas como vcs estão falando podemos dizer que se a maioria gosta, a minoria é quem tem mal gosto. Se a Saga é um sucesso, a maioria gosta e os ‘haters’ sao quem tem mal gosto.” _
    E pra vc saber, a propria Maria Paula disse que só comprou pra falar que tem (oq eu acho ridiculo)
    E o que eu quis dizer, é que quando (eu, pelo menos) leio um livro e gosto de verdade, não me esqueço dos detalhes e nem da historia. E guardo o livro onde possa conservar a historia.
    Já li muitos outros livros sobre vampiros e coisas sobrenaturais, mas para mim, nenhum supera crepusculo. Leio os livros que estão lançando e fazendo sucesso, mas de sobrenatural, o melhor é crepusculo. Claro que tudo é questão de opinião e gosto, mas acho que muitos concordam e por isso a saga faz tanto sucesso. E assim como eu, muitas fans passam a procurar livros ‘parecidos’com a saga, como diarios do vampiro, house of night, etc. É por isso que vampiros começaram a fazer sucesso, pq as pessoas leram, gostaram e passaram a procurar mais historias de vampiro. Agora, lançam series, livros e filmes de vampiros. E tudo isso mostra como twilight faz sucesso e como as pessoas gostam

    28/07/2010 às 8:27 pm

  77. Jeu

    Adorei seu post! Quando eu li Crepusculo achei perfeito, o melhor livro que ja tinha lido ( e olha que ele foi o segundo livro que eu li na minha vida toda) e fiquei viciado por leitura ( eu agradeço crepusculo por isso) mas depois que eu fui lendo outros livros ( muitos livros de vampiros) eu vi como a historia de crepusculo foi mal formulada, nao tem um pingo de ação ( no quarto livro quando vc pensa que os Volturi vao dar porrada na bunda mole dos Cullen nao tem porr* nenhuma! eu fiquei revoltada porque adoro livros de acao) e é mt lenga lenga pra aguentar, é so a retardada da bella e o masoquista do edward ( que a principio achei ele o homem perfeito ¬¬ como eu era ignorante). nao vou criticar tanto porque sei que crepusuclo é uma historio de um amor que se diz ser impossivel ( mas nao é!!!)

    cRESPUCULO SO TEVE TANTO SUCESSO PORQUE FOI UMA IDEIA NOVA, FORA DO COMUM E PORQUE TEVE MUITO MARKETING ( EU SO FUI SABER QUE EXISTIA DEPOIS DE MAIS DE ANO DEPOIS QUE LANÇO).

    Meyer estragou personagens que tinham tudo para serem otimos ( como Alice, Carlisle, jasper) e unica que teve um pouquinho de personalidade foi Rosalie ( que sinceramente na minha opniao tem uma personalidade muito melhor do que Bella) e Esme e Emmet? esses nem tiveram uma historia!!!!! como que pode isso vey? Sacanagem da Meyer!

    engraçado como que isso virou um post de sicussao sobre as habilidades de escrita de meyer e não sobre como escrever um livro. kkkkk

    Quem acha crepusculo a melhor coisa do mundo é porque nunca espandia os seus horizontes. House of Night é muito melhor apesar de ser muito viajado na bananinha! e quem já leu Vampire Academy? nao é mt conhecido, mas é O LIVRO MAIS PERFEITO QUE EU JÁ VI!!!! É SIMPLISMENTE O MEU LIVRO QUE EU JA LI!!! TEM TUDOOO, A PERSONAGEM PRINCIPAL(ROSE) É D+ TEM UMA PERSONALIDADE INCRIVEL ( MUITO DIFERENTE DE BELLA QUE PARECE QUE TEM SINDROME DE DAWN – NAO SEI COMO ESCREVE) E FICA MUITO EMOCIONANTE NO 3 E 4 LIVRO ( SIMPLISMENTE PERFEITO)

    eU ESTOU ESCREVENDO UM LIVRO E ESTÁ FICANDO MUITO BOM E DIGO ISSO DE VERDADE. EU JÁ LI SO NESSE ANO 25 LIVROS E ISSO ME AJUDOU TREMENDAMENTE A ESCEVER O MEU LIVRO. EU VOU TERMINA AINDA ESSE ANO E FAZER UM SITE COM O LIVRO POSTADO, VOU LEVAR NUMA EDITORA E DIVULGA MEU LIVRO PELA NET. AINDA NAO INVENTEI UM TIRULO MAS É PROVAVEL QUE SEJA: HERDEIROS DOS DEUSES.

    UMA DICA PRA QUEM ESTA ESCREVENDO UM LIVRO: MISTURE ACAO, SEMPRE DA UMA EMOÇAO, PONHA PERSONAGENS ENGRAÇADOS(LIVRO COM SO DRAMA COMO CREPUSCULO É UMA CHATICE) E COLOQUE PERSONAGENS COM UMA PERSONALIDADE FORTE. COLOQUE PERSONAGENS QUE CORRAM ATRAS DOS INIMIGOS, QUE TENTEM DESCOBRIR OS MISTERIOS. COLOQUEM PERSONAGENS COM QUE O PUBLICO SE IDENTIFIQUE, O TIPO DE PERSONAGENS QUE ELES GOSTEM.

    EU ODIAVA A BELLA E ISSO QUASE FEZ EU DESISTIR DA SERIE, SO NAO DESISTI POR CAUSA DO EDWARD. E COLOQUE PERSONAGENS QUE SAIBAM SE DEFENDER, QUE AJUDE SEUS AMIGOS E NAO PRECISE SEMPRE SER SALVA ( COMO A BELLA QUE SO FICAVA ATRAS DAS ASAS DE EDWARD) OU ENTAO QUE AO LONGO DA HISTORIA FIQUE MAIS MADURO E FORTE ( COMO A PERSONAGEM DO MEU LIVRO xD)

    E COMO ESTA FICANDO MUITO GRANDE EU JA FUI…. xD ESPERO TER AJUDADO!

    BY;Jeu

    07/08/2010 às 12:26 am

  78. Paula

    Okay Okay…Explicando a minha expressão :”comprei só pra dizer que tinha”…realmente eu comprei só pra espalhar pro povo que tinha a coleção inteira mas eu LI os livros, nao comprei apenas pra enfeitar minha prateleira,li os livros que eu baixei no PC mas os livros literalmente ditos, de papel e tudo [hauhau] eu comprei só pra dizer que tinha[ desculpa por repetir tanto algumas coisas], e ainda por cima li os livros de papel novamente e foi ai que eu percebi a besteira que eu tinha feito…
    e eu notei uma coisinha bem peculiar nos coments de quase todos os posts
    É engano meu ou todo mundo aqui é um intelect literario?? Fico ate constrangida quando vejo tanta gente de 11 anos que ler Machado de Assis[ onde normalmente só realmente se ouve dele no ensino médio] e ainda por cima QUASE TODOS OS LIVROS!!
    Meu Deus…to me sentindo uma analfabeta literaria! Cara…sinceramente eu ate peço desculpas ao dizer isso mas quem REALMENTE ler Machado de Assis sente repulsa e um completo desengano na inteligencia humana quando ler Crepusculo
    Crianças que no maximo leu gibis da turma da monica ou A infancia acabou sai por ai dizendo que Crepusculo é a melhor historia já escrita e que Meyer é uma genia da literatura

    Pelo amor né gente…vamos tentar salvar o mundo da burrice!!

    21/08/2010 às 12:21 am

  79. Paula

    A Paula daí de cima é a Maria Paula do outro coment :D

    21/08/2010 às 12:21 am

  80. No fim, ninguem sabe nada

    14/09/2010 às 11:40 pm

  81. gisele

    Gostei do que você escreveu!

    02/10/2010 às 4:51 pm

  82. Andrey

    Isso é muita é falta de J.K. Rowling na vida dessa Meyer.

    04/10/2010 às 1:25 am

  83. sou sua fan bahiana soun da bahia ta*********
    ven comigo

    20/11/2010 às 1:13 pm

  84. oi com vesse comigo pelo tarcianelinda10@hotmail.com
    mi adissione

    20/11/2010 às 1:15 pm

  85. silvana

    A Meyer devia ter conhecido Sidney Sheldon antes de ele morrer. Você não encontra estas falhas nos livros dele. E eu concordo com a Paula.
    Quem leu Machado de Assis, deveria usar os livros da Meyer para outros fins, talvez para apoiar um móvel com o pé quebrado. rsrsrs

    Estou escrevendo um romance, quero participar de um concurso literário e tomo muito cuidado para não me contradizer, por isso leio ele constantemente e sempre encontro alguma falha.

    Bjo a todos!

    23/11/2010 às 5:18 pm

  86. gabriellen roque dos anjos

    gostei de poder participar de muitas coisas pois tambem quero poder escrever um livro…estou com a intençao disso…AMO OS LIVROS PORISS QUE QUERO ESCREVER.

    07/12/2010 às 10:38 am

  87. Bruna

    Em alguns pontos até concordo com você, que a Stephenie errou ou se equivocou algumas vezes;Como no primeiro livro ela apenas criou o personagem James para dar algum ibope, mas não acho certo ficar criticando tanto um colega de trabalho ela pode não ter seguido todos os passos para escrever um bom livro, mas se o livro dela não fosse bom, concerteza não teria tornado uma febre no mundo inteiro; Não pense que estou defendendo-a só porque tenha lido seus livros até porque em vários pontos do livro eu não concordei, mas trata-se de um mundo criado por ela onde ela poderia escrever o que deseja-se.Seria como você escrevendo o seu próprio livro não iria gostar muito das pessoas dizendo que seu livro é UMA GRANDE PORCARIA!.Imagine você escrevendo seu livro perguntou a alguém o que escrever?Acho que não ne!Foi o que ela fez e deu certo não apenas a saga Crepúsculo, mas tantos outros livros.

    10/02/2011 às 4:35 pm

  88. Bianca Lais

    ENTENDER:

    oi, galera Twi-Haters! Não gosto de crepúsculo. Eu comprei os livros, vi os três filmes, para entender todas as perspectivas. Entendo o comentário da Bruna (seria muito ruim mesmo ouvir um monte de gente dizendo que é uma criação sua é uma porcaria), mas isto é fato. O livro faz sucesso justamente com um público que quase nada lê (COM ALGUMAS EXCEÇÕES): os jovens (de 10 à 18 anos). Então não há como eles lerem o livro e dizer “Esse livro tem tais falhas. O outro livro era melhor por tais aspectos…” Pode haver alguns adultos que gostem de crepúsculo, mas estes são uma minoria. Enfim, li os livros e assisti os filmes como uma simples telespectadora, como uma simples leitora, e depois como uma crítica. Não sou crítica de nada, sequer terminei o colegial, mas já tenho opinião formada e são raros os livros que me alucinam. Crepúsculo, e toda a série, me foram entediantes. Principalmente porque o Edward não tem defeitos. ele é totalmente intangível. Como um sonho perfeito. Não gosto disso. gosto daqueles personagens que podemos encontrar seus defeitos, e justamente são estes que tornam o personagem tão palpável e apaixonante. Etc. A Rosalie poderia ser totalmente dispensada, se fosse para haver alguém com inveja e raiva da Bella poderia ser aquela tal Lauren ou até a Jéssica. A família de Edward na verdade serve de escada para seus inimigos (Os Volturi, por exemplo). Também não gostei desse negócio de os vampiros serem mortos pelos Volturi *Como se eles fossem deuses!* enfim, A tal Jane e o Alec deviam ser superpoderosos! pois tem uns dos melhores dons dos vampiros (embora eu também não tenha gostado dessa mistura de vampiros com mutantes do x-men), mas não passam de personagens mal utilizados.

    A conclusão que eu tive, foi que gastei meu dinheiro à toa. Esperei que o final recompensasse toda a baboseira de eclipse (a batalha na verdade era só para matar a Bella, que merda!) Mas a única pessoa que morre é a tal da Irina. E todo mundo tem o final feliz. Tudo bem, bella e edward poderiam ficar juntos pra sempre (pra sempre é coisa de conto de fadas!), mas o Jacob bem que poderia morrer, criando todo aquele melodrama para que houvesse pelo menos uma grande perda no fim ja que os Volturi eram motivo de medo. A morte da Irina não foi mais que insignificante porque ela não faria diferença em nada. e a renesmee também foi uma droga! Eu preferia que a bella e o edward não tivessem filhos, para que houvesse realmente uma perda. Algo que a bella tivesse aberto mão para a eternidade.

    O Edward na verdade é dócil (demais) porque Meyer não escreveu suas atitudes pensando como Edward (pensando como um homem). Ela escreveu as atitudes que ela gostaria que um homem tomasse. Mas os homens são totalmente indelicados, insessíveis. Principalmente se for um vampiro.

    Além da descrição do Edward, que eu acho cômica:

    O Edward: tem olhos amarelos (ocre, topázio, caramelo, são modos diferentes de dizer amarelo), é branco como uma parede, sua pele é dura como uma placa de aço inox, ele tem dentes afiados, dedos longos, olheiras roxas e ainda é bonito? um troço desses é um mostro do pântano! tente desenhar um bonequinho (aqueles de pauzinhos mesmo) com esses aspectos e você vai ver que é um monstro. Ele é musculoso? E daí? Você ficaria com alguém só porque este é saradão?!

    Se Twilight fosse uma história tão boa como uns fãs insistem em dizer, Não haveriam tantos sites enfatizando que é uma porcaria.

    E eu certamente não ia estar disperdiçando meu tempo na internet para escrever isso!

    24/02/2011 às 5:08 pm

  89. ROSE BATISTA

    ESTOU ESCREVENDO MEU LIVRO, POREM NAO SEI NEM POR ONDE COMEÇAR, A PUBLICAÇÃO, COMO PROCEDER DEPOIS DE ESCRITO? SE BASEIA NA HISTORIA DA MINHA VIDA E EXPERIENCIAS SOBRENATURAIS QUE TIVE COM DEUS E MEUS ANIMAI. DEPOIS DE ESCRITO, PRECISO DE UM PATROCINADOR, POR ONDE COMEÇO?

    25/02/2011 às 8:25 pm

  90. biah

    SE VOCÊ QUER ESCREVER UM LIVRO…

    SE FOR ROMANCE, COMO A GRANDE MAIORIA, PONHA ALGO DE DIFERENTE NO CASAL OU EM UM DOS PROTAGONISTAS. E SEMPRE PONHA MUITA AÇÃO, ISSO VENDE MAIS AINDA! SE VOCÊ ASSISTISSE CREPÚSCULO E LOGO EM SEGUIDA “A ORIGEM” IA PECEBER O ENORME IMPACTO QUE A AÇÃO TRÁS, PESAR DE AMBOS TER GÊNEROS DIFERENTES.

    :]

    OS PIRRALHINHOS FICAM VIDRADOS EM CREPÚSCULO PORQUE É UMA HISTÓRIA DIFERENTE: SEM AÇÃO, SEM DRAMA, SEM NADA QUE PRENDA O TELESPECTADOR DE VERDADE!

    É POR ISSO QUE AS PESSOAS FICAM AGONIADAS PARA VER ATÉ O FIM ONDE HÁ A ÚNICA CENA DE “BRIGA” (PORQUE AQUELE AMASSOS ENTRE O JAMES E O EDWARD NÃO PODEM SER CONSIDERADOS LUTA DE VERDADE). A BELLA SENTINDO “A” DOR DO VENENO, PARECE MAIS QUE TÁ COM DOR DE BARRIGA. E ELA TEM SEMPRE A MESMA CARA DE LESADA, DE ALGUÉM COM SÍNDROME DE DOWN! OU PIOR…

    ELA É ALTRUÍSTA, MAS NO ENTANTO SE TORNA EGOÍSTA AO PEDIR AO EDINHO PARA LHE MORDER, MESMO QUE ISSO O TORNE CULPADO, PORQUE ELE TEME POR SUA ALMA.

    ALÉM DISSO, O AMOR DOS DOIS DEIXA REALMENTE DE SER IMPOSSÍVEL EM ECLIPSE. O SANGUE DE BELLA DEVIA DEIXÁ-LO MALUCO, ISSO SERIA O GRANDE IMPECILHO DE FICAREM JUNTOS, ENTRETANTO, QUANDO ELA SE CORTA, ELE VAI AJUDÁ-LA NUM CURATIVO DIZENDO:

    “DEPOIS DE PASSAR 24 HORAS ACREDITANDO QUE VOCÊ ESTAVA MORTA, AS COISAS MUDARAM MUITO PARA MIM, BELLA!”

    O.o ??

    QUE TIPO DE JUSTIFICATIVA É ESSA?

    VAI TOMAR NO C*! CACET*!

    NÃO DÁ! CREPÚSCULO É UMA HISTÓRIA MUITO MAL ELABORADA. DÁ PRA PERCEBER QUE MEYER CABULAVA AS AULAS DA FACULDADE DE LITERATURA INGLESA, NA BRIGHAM YOUNG UNIVERSITY…

    LOL (8)

    26/02/2011 às 9:48 am

  91. Mateus Tarcísio

    *O AMOR DOS DOIS DEIXA REALMENTE DE SER IMPOSSÍVEL EM ECLIPSE. O SANGUE DE BELLA DEVIA DEIXÁ-LO MALUCO, ISSO SERIA O GRANDE IMPECILHO DE FICAREM JUNTOS, ENTRETANTO, QUANDO ELA SE CORTA, ELE VAI AJUDÁ-LA NUM CURATIVO DIZENDO:

    “DEPOIS DE PASSAR 24 HORAS ACREDITANDO QUE VOCÊ ESTAVA MORTA, AS COISAS MUDARAM MUITO PARA MIM, BELLA!”

    O.o ??*

    O RLY??

    rárá!

    dessa euri #paracacete!

    concondo com a BIAH, “A Origem” é mt melhor que essa bosta ambulante…

    O RLY???

    26/02/2011 às 9:54 am

  92. Eve

    Olá, Lily!

    Adorei seu texto sobre “Como Escrever um Livro”.

    Ótimas dicas e com certeza irei aproveitá-las.

    Um forte abraço!

    Eve

    21/03/2011 às 1:43 pm

  93. Kevin

    E que a corrida começe!!
    pelo jeito há varias pessoas que escrevem bem aqui… então quem vai ser o proximo de nós a escrever um best seller? (decente)
    tambem estou escrevendo, nao sei se sou bom, espero que sim. boa sorte para voces galera.
    bom post. muito bom.
    ARCM

    27/05/2011 às 12:45 pm

  94. Pâmela

    Amei o post, estou escrevendo um livro e me ajudou muito.
    Eu concordo com muitos comentarios: Mayer deveria assistir uma aula de escrita com J.K.Rowling (amo de mais).
    Eu estou lendo o crepúsculo, por indicação de uma best minha. Argh! É um saco, eu aprendi, que no início, no primeiro cap. o escritor deve fazer o possivel e o impossivel para prender o leitor no livro, mas Mayer não conseguiu fazer isso!
    Harry Potter continua sendo a melhor saga de livros da história. J.K elaborou muitissimo bem toda sua história. Tabém elogio Rick Riordan, autor de Percy Jackson e os Olimpianos. Porém, Mayer é um lixo!

    12/06/2011 às 8:49 pm

  95. Bryan Nilo

    Olá Acabei de ler o seu post foi muito esclarecedor, Estou prestes a escrever um livro ,Sei que isso leva algum tempo. Mas adoraria ter sua opnião de tudo depois que eu terminar o livro será otimo para mim se possivel entre em contanto comigo pelo twitter @BryanNilo

    17/09/2011 às 9:11 pm

  96. Nossa! Eu ja li muito sobre o assunto; “como fazer um livro” mas os outros textos me confundem, parece que falam outra lingua, fico toda perdida e absorvo` (?) poco conteudo pq so consigo ficar pensando em ” Que merda bariátrico ou parassómnia quer dizer?”. Entao, contudo, esse post é diferente. Gostei muito!^^
    Com relação a Meyer, nao odeio os livros dela, (ja li todos, so por curiosidade) eu gostava da saga quando tinha la meus 12 aninhos de idade. Hoje estou longe de ser uma hater, mas ja considero aqueles livros meio que ja passadinhos, alem de ser completamente voltado p o Eduard/Bella/romance, oq é beeeeem enjoado. Meyer (p mim) pode ser sim uma boa autora mas, nao a melhor, com certeza; NAO A MELHOR!
    Minha preferida é CLARICE LISPECTOR! [brasileraaa \o/ ] Ela é muito criticada, mas…
    EU A AMO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ^^`
    Contacta eu pelo twittis @RehBeckynha

    23/09/2011 às 12:27 am

  97. Carolina

    Estão muito boas as dicas =)
    Mas não concordo com as criticas…ninguém faz sucesso a toa e pra que odiar?
    Não sou uma fanática pelos livros mas respeito quem é ^^

    28/10/2011 às 3:20 pm

  98. Cristina

    Se Stephenie Meyer escreveu uma bosta de saga, com personagens ruins e história idiota, então por que foi ELA que vendeu milhares de livros e levou sua criação para as telas dos cinemas e não VOCÊ com todas essas dicas inteligentíssimas????
    (cri… cri… cri…barulho de grilinhos…)
    Faça como os bons, mostre algo de valor antes de criticar um autor best-seller.

    24/11/2011 às 8:49 pm

  99. Eliza Augusta Gouveia gregio

    Estou escrevendo meu livro, gostei dos seu conselhos , estou seguindo a risca, espero que possa ler 8um dia e se orgulhar do meu trabalho.

    Um abraço
    Eliza gregio

    10/12/2011 às 4:36 pm

  100. Enquanto eu gostei um pouco de Twilight (eu lia antes de dormir, e acabava com a minha insonia que é uma beleza… Harry Potter me deixava acordado, mas Twilight era melhor que o remédio da Bruxa do 71), e não me considero um total hater, ainda acho ridiculo e tudo mais, mas isso não importa. O que importa é que esse artigo me ajudou muito ^^ Jogando um mal exemplo para ver como NÃO se faz foi uma maneira interesante de ajudar. Anyway, Enoby é uma vampira Mary sue bem mais legal que a Bella u.u

    11/12/2011 às 6:22 pm

  101. E uma coisa… Acho que ia ser incrivel se vocês escrevessem algum post falando sobre Mary Sues (Bella certamente é uma u_u), pois elas são uma terrivel armadilha comum para os escritores, E S. Meyer caiu muito mal nessa… Eu diria que bela é meio que uma Angst Sue invertida, afinal, no lugar de a acharem feia, todos a amam, e ela é quem parece se odiar, mas ainda é aquela coisa maldita, destruidora de mundos chamada mary Sue que aliena todos, fazendo com que ela se torne a dominatrix deles e tudo mais de mal…

    11/12/2011 às 8:02 pm

  102. GG

    Gostei muito dos passos, mas só achei que foram longos de mais. Se estivesse resumido atrairia mais pessoas (tem muita gente que ficaria com preguiça de ler, o que nao foi o meu caso). Gostei da ONG de v6 e… quanto HATE do Twilight!!!!

    12/12/2011 às 3:58 pm

  103. Sakura

    Nossa, gente! Adorei esse post. Me fez querer postar logo as minhas fics (que eu só não postava porque fiquei bastante insegura…) e com o post, vi que escrevo bem melhor que a Meyer…rsrssrr
    E já que vi alguns comentários desnecessários aqui, queria falar apenas para os lovers que não tem o que fazer e querem que nós tenhamos a mesma opinião que eles… todos nós temos direito a nos expressarmos! Não é porque você é fã, que todo mundo precisa ser fã também… então parem de xingar os outros que não gostam de crepúsculo. Temos o direito de não gostarmos e de falarmos o porquê.
    E Cristina, querida… eles já falaram umas trocentas vezes e já devem estar cansados de repetir… mas:
    “Por que foi ELA que vendeu milhares de livros e levou sua criação para as telas dos cinemas e não VOCÊ com todas essas dicas inteligentíssimas????”
    “EXISTE MUITA GENTE DE MAU GOSTO NO MUNDO.” (comentario da propria Lily)
    Ela disse que COMEÇOU o livro dela. Leia antes de falar, e não fique chateada com o que eu falei! Como diz o ditado: quem fala o que quer ouve o que não quer…
    E, sinceramente, eu já não sei o que faz sucesso agora… livros bons como A batalha do apocalipse, A cabana, O senhor dos anéis e HP estão ficando cada vez mais desvalorizados e esse crepusculo tá como se fosse a melhor coisa que já inventaram… e nós sabemos que não é bem assim.
    Se a Lily escrever um livro eu serei a primeira a comprar… precisamos é valorizar quem tem talento…
    Beijos pessoal.=D

    16/12/2011 às 2:51 pm

  104. Anderson

    Bom . Minha opinião sobre “esses passos” é boa, a não ser por Meyer. Tá eu sei que tudo que está escrito aí e a mais pura verdade, mas eu gosto dos livros dela. Estou escrevendo um livro também e mesmo gostando dela vou seguir os seus passos firmemente, porque mesmo falando de uma das autoras que eu gosto, não quero seguir os mesmos erros que ela.
    Peço que não fique chateada comigo Lily . Adorei cada dica sua, mesmo gostando de Mayer.

    26/12/2011 às 11:58 pm

  105. oi, tudo bem? gostei muito das suas dicas e tal, mais vc sabe quais as normas para se escrever um livro? tipo, quais as fontes que devo usar e aonde, capa, introdução…? sabe qual a ordem das paginas, se deixa em branco ou não algumas. to precisando muito. obigado pela atenção, qualquer coisa me add tausantos@hotmail.com

    27/12/2011 às 11:07 pm

  106. jaqueline

    eu nunca segui essas regras ,ia escrevendo e a história surgia aos poucos é claro que o post vai me aperfeiçoar para minha próxima história..valeu!!

    05/01/2012 às 1:20 am

  107. Ana Paula Lopes

    olha vc até tem ração de muitas coisas que disse,vc é instruida e entendende um processo de criação.Mas me desculpe stephenie meyer como vc sitou não seguiu alguns desses itens..e vejamos onde ela chegou….acho q tem mas a ver com ligação de um personagem ao outro e o que vc disse sbre a história não se contradizer….maas em geral gostei de suas dicas!

    12/02/2012 às 12:50 am

  108. LAURO fONSECA

    Olá,

    Comecei a escrever meu primeiro livro.Fiz algumas coisas comentadas aqui intuitivamente.Mas depois de ler estas dicas parei, e vou rever alguns pontos.Gostei muito.

    30/03/2012 às 5:35 pm

  109. Merlen

    Gostei das suas dicas.
    Ser-me-ão úteis para os projectos de livro que tenho em carteira.
    Contnue com esse espírito!
    Abraços.

    28/06/2012 às 2:03 am

  110. magda martins

    bom foi a 1º vez que li uma critica desta autora,ah, concordo sim que em alguns pontos do livros foge de contesto e que tudo fica muito a meio de enrolação,ou seja encher linguiça;mas ainda sim tem uma boa estoria,boas frases.também fiquei meia confusa com o fim,acho que teria que ter sim um pouco mais de ação,mas a intenção dos volturi só foi mostrada no final,já que uma vez no começo do livro não fica muito clara a intenção dos volturi,ficou estranho quando chega o fim né.mas sei lá acho que quando nos encarregamos de ler um livro que não é de auto ajuda,devemos deixar que a nossa imaginação flua um pouco fora da caixa da autora,foi o que eu fiz,gostei muito sim de tudo,digo mais uma vez em partes ficou sim meio vago mas faz parte…Quanto a suas observações também achei sim muito boa e bem detalhada,mas todos muda de comportamento,e por isto acho que tai uma das coisas que meyer não fez, é deixar explicado as mudanças dos personagens,ai ta umas das coisas que fica vaga,mas foi uma boa leitura.
    as suas dicas são ótimas,mas me pergunto se quando você afirma que meyer não fez tal coisa,você tem esta certeza,pois não acredito que ela tenha comido bola.

    24/07/2012 às 10:04 pm

  111. Olha, eu amei estes puchões de orelha, existem vários escritores precisam ler este artigo, estou escrevendo o meu primeiro livro foi por isso que andei procurando este tipo de dicas.

    18/08/2012 às 10:04 am

  112. Simplesmente amei! A alguns meses ando pensando muito em escrever um livro pelo fato de gostar muito de Ler e conhecer novas palavras, novas histórias… E essas dicas me incentivaram mais ainda a fazer isso, enquanto lia já podia imaginar como seria o livro, porém resolvi elaborar mais um pouco esta ideia. Muito obrigado!

    12/02/2013 às 11:09 pm

  113. Antonio Ferreira

    Muito obrigado , me ajudou muito

    26/10/2013 às 11:51 pm

  114. Sandra Hartecopf

    Muito obrigada,me ajudou bastante,eu estou escrevendo um livro sobre vampiros já tenho tudo na mente a historia vai girar em torno de um triangulo amoroso entre 2 vampiros é uma humana,mais eu não consigo pensar como colocar um pouco de ação no livro tudo oque pensei ficou muito parecido com Crepúsculo é Diarios de um vampiro,sera que alguém pode me ajudar?

    10/11/2013 às 2:36 pm

  115. aaaaa eu odeio crepusculo, odiei o livro, e odeio ainda mais o livro entao por favor, nao faça comparaçoes entre crepusculo e um livro q possivelmente existira :(

    23/02/2014 às 5:25 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 81 outros seguidores